Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 27/02/2013
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“As famílias da continuam no mesmo estágio de pobreza”
Senador Cristovam Buarque (PDT-DF) demolindo as “conquistas do Bolsa-Família”

Mensaleiros querem prazo maior para recurso
Os réus condenados no processo do mensalão devem pedir prazo maior ao Supremo Tribunal Federal para apresentarem recursos, após a publicação do acórdão da sentença que os condenou inclusive à prisão. O advogado Alberto Toron, que defende o deputado João Paulo Cunha (PT-SP), considera “sub-humano” o prazo de apenas cinco dias para exame de duas mil páginas e apresentação de embargos.

Muito trabalho
O defensor de João Paulo Cunha terá muito trabalho: ele foi condenado a 9 anos e 4 meses de prisão por corrupção passiva e peculato.

Antecipação
Condenado a 10 anos e 10 meses de prisão, o ex-ministro José Dirceu quer ganhar tempo conhecendo o acórdão antes de sua publicação.

Dosimetria
Na fase de exame dos embargos, os ministros do STF podem revisar e até reduzir a dosimetria das sentenças. Ou reafirmá-las integralmente.

Decisão festejada
A intervenção em três empresas de ônibus, ontem, ajudará a melhorar a imagem do governo Agnelo Queiroz (PT) no DF. O povão adorou.

PDT anti-Brizola depende de cargos de Cabral
A turma de Carlos Lupi, dono do PDT, esfrega as mãos de ansiedade pela nomeação do deputado Sérgio Zveiter (PSD-RJ) para um cargo, qualquer cargo, no governo de Sérgio Cabral (PMDB), no Rio de Janeiro. Com isso, seria aberta vaga para o suplente Brizola Neto, que assim teria a chance de uma “saída honrosa”, desocupando o cargo de ministro do Trabalho para assumir o mandato de deputado federal.

Piada pronta
O ex-ministro Carlos Lupi voltou a ser alvo de deboche, no Planalto, ao reivindicar diretoria da Petrobras. De preferência, que fure poço.

Deletando o brizolismo
A bancada da boquinha no PDT força a saída de Brizola Neto e da irmã Juliana, herdeiros do engenheiro Leonel, para que se filiem ao PT. 

Oráculo
O ministro Brizola Neto foi se aconselhar ontem, em Porto Alegre, com o influente amigo Carlos Araújo, pedetista ex-marido de Dilma.  

Reaproximação
Em conversa com o presidente da Câmara, Henrique Alves (RN), Lula disse que, além de enviar carta de apoio ao vice Michel Temer na convenção do PMDB, vai procurá-lo pessoalmente nos próximos dias.

Serpentário news
A turma do chanceler Antônio Patriota, que não gosta do embaixador do Brasil em Washington, Mauro Vieira, espalha uma intriga. Diz que o cônsul em Sidney, Americo Fontenelle, denunciado por assédio moral, foi indicado por Vieira para assessorar José Dirceu na Casa Civil.

Nas sombras
“Sem ambiente” para encarar os subordinados, o embaixador Américo Fontenelle passou algumas horas no no consulado em Sidney (Austrália), em pleno domingo, mas não apareceu ontem. 

Estaca zero
A CBF reabriu a análise sobre o local onde a Seleção Brasileira vai treinar por dois meses, às vésperas da Copa do Mundo, para fugir das cerrações na Granja Comari. Brasília e Fortaleza estão no páreo.

Blairo na mira
Ambientalistas já articulam para impedir a eleição do senador Blairo Maggi (PR-MT) – um dos maiores produtores de soja do Brasil – a presidente da Comissão de Meio Ambiente e Fiscalização e Controle.  

Socialistas aos tapas
Assim como Eduardo Campos fala mal do correligionário Ciro Gomes, e vice-versa, José Batista Jr, o “Júnior do Friboi”, candidato do PSB ao governo de Goiás, não pára de falar mal do líder do seu partido no Senado. Rollemberg (DF) não anda em boa maré: quebrou o pé.  

Rodízios
O senador João Alberto (PMDB-MA) busca apoio para ser indicado ao comando do Conselho de Ética. Já o ex-presidente Antônio Carlos Valadares (PSB-SE) deu vaga à correligionária Lídice da Mata (BA). 

Esforço concentrado
O Planalto trabalha a todo vapor para aprovar a MP dos Portos, que estabelece marco regulatório para o setor. Os portuários ameaçam dificultar a descarga de produtos brasileiros se não houver acordo. 

Pergunta na Venezuela
Hugo Chávez usava paletó de madeira, quando entrou “andando” no hospital militar de Caracas, após retornar de Cuba?


 

PODER SEM PUDOR

Bajulação perdedora
Armando Falcão era candidato do PSD ao governo do Ceará, em 1954, mas precisava da bênção do chefe do partido. Falcão foi à casa do velho chefe politico:
- Senador, precisamos definir o vice. Entendo que deve ser o dr. Crisanto.
- Quem?
- Dr. Crisanto Pimentel, seu filho...
O velho deu um murro na mesa e se levantou, irritado:
- Chega de puxa-saquismo!
Falcão perdeu o vice e a eleição, para Paulo Sarazate (UDN).