Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 09/04/2013
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“Na vida pública, quem tem tempo não tem pressa”
Ministro Aloizio Mercadante (Educação) sobre os pré-candidatos ao governo paulista

PF que rebatizar sistema de grampo telefônico
A Policia Federal está à procura de uma nova denominação para seu sistema Guardião de grampear telefônicos, uma geringonça capaz de gravar todas as ligações do alvo, sob autorização da Justiça, e também daqueles que no período de monitoramento conversarem com quem é investigado. O problema é que hoje quase todos os estados já têm o tal Guardião e a PF não quer confusão. Aceitam-se sugestões.

Especialistas
A PF não quer dar nome técnico ao Guardião. Mas não terá dificuldade, após batizar de forma tão criativa dezenas de operações policiais.

Polícia é polícia 
O Ministério Público adquiriu o Guardião em alguns estados, que estão sendo doados às polícias, que têm o papel constitucional de investigar.

Top secret
No DF, o MP se negou a informar quanto o seu Guardião custou ao contribuinte. Porém, cedo ou tarde, terá de entregá-lo à policia.

Exemplo
O Guardião adquirido pelo Ministério Público Federal, em Brasília, foi doado à Secretaria de Segurança Pública do Mato Grosso.

Chávez armou milícias para conter a oposição
O semiditador Hugo Chávez, recém-falecido, fez da Venezuela um autêntico barril de pólvora, após distribuir armas à população e organizar milícias. A intenção é tornar inócua, na marra, eventual vitória do candidato de oposição a presidente, Henrique Caprilles. Há risco até de guerra civil, segundo advertiram, em informes reservados ao Palácio do Planalto, os agentes brasileiros de inteligência em Caracas.

Até os dentes
Também agentes da Policia Federal informaram ao Palácio do Planalto que as milícias chavistas estão armadas até mesmo com fuzis HK.

Mais fuzis
Além de comprar e distribuir fuzis HK de fabricação alemã, Chávez implantou a produção licenciada de 100 mil fuzis russo Kaláshnikov.

Tiraram o sofá
A prefeitura do Rio achou a solução antiestupro: proibiu película escura nas vans. Mas armas nas costas e locais remotos continuam liberados. 

Sufocados
Vice-presidente nacional do PSDB e aliado do ex-governador José Serra (SP), Alberto Goldman disse a membros do conselho político do partido que os serristas já “não têm mais ar para respirar no PSDB”.  

Se é por falta de adeus...
Se depender do governador Geraldo Alckmin, o PSDB não levantará um dedo para impedir José Serra de trocar o partido pelo PPS. Alckmin quer ficar à vontade para oferecer o palanque a Aécio Neves, em 2014. 

Campanha
A pedido do senador Armando Monteiro (PTB-PE), o governador Eduardo Campos (PSB) vai almoçar, terça (16), com os senadores do bloco liderado pelo senador Gim Argello (PTB-DF). 

Reta final
Réu no processo do mensalão, o ex-deputado e presidente licenciado do PTB Roberto Jefferson espera terminar este mês a sequência de quimioterapia no tratamento de câncer no pâncreas.  

Calote do Itamaraty
Desde janeiro, Itamaraty não paga diárias de servidores destacados para viagens da presidenta Dilma e do vice Michel Temer ao exterior. Eles recorreram até a empréstimos pessoais. O governo culpa a falta de Lei Orçamentária, finalmente publicada na sexta. Até agora, nada.

Agente paraguaio
Egressos do antigo Serviço Nacional de Inteligência, arapongas miúdos se arriscam complementando a renda vendendo na Agência Brasileira de Inteligência cosméticos, comida e bugigangas paraguaias.

Tamos aí
Derrotado a prefeito de Natal, Hermano Morais (PMDB) corre por fora em busca de apoio para disputar o governo potiguar em 2014. Mas só se o ministro Garibaldi Alves (Previdência) não for candidato.

Sucateada
Setenta estudantes foram ao MEC reclamar que a Universidade Gama Filho, no Rio, após ser comprada pelo Grupo Galileo, aumentou em até 40% as mensalidades e demitiu 600 professores e funcionários. 

Pensando bem...
...ganha uma bala de “cannabis” quem descobrir o que José Mujica já falou em off de Dilma, Chávez, Maduro e Lula. 

PODER SEM PUDOR
Bonito só nos outros

Quando militava no movimento estudantil, em Alagoas, o atual senador Renan Calheiros (PMDB) preocupava o pai, Olavo. Em campanha para deputado estadual, ainda muito jovem, quando conquistaria votação recorde, Renan se aliou às esquerdas para enfrentar o regime militar, e incorporou um discurso muito agressivo. Certo dia, após ouvir declarações inflamadas de Renan, o velho Olavo o chamou num canto:
- Meu filho, dente de ouro, roupa branca e oposição só é bonito nos outros...
__
        Com Ana Paula Leitão e Teresa Barros 
www.claudiohumberto.com.br