Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 16/05/2013
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

Se aprovada essa MP, vamos apresentar uma CPI dos Portos”
Deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) sobre a negociata em torno da “MP dos Porcos”

Justiça condena farra com cartões corporativos 
A juíza federal Vânia Hack de Almeida, de Porto Alegre, condenou o delegado Mauro Marcelo, diretor-geral da Abin (Agência Brasileira de Inteligência) no primeiro governo Lula, e outros dez servidores (sete da Presidência da República), a devolverem mais de R$ 2 milhões gastos em despesas ilegais e abusivas, com cartões corporativos, em bares e restaurantes, aluguéis de carro, medicamentos, compra de DVDs etc. 

Tarda, mas não falha
A sentença decorre de ação popular movida em 2003 por Antonio Peni Beiriz, um advogado gaúcho indignado com a farra dos cartões.

Os excluídos
Dilma Rousseff, que era chefe da Casa Civil, e os ministros Antonio Palocci (Fazenda) e Paulo Bernardo (Planejamento) foram absolvidos.

Ressarcimento
O ex-presidente do Incra Rolf Hackbart se livrou da condenação: devolveu os gastos abusivos com cartão de crédito pago pelo governo.

Carona
O deputado Sandro Mabel (GO) cedeu avião para levar políticos à festa de filiação do empresário José Batista Jr, o Júnior, hoje, em Goiânia.

PMDB agora quer forçar orçamento impositivo
Após colocar a faca no pescoço do governo na Medida Provisória dos Portos, o PMDB liderado por Eduardo Cunha (RJ) tenta aliciar votos utilizando desta vez métodos mais republicanos. A idéia é apresentar uma proposta que soa como música aos ouvidos da base aliada: aprovar o “orçamento impositivo”, obrigando a presidenta Dilma a liberar emendas parlamentares independentemente de negociação. 

Bicho vai pegar
Com descontentamento generalizado na Câmara, o PMDB garante já ter número suficiente para aprovar proposta de orçamento impositivo. 

Logo agora
O vice Michel Temer está desolado com a atuação de Eduardo Cunha na “MP dos Porcos”. Logo agora, quando se aproximara de Dilma... 

Come na mão
Apesar da pressão de Dilma, o PMDB não ousa enquadrar Eduardo Cunha, que tem fama de obter financiamento para muitas campanhas. 

Valor do rateio
O Palácio do Planalto trabalha com a informação de que empresários do setor portuário “investiram” R$ 50 milhões para tentar desfigurar ou melar o texto original da MP dos Portos, para virar a “MP dos Porcos”.

São uns artistas
“Artistas” e palhaços não faltam, mas a Câmara dos Deputados realiza licitação para contratar “serviços de representações teatrais” em suas dependências, nos feriados, fins de semana e datas comemorativas. 

De mala e cuia
O ex-prefeito Luciano Agra se filiará ao PV para disputar o governo da Paraíba, após recusar convite do PT. Agra rompeu com o governador Ricardo Coutinho (PSB) alegando que ele não honra compromissos.

Com louvor
O Estádio Nacional Mané Garrincha deixou embasbacados o ex-craque Ronaldo e Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa, na inspeção de ontem. O Fenômeno disse que nunca viu nada melhor, mundo afora.

Livro de registro
O presidente do Senado, Renan Calheiros, e o antecessor José Sarney estiveram entre os que ligaram ao hospital Sírio Libanês para saber do ex-governador do DF Joaquim Roriz, submetido a cirurgia no coração.
 
Promessa é dívida
O senador Lindbergh Farias garante que sua candidatura ao governo do Rio em 2014 está fechada com o ex-presidente Lula e com os candidatos ao comando nacional do PT, Rui Falcão e Paulo Teixeira. 

Agenda cheia
Em campanha pela presidência do PT, Paulo Teixeira (SP) viajou nas duas últimas semanas ao Rio, Espírito Santo, Florianópolis, Manaus e DF. Na sequência, irá para Salvador na sexta, e Curitiba, na segunda. 

Dobradinha
O senador Cristovam Buarque e o deputado Antônio Reguffe pressionam a cúpula do PDT a lançar candidatura própria no DF. Eles acertaram apoio mútuo caso um dos dois dispute o governo em 2014.   

Pensando bem...
...é na troca de insultos, como a de ontem na Câmara dos Deputados, que os políticos finalmente falam a verdade.

PODER SEM PUDOR
Relações impróprias



Antes de virar uma espécie de zumbi, condenado como mensaleiro, o ex-presidente do PT José Genoíno era um político bem-humorado, que procurava motivos para riso até em assuntos mais delicados. Quando o mundo se escandalizava com o caso do presidente americano com a estagiária Mônica Lewinski, e Bill Clinton admitia que mantivera com ela “relações impróprias”, Genoíno saiu-se com esta:
- Hillary (Clinton) deve ter lá também as suas relações impróprias, do contrário não conseguiria manter aquele sorriso no rosto...
_
        Com Ana Paula Leitão e Teresa Barros 
www.claudiohumberto.com.br