Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 03/10/2014
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Claudio Humberto

“Não há pessoa mais amorosa”

Larissa, mulher do ex-médico Roger Abdelmassih, condenado por 48 ataques sexuais

 

Dilma pagou R$12,7 milhões a Ibope, Datafolha etc

Candidata à reeleição, a presidenta Dilma Rousseff (PT) – que lidera as pesquisas – fez o seu governo gastar mais de R$ 12,7 milhões contratando serviços do Ibope, Datafolha e o instituto MDA, conhecido por suas pesquisas para a Confederação Nacional dos Transportes (CNT). O valor gasto até agora no governo Dilma é bem superior aos R$ 2,8 milhões pagos nos dois mandatos de Lula, seu antecessor.

 

Primo rico

Dos três institutos, o que mais fatura no governo do PT é o Ibope: R$ 11,5 milhões com Dilma e R$ 2,3 milhões no governo Lula.

 

Primo pobre

Já o Vox Populi levou apenas R$ 1,2 mil nos dois mandatos de Lula. Já o governo Dilma não aplicou um só real no instituto mineiro.

 

Tem de tudo

Nos serviços contratados pelo governo, há pesquisas de opinião e até levantamentos sobre efeito estufa.

 

Clientela

Entre os órgãos governo que contrataram pesquisas a Presidência da República, o Ministério do Desenvolvimento Social e a estatal EBC.

 

PMDB acusa senador e servidor do TSE de fraude

O PMDB denunciou à Polícia Federal o senador Benedito de Lira (PP), candidato ao governo de Alagoas, e o secretário judiciário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Fernando Alencastro, acusando-os de falsificar decisão do ministro, Luiz Fux. Alencastro informou a emissora geradora, instantes antes do início do horário eleitoral, de uma decisão inexistente, “liberando” um programa do PP vetado pelo TRE-AL.

 

Era o contrário

O secretário judiciário do TSE Fernando Alencar atestou o contrário da decisão de Luiz Fux, que havia rejeitado o pedido de Biu de Lira.

 

Tudo armado

O PMDB denunciou, além de Alencastro, Biu de Lira e seu advogado Marcelo Brabo, que ligou à TV Gazeta avisando da “decisão” de Fux.

 

TSE alega ‘engano’

A assessoria do TSE informou a esta coluna que o secretário Fernando  Alencastro “se enganou” e corrigiu o erro. Após o guia eleitoral, claro.

 

Vivendo de aluguel

O serpentário do Itamaraty se agita: o embaixador na Suécia, Marcos Pinta Gama, pretenderia trocar sua residência atual em Estocolmo, que nos custa R$ 36 mil de aluguel, por outra, equivalente a R$ 70 mil.

 

Pechincha em NY

O aluguel do embaixador em Estocolmo, faz parecer uma pechincha os R$ 54 mil que o colega Guilherme Patriota, irmão do anão diplomático Antônio Patriota, nos faz pagar pelo seu aluguel em Nova York.

 

Pendurados na brocha

O discurso de Dilma na ONU, pregando “diálogo” com terroristas do Estado Islâmico, intrigou militares do Exército dos três batalhões, mais de 1.500 homens, que enfrentam narco-terroristas nas favelas da Maré.

 

Referência parabólica

Em artigo na Folha, o ex-ministro do STF Joaquim Barbosa lamentou o não reconhecimento de grandes brasileiros do serviço público, como Rubens Ricúpero. É o ex-ministro de Itamar Franco conhecido pela confissão pública de que “o que é ruim, a gente (governo) esconde”.

 

Eles no Face

Dilma Rousseff e Aécio Neves disputam as preferências, no Facebook, da mesma faixa etária, de 18 a 34 anos. Já Marina Silva tem a maior parte dos seguidores entre 25 e 34 anos de idade.

 

Dirceu sob exame

Nove meses depois, a OAB-SP iniciou a análise do processo para cassar o registro do mensaleiro José Dirceu. O pedido é do advogado Paulo Fernando Melo da Costa, que agora é candidato a deputado.

 

Enfim acessível

Após meses de reforma para garantir acessibilidade, o plenário da Câmara dos Deputados será reinaugurado nesta terça (7), quando está marcada a primeira sessão deliberativa depois das eleições de 2014.

 

Em pauta

Caso o deputado Henrique Alves (PMDB) vença a disputa pelo governo potiguar, ele deverá deixar imediatamente a presidência da Câmara para se dedicar apenas à organização do seu eventual governo.

 

Verdes de raiva

Somente agora, diretórios estaduais do PV receberam a primeira leva de material de campanha de Eduardo Jorge, o candidato à Presidência.

PODER SEM PUDOR

Uísque do santo

Prefeito de São Simão (SP), Padre Plínio Toldo (PFL) agradava autoridades às quais pedia recursos. Certa vez, ao receber dele uma garrafa de uísque, um secretário paulista brincou: “O sr. está querendo me comprar, padre?”

- Nada disso, meu filho – respondeu Toldo – Esse uísque é feito lá mesmo em São Simão. E eu vou lhe contar um segredo: se Jesus soubesse que a gente produz esse uísque, tinha feito a Santa Ceia lá na minha cidade.