Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 02/07/2014
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Claudio Humberto

“Tem de ter como característica principal ser um estadista”

Joaquim Barbosa, nada modesto, sobre seu sucessor ideal na presidência do STF

 

Desistência de Kassab é uma imposição de Serra

Após finalmente topar a disputa pelo Senado, o ex-governador José Serra (PSDB) trabalha para que o fiel escudeiro Gilberto Kassab (PSD) desista de sua candidatura à mesma vaga, confirmada na convenção em que anunciou apoio a Paulo Skaf (PMDB) para o governo de São Paulo. Kassab faz parecer que sua saída do páreo seria voluntária, mas Serra é que considera inaceitável a disputa entre eles.

 

PSD é de Serra

Serra tem ascendência tão clara sobre Kassab que até o fez cumprir a tarefa de fundar o PSD. Serra é o idealizador do partido.

 

Eles não se bicam

Nem tudo é paz no PSDB: Serra atribui ao governador Geraldo Alckmin a candidatura do PTB ao Senado, só para dificultar seu próprio projeto.

 

Kassab ioiô

Após infindável vai-e-vem nas negociações, membros da bancada do PSD apelidaram o ex-prefeito Gilberto Kassab de “presidente ioiô”.

 

La zelite

Tá feia a coisa até para elites cubanas comunistas, que só compraram 50 carros importados e 4 motos em seis meses de mercado aberto.

 

PPS ao seu diretório no DF: Arruda, nem pensar

O presidente nacional do PPS, deputado Roberto Freire (SP), afirmou nesta terça-feira que a presidente do partido no DF, deputada Eliana Pedrosa, “pode tirar o cavalinho da chuva”: não será mantido o acordo que ela negociou para ser vice de José Roberto Arruda (PR) para o governo local. Freire afirmou que o PPS decidiu não se aliar a qualquer partido que apoie o governo Dilma, como é o caso do PR de Arruda.

 

Opções jurídicas

Eliana Pedrosa, aquela que foi vice sem nunca ter sido, informou ontem que estuda opções no campo jurídico para se manter aliada de Arruda.

 

Vice do PSDB

Além de desautorizar o apoio a Arruda, o PPS indicou o sociólogo Adão Cândido, da sua executiva nacional, para vice de Luiz Pitiman (PSDB).

 

Incoerência

O DEM, que expulsou Arruda em 2009, quando ele foi preso na Polícia Federal por corrupção, também vetou o apoio do seu diretório regional.

 

Sem tempo de TV

A executiva do DEM comunicou ao partido no DF que não aceita apoiar Arruda, mas malandramente permitirá “coligação proporcional” para tentar ajudar seu presidente, Alberto Fraga, a se eleger deputado.

 

Partido da pancada

O deputado Hugo Leal (PROS) contou ontem, durante reunião com o ministro Ricardo Berzoini, que a decisão de apoiar Garotinho (PR), e não Marcelo Crivella (PRB), no Rio, foi tomada “à base da pancada”.

 

Tribuna de honra

O decreto aposentando o ministro Joaquim Barbosa será publicado em 15 de julho. Até lá, ele é o presidente do STF e poderá assistir a final da Copa nesta condição. No dia 16, Ricardo Lewandowski assume.

 

Vice nada zen

O senador tucano Aloysio Nunes gerou risos ao ser questionado sobre vídeo em que xinga um petista, após ser provocado sobre o caso Alstom: “Se pudesse, transportaria alma de Dalai Lama para a minha”.

 

Só atrapalha

O PT e o PMDB de Goiás criticam a presidenta Dilma porque, em suas visitas ao Estado, aparenta ser “carne e unha” com o governador tucano Marconi Perillo, que os dois partidos enfrentarão nas urnas.

 

Day off

Na contramão dos brasileiros, que tiveram expediente normal ontem, deputados e senadores deixaram às moscas o Congresso à tarde. Os poucos presentes aproveitaram para assistir ao jogo Argentina x Suíça.

 

Direitos Constitucionais

O jurista José Francisco Siqueira Neto, diretor da Faculdade de Direito Mackenzie, fará companhia a figuras ilustres como Sepúlveda Pertence e Carlos Mário Velloso na Comissão de Direitos Constitucionais da OAB, designado por seu presidente, Marcus Vinicius Furtado Coêlho.

 

Made in Mexico

Dois ex-deputados do PAN mexicano foram presos após o jogo em Fortaleza (CE), por assédio sexual a uma mulher e agressão ao marido dela, diz o jornal La Jornada. Esses políticos mexicanos...

 

Faltou conselho

Se tivesse dito “je ne sais rien”, como seu amigo Lula, Nicolas Sarkozy não teria sido o primeiro ex-presidente francês preso por “mal feitos”.

PODER SEM PUDOR

Combatente baiano

O exercício do poder, na Bahia, às vezes foi marcado pelo bom humor.

Em abril de 1961, por exemplo, quando os Estados Unidos protagonizaram a desastrada tentativa de invadir a Baía dos Porcos, em Cuba, o deputado estadual Raimundo Reis (PSD) enviou ao governador Juracy Magalhães um requerimento carregado de ironia, pedindo um navio da companhia estatal de navegação, que transportava baianos entre Salvador e Itaparica, para “defender a liberdade das Américas”.

Juracy despachou no alto do requerimento, de próprio punho:

- Conceda-se o navio. Que o requerente providencie voluntários.

Não se falou mais no assunto.