Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 27/04/2013
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“Vivemos numa absoluta normalidade democrática”
Ministro Dias Toffoli (STF) sobre a suposta crise entre Legislativo e Judiciário

Romário pode virar ficha suja por sonegação
O ex-craque e deputado Romário (PSB-RJ) corre o risco de virar ficha-suja, caso perca o recurso no Superior Tribunal de Justiça contra duas condenações da 8ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, cada uma fixada em 3 anos e 6 meses de reclusão e 184 dias-multa, para dois crimes de sonegação. Ele é acusado de não declarar recursos recebidos de um patrocinador e de “direitos de imagem” do Flamengo.

Derrota
Relatora do recurso de Romário, a desembargadora Lilian Roriz, do Tribunal Regional Federal (2ª região), não alterou a sentença.

Pena mantida
O TRF da 2ª Região manteve uma condenação de Romário e outra foi suspensa, porque ele parcelou o pagamento da dívida junto à União.

Fraude
A desembargadora Liliane Roriz se convenceu de que Romário cometeu fraude, tentando culpar ora o contador, ora o Flamengo. 

O tempo ruge
O caso Romário está com a ministra Assusete Magalhães, da sexta turma do STJ. O Ministério Público já começa a temer pela prescrição. 

Doadoras tratadas a pão de ló, no setor de Portos
A Secretaria dos Portos (SEP) pagou R$2,3 milhões à universidade gaúcha (UFRGS) por consultoria sobre transportes. Após cinco meses, têm sido colhidos apenas dados de entidades atreladas a grandes nomes do setor, cuja afinidade com a contratante é manjada. Empresas como Aliança, ligada à gigante Hamburg Sud, são notórias doadoras de campanha dos irmãos Ciro e Cid Gomes (PSB), que controlam a SEP.

Generosidade
O governador cearense Cid Gomes recebeu doação de duas empresas do setor portuário. Foram generosas: R$ 700 mil.

Veto da lei
A lei proíbe doações eleitorais de permissionárias de serviço público, mas ambas as doadoras de Cid Gomes atuam sob licença da Antaq.

Amigos para sempre
Só a Cia de Navegação da Amazônia (CNA) doou R$ 500 mil à campanha de Cid Gomes. A outra foi a Aliança Navegação e Logística.

‘Sem custos’, mas...
Senadores ficaram curiosos com os custos do ruidoso lobby contra a PEC 37, dia 24, mas a Associação Nacional dos Procuradores da República garantiu haver bancado a viagem dos procuradores a Brasília, na mobilização nacional “sem custos” para o contribuinte.

...com pernas curtas
Só no Maranhão, o procurador-geral de Justiça, Joaquim Lobato, espargiu diárias para 36 procuradores e promotores participarem da “mobilização” anti-PEC 37, “sem custos” para o contribuinte otário. Sem contar passagens ida e volta, R$ 1.117 pela TAM e R$ 2.265 pela GOL.

Tilden 2014
Ex-embaixador em Havana, o mineiro Tilden Santiago tentará em 2014 o quarto mandato de deputado federal. Deixou o PT e aceitou convite do PSB, cuja direção nacional vê com bons olhos a sua candidatura.

Alta e desengoçada
Alta e meio destrambelhada, com mochila  nas costas, uma senhora chamou atenção fazendo compras no Parkshopping, em Brasília, às 19h de quarta (24). Era Graça Foster (Petrobras). Fora convocada por Dilma para ir à Argentina, mas não tinha roupas apropriadas.

Maluquice na gaveta
Mereceu elogios, em Brasília, a atitude do presidente da Câmara, Henrique Alves, de meter na gaveta o projeto tornando o Legislativo instância revisora de decisões do Supremo Tribunal Federal.
  
Fraternidade
Autor da PEC limitando os poderes do STF, Nazareno Fonteles (PT-PI) virou piada em 2004, com seu projeto limitando no máximo a R$ 8,5 mil os salários de todos os brasileiros, passando o “excedente” ao governo. 

Dinheiro voando
Vai ficar sem indenização uma ex-funcionária brasileira do consulado português em Brasília, que ameaça penhorar avião da TAP na Justiça. Falido, o governo de Portugal emudeceu na audiência de conciliação. 

Te cuida, Dilma
A ex-presidenciável republicana Sarah Palin, uma anta, virou piada na imprensa dos EUA, sugerindo a “invasão da República Tcheca” após os atentados em Boston dos “terroristas muçulmanos tchecos”. 

Quentão
Lula vai estrear em junho sua coluna no site do New York Times. Mas não escreverá sobre quadrilhas, festa brasileira que conhece tão bem... 

PODER SEM PUDOR
Feios de doer

Nascido em Guapé (MG), Passos Maia foi eleito “senador estadual” várias vezes, na República Velha. Os amigos e depois os inimigos, só de gozação, exageravam dizendo que era o político mais feio de Minas. Ele não ligava. Certa vez bateram à sua porta, Maia atendeu. Mandou o homem entrar e sentar. Pediu licença, foi lá dentro e voltou com uma medalha na mão:
- Isso é seu, agora. Ganhei no Senado, como “prêmio” por ter sido o sujeito mais feio que passou por lá. Mas agora vejo que o senhor merece o prêmio.
E despachou o homem, apenas um vendedor de livros. Feio de doer.
__
        Com Ana Paula Leitão e Teresa Barros 
www.claudiohumberto.com.br