Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 09/04/2014
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“Queria um advogado negro no Supremo e o currículo era o melhor”

Lula, ex-presidente, sobre os critérios para indicação do ministro Joaquim Barbosa

MP de Cunha ganhou ao menos 20 ‘contrabandos’

Cerca de 20 “contrabandos” foram enxertados na medida provisória nº 627, cujo relator é o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), além do artigo que beneficia operadoras de planos de saúde. Alguns dos “contrabandos” são ousados, como o art. 106, que isenta de imposto de renda aplicações em fundos de investimento em participações, cotas de fundos de investimento em participações e “empresas emergentes”.

Bilhões em jogo

A MP 627 (art. 97) isenta de imposto de renda remessas ao exterior e o art. 99 trata dos créditos de IR de ganhos de capital no exterior.

Aeroportos privados

O artigo 98 da MP 627 versa sobre autorização de funcionamento de aeródromos privados, há anos pretendida por grupos empresariais.

Caixinha, obrigado

Medida muito cara a empreendimentos industriais instalados nas áreas da Sudam e da Sudene também foi “enxertado” na MP 627 (art. 102). 

Enxerto camarada

O art. 103 da MP 627 alegra milionários, fixando alíquotas camaradas de PIS/Pasep e Cofins para os setores de armazéns e jatos privados.

Diretor da CNC detalha asfixia da Fecomércio-RJ

Durante voo 9476 da TAM, há dias, Rio-Brasília, Luiz Gil Siuffo Pereira, diretor financeiro da Confederação Nacional do Comércio, detalhou ao senador Francisco Dornelles (PP-RJ) a tática de Antônio Santos, “carrapato” há 33 anos grudado na presidência da CNC, para esmagar o opositor Orlando Diniz, da Fecomércio-RJ: asfixia financeira. Para um eleitor do senador, que tudo ouviu, pareceu roteiro de filme de terror.

Tortura chinesa

A CNC não repassa à Fecomércio-RJ nem valores das contribuições devidas por força de lei. Isso provoca demissões e cortes “no osso”.

Lobby no TCU

Luiz Siuffo também contou a Francisco Dornelles como a CNC atua no TCU na tentativa de obter decisões desfavoráveis a Orlando Diniz.

Pediu, levou

O senador Dornelles aproveitou a conversa com o diretor da CNC para pedir a recontratação de um apadrinhado demitido do Senac-RJ.

CPI pode sair

No Supremo Tribunal Federal reside uma certeza: se depender da vontade do seu presidente, ministro Joaquim Barbosa, será concedida a liminar garantindo a instalação da CPI da Petrobras, no Senado.

Apenas uma infecção

O Planalto negou a esta coluna que a presidenta Dilma tenha diverticulite, a inflamação no intestino que matou Tancredo Neves. Ela sofreu apenas infecção intestinal, e se recuperou com antibióticos.

Vargas, o lulista

Sócio do doleiro Alberto Youssef, o vice-presidente da Câmara, André Vargas (PT-PR), anda magoado com o ex-presidente Lula. Acha que merecia sua proteção, até por ser o líder da bancada “Volta, Lula”.

Senador censor

Após tentar pôr na conta de Renan Calheiros a indicação do amigo dele Nestor Cerveró, ex-diretor da Petrobras que “operou” a compra da refinaria americana, o senador Delcídio Amaral (PT-MS) foi à Justiça para censurar a imprensa do seu Estado, proibindo-a de citar o caso.

A utilidade de Jucá

Outra vez, coube a Romero Jucá (PMDB-RR) a missão – confiada por Renan Calheiros – de tentar enterrar a investigação de malfeitorias na Petrobras. E sem demonstrar vergonha, que deveras não sente.

Reforma de conveniência

A Câmara dos Deputados decidiu realizar uma reforma em seu plenário exatamente nos meses de vagabundagem geral, julho a setembro, plena campanha eleitoral. As sessões serão realizadas, se o forem, no auditório Nereu Ramos. Sem placar eletrônico que acusa a presença.

Tremeu nas bases

O vice-presidente Michel Temer identifica no lançamento da candidatura de Fernando Fantauzzi ao governo paulista uma jogada do tucano Geraldo Alckmin. Mas Paulo Skaf tremeu nas bases.

Questão de direito

Presidente do PPS, Roberto Freire deposita as esperanças da criação da CPI da Petrobras no Supremo Tribunal Federal. “A CPI é um direito democrático da minoria, não pode ser massacrado assim pelo governo”

Coveiros da CPI

O recado do Planalto ao Senado foi claro, ontem: ou Dilma conta com a fidelidade dos aliados ou demitiria os ministros que eles indicaram.

PODER SEM PUDOR

A hóspede do 822

Internada no Instituto do Coração em São Paulo, a então deputada Dirce Tutu Quadros estava alojada na famosa suíte 822, por onde já passaram ACM, José Sarney e até mesmo o ditador paraguaio Alfredo Stroessner.

A caminho do centro cirúrgico, já meio grogue pela anestesia, ela pegou no braço do seu médico, José Aristodemo Pinotti, e perguntou aflita:

- Sinceramente, doutor, o sr. tem certeza que isso não vai influir negativamente na operação?