Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 30/04/2013
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“A decisão é minha. Dilma não me deve nada”
Ministro Aloizio Mercadante (Educação) sobre sua permanência no cargo

Serra deverá se filiar ao MD só em setembro
Apesar da pressão do presidente do MD (Mobilização Democrática), Roberto Freire, para ter José Serra (PSDB-SP) nos quadros do partido o mais rápido possível, o ex-governador disse a aliados que só deixará o tucanato em setembro, prazo máximo para concorrer em 2014 pelo novo partido. Serra quer mais tempo para barganhar e para atrapalhar o projeto do mineiro Aécio Neves (PSDB) de disputar a Presidência. 

Voo solo 
Os serristas têm esperança de, até setembro, demover o tucano da ideia de deixar o partido. Ninguém está disposto a acompanhá-lo. 

Já vai tarde
O senador Aécio Neves (MG) até tenta manter o desafeto no PSDB para evitar desgaste eleitoral. Mas também não faz muito esforço. 

Esvaziado
Com a indefinição de Serra, Roberto Freire teme que o MD, criado a partir da fusão PPS-PMN só para atendê-lo, acabe esvaziado. 

Corre-corre
Após o registro no Tribunal Superior Eleitoral, os parlamentares terão 30 dias para se filiar ao novo partido sem perder o mandato. 

Marina quis aliar-se ao relator do projeto anti-Rede
A ex-senadora Marina Silva convidou para se filiar ao Rede, seu projeto de partido, candidatando-se por ele ao governo do Distrito Federal, exatamente o deputado federal que logo depois seria designado como relator do projeto de lei contendo medidas que dificultam sua fundação. Geraldo Magela (PT) disse “não” ao convite de Marina, mas até se ofereceu para ajudá-la a recolher no DF as assinaturas necessárias.

Liderança forte
Deputado há dois mandatos, Geraldo Magela tem expressiva liderança. Disputou com Agnelo Queiroz as prévias do PT para o governo do DF.

Fala que eu te escuto
Parlamentares evitam trocar informações até no cafezinho, com as novas câmeras de segurança, algumas com gravação de áudio.

Uso abusivo
Senadores receberam por email imagens de veículos oficiais usados por procuradores na campanha contra a PEC 37 em vários Estados.

Bela e fera
As Diretas tinham Fafá de Belém. Agora é Luana Piovani, revoltada no Twitter: “Bater boca com o capeta se preciso for. Sou brasileira e não me deixo vencer. Bora organizar tumulto na frente da casa da Dilma.”

Abuso na Câmara
A Câmara exige de prefeitos carteirinha da Confederação Nacional dos Municípios para liberar o “passe preto”, que lhes permite circular nas visitas aos deputados federais. Uma assessora da presidência da Câmara ficou muito nervosa, ao ser indagada sobre o assunto.

Fã clube
A presidenta Dilma passou parte da reunião com ministro Aldo Rebelo (Esportes) e a cúpula do PCdoB falando sobre a exposição do artista Carlinhos Brown e da carixola, instrumento criado por ele para a Copa. 

Pronto pra briga 
Enquanto não sai a CPI da Funai, os ruralistas prometem tocar o terror na recém-criada Subcomissão de Demarcação de Terras Indígenas. O presidente, Nilson Leitão (MT), já se reúne com órgão semana que vem

Última que morre
O PSDB escolheu Duarte Nogueira para comandar o partido em SP na esperança de apaziguar brigas internas. Duarte é ligado a José Serra, mas se dá bem com Geraldo Alckmin e o senador Aécio Neves (MG). 

Vida submersa
O surubim é o grande glutão dos laguinhos do Planalto e da Granja do Torto: a Presidência reservou R$ 30,2 mil em ração para os peixes e as aves, do total de 78,7 mil em 2013. Avestruzes terão só R$ 4,9 mil. 

Busca por palanque
Aspirante a disputar a Presidência em 2014, o governador Eduardo Campos (PSB-PE) pediu a senadora Lídice da Mata (PSB) para concorrer ao governo da Bahia. Ele quer ter palanque no Estado. 

Intervenção já
Cotado para disputar governo do DF pelo PSDB em 2014, o deputado Izalci afirmou que o vice-presidente nacional Eduardo Jorge assumirá o comando local do partido para “oxigenar e trazer quadros para 2014”. 

Pensando bem...
...só o deputado Tiririca poderia justificar em 72 horas no Supremo Tribunal Federal a PEC que limita os poderes da Corte.

PODER SEM PUDOR
Dieta de prisioneiro

Confinado pelo governo militar em 1968, Jânio Quadros ficou “exilado” durante 120 dias no dúplex 606 do hotel Santa Mônica, em Corumbá (MT). Recepcionado pelo ex-governador do Rio Carlos Lacerda, o local logo virou “quartel-general” do ex-presidente. De “férias”, Jânio engordou cinco quilos em dois meses. Respondia a quem estranhava a visível transformação do eterno magro: 
- A continuar engordando, vou desmoralizar o instituto do confinamento...
__
        Com Ana Paula Leitão e Teresa Barros 
www.claudiohumberto.com.br