Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 19/03/2014
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Claudio Humberto

“O governo passa a impressão que não gosta de ouvir”

Eduardo Campos (PSB), candidato ao Planalto, em nova estocada no governo Dilma

 

Crise com PMDB iniciou na posse de Mercadante

Uma trapalhada do ministro Aloizio Mercadante (Casa Civil) deflagrou a crise do governo x PMDB. Durante sua posse, na fila de cumprimentos, ele disse “precisar muito do PMDB” ao líder do partido, deputado Eduardo Cunha (RJ), que respondeu: “Precisamos acertar pendências do partido”. A Dilma, em seguida, Mercadante pôs gasolina na fogueira: “O PMDB já começou a chantagear...”. Ela explodiu e declarou guerra.

 

Dúvida

O PMDB ainda não sabe se Mercadante agiu por inexperiência ou má-fé, ao chamar de “chantagem” o pedido de reunião de Eduardo Cunha.

 

Principiante

Henrique Eduardo Alves advertiu que Mercadante não é a pessoa mais indicada para conversar com deputados: “Ele não conhece a Câmara”.

 

Era doce e acabou

As relações Planalto x PMDB iam bem enquanto Gleisi Hoffmann era chefe da Casa Civil e despachava regularmente com Eduardo Cunha.

 

Que mulher é essa?

Já são 40 deputados do “Volta, Lula”, no PT. Como os rebelados do PMDB, eles já não aguentam “essa mulher”, como se referem a Dilma.

 

Em ano eleitoral, Dilma entrega 5 mil máquinas

De olho em sua reeleição, a presidenta Dilma espera entregar até junho mais de cinco mil novas máquinas – caminhões-caçamba, caminhões-pipa e motoniveladoras – para municípios com menos de 50 mil habitantes. Segundo o ex-ministro de Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas (PT-RS), os 5.061 municípios participantes do PAC Equipamentos representam 83% da população rural brasileira.

 

Incompetência

No Ceará sem água, prefeitos pedem máquinas perfuratrizes, mas o DNOCS perdeu prazo de adesão à ata de preços. Terá de licitar.

 

Rasteira

O DEM costura para desbancar o PR do deputado João Maia e lançar o candidato a vice de Henrique Alves (PMDB) ao governo potiguar.

 

Fichas quase sujas

Ainda correm o risco de inelegibilidade três candidatos ao governo do Rio: Garotinho (PR), Pezão (PMDB) e Lindbergh Farias (PT).

 

Mandante e mandado

O dono do PDT, Carlos Lupi, fez questão de comparecer ontem à reunião da bancada federal na Câmara, onde o ministro Manoel Dias (Trabalho) foi convocado para responder acusações de corrupção.

 

Disputa sergipana

O governador de Sergipe, Jackson Barreto (PMDB), enfrentará uma pedreira, em outubro: o prefeito de Aracajú, João Alves (DEM), bom de voto, com Belivaldo Chagas (PSB) na vice. E Eduardo Amorim (PSC).

 

Nem pensar

O líder do PMDB no Senado, Eunicio Oliveira (CE), não pretende apoiar a criação da CPI Mista para investigar black blocs: “Em 15 anos, nunca assinei por uma CPI, não tenho por que fazê-lo agora” .

 

A voz do dono

Sob os auspícios do governo federal, o filme “Alemão”, sobre a ocupação do complexo de favelas no Rio, tem “astro convidado” no final: a voz de Lula enaltecendo o governo federal na empreitada.

 

Grosseria

Ítalo-brasileiros se queixam de humilhações na embaixada da Itália, em Brasília, na renovação de passaporte. Acusam a funcionária Sueli de extrema grosseria. Tudo o que a Itália não precisa é tratar turistas mal.

 

Só rezando

A proteção de Deus não parece suficiente na basílica de Aparecida (SP), cuja segurança terá guardas armados com revólveres .38, diante do crescente número de assaltos nas redondezas.

 

Movimentação

Policiais federais que faziam campana devem ter ficado intrigados com o entra-e-sai, sábado (15), em uma casa na ML 10, no Lago Norte, que seria alvo de busca e apreensão na Operação Lava-Jato, segunda-feira (17). Mas era apenas a festinha de aniversário de um adolescente.

 

Mico corintiano

O Brasil avisou a Fifa que o campo do Corinthians, o Itaquerão, não ficará totalmente concluído para abertura da Copa do Mundo. Sete anos depois de o País ter sido confirmado como sede da competição.

 

Nado de peito

Para um venezuelano ontem no Twitter, só restará fugir de balsa como os cubanos, após a saída de mais uma empresa aérea internacional.

PODER SEM PUDOR

Só Calígula podia

O ex-ministro e deputado paranaense Rafael Greca se solidarizou certa vez com Mirlei Oliveira, a “Baronesa do Sexo", grande cafetina do Sul, presa pela polícia. Ele disse que o delegado a prendeu só para ficar com suas agendas, interessado em “instalar o próprio bordel”.

- Só o imperador Calígula montou um bordel – advertiu Greca – e entre Mirlei e o poderoso delegado, eu fico com ela, que entende do ramo!...

_

Com Ana Paula Leitão e Teresa Barros

www.diariodopoder.com.br