Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 29/05/2014
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Claudio Humberto

“Eu me nego a fazer sessão durante jogos da seleção brasileira”

Deputado Marco Maia (PT-RS) sem mostrar pressa na relatoria da CPMI da Petrobras

 

André Vargas manobra para se manter elegível

Enrolado até o pescoço com o doleiro Alberto Youssef, para quem operava junto ao governo federal, o ex-vice-presidente da Câmara André Vargas (PR) procurou deputados em busca de apoio para se manter na Casa até dezembro. Vargas, que foi desligado do PT após o escândalo, quer aproveitar a Copa e as eleições para empurrar o processo de cassação até o fim do mandato, e sair impune e elegível. 

 

Ficha quase suja

A Lei Ficha Limpa torna o parlamentar cassado inelegível por oito anos. Caso se safe do processo, Vargas pode se candidatar já em 2016.

 

Apenas suspensão

Após a Câmara punir Carlos Lereia (PSDB-GO) com suspenção de 90 dias, o PT aposta na mesma alternativa para livrar André Vargas.

 

Dificuldade

A dificuldade do PT para convencer o plenário a apenas suspender André Vargas é que o deputado sócio de Youssef mentiu na tribuna.

 

Literatura mastigada

Lula e Evo Morales anunciaram que escreverão um livro. O primeiro no mundo a quatro mãos e 19 dedos, em 20 folhas de coca. E em branco.

 

Pesquisa revela que Arruda caiu 10 pontos no DF

O ex-governador José Roberto Arruda (PR) caiu mais de 10 pontos percentuais nas intenções de voto para o governo do Distrito Federal, entre março e maio, segundo pesquisa do Instituto O&P. Em dois meses, ele despencou de 33% para 22,9%. O atual governador, Agnelo Queiroz (PT), candidato à reeleição, subiu de 12,7%, em março, para 15,8%. Rodrigo Rollemberg (PSB) aparece em terceiro com 8,7%.

 

Fator Aécio

Candidato do PSDB, deputado Luiz Pitiman foi quem mais cresceu proporcionalmente no DF em maio: passou de 2,5% março para 4,6%.

 

Registro

O Instituto O&P ouviu mil eleitores entre 16 e 20 de maio, no DF. A pesquisa está registrada na Justiça Eleitoral sob o nº BR 118/2014.

 

Rumo ao atraso

Agora, mais que nunca, no exterior têm certeza de que há macacos, cobras, onças, e elefantes nas ruas do Brasil, e índios atirando flechas.

 

Águas de junho

O tucano José Serra (SP) afirma que não será vice do desafeto Aécio Neves (MG), mas tudo não passa de jogo político. Na verdade, ele jamais foi convidado para ocupar essa posição. Mas o será.

 

Fogo amigo

Havia estupefação no Planalto, ontem, com a denúncia do empresário Caio Gorentzvaig, do setor petroquímico, sobre negócios suspeitos de José Dirceu na Petrobras. Não pela gravidade da mutreta, mas porque Caio é amigo pessoal do senador Renan Calheiros, aliado do governo.

 

Superfaturamento

Caio Gorentzvaig diz que pode provar que José Dirceu influiu para que a petroquímica Suzano, valendo R$ 1,2 bilhão na bolsa, fosse adquirida pela Petrobras por R$ 2,7 bilhões, além da dívida de R$ 1,4 bilhão.

 

Hesitação

Gilberto Kassab estava animado em ser vice na chapa de Geraldo Alckmin (PSDB), mas como não esquece do tratamento que recebia do governador paulista, ele ainda prefere apoiar Paulo Skaf (PMDB).

 

Big Brother

O governo belga criou um site para monitorar a segurança dos cerca de três mil torcedores na Copa, com contato de e-mail, hospedagem, voos e dicas de segurança “em caso de necessidade”, diz o jornal Le Soir.

 

Falso testemunho

Nº 2 do Ministério da Previdência, Carlos Gabas recebeu “desagravo” do chefão da Confederação Nacional do Comércio, Antonio de Oliveira Santos. É que o presidente da Fecomércio-PI, Valdeci Cavalcanti, o acusa de crime de “falso testemunho” em ação na Justiça paulista.

 

Guerra de nanicos

O empresário mineiro Bertolino Ricardo se lançou pré-candidato ao Planalto pelo nanico Partido Ecológico Nacional (PEN). Vai desafiar a ex-diretora da Agência Nacional de Aviação Civil Denise Abreu.

 

Foi para proteger

Escreveram muitas tolices sobre o conflito de Brasília, até que a PM agiu porque os manifestantes “se aproximaram perigosamente do estádio”. A PM agiu para proteger mil crianças que esperavam na fila para ver a Taça, exposta no estacionamento do Mané Garrincha.

 

Pensando bem...

...vem aí uma nova descoberta do Brasil, após o retorno aos jegues e às flechadas de índios.

PODER SEM PUDOR

Boia garantida

À saída do 10º andar da Câmara, onde fica o restaurante dos deputados, uma família de Goiás certa vez esmolava ajuda para voltar ao Estado. O deputado Marcelo Ortiz (PV-SP) se livrou dos pedintes apontando para um colega:

- As passagens eu não garanto, mas chegou o homem da boia...
E saiu de fininho.

Referia-se à aproximação do deputado Jurandir Boia (PSB-AL).