Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 25/05/2013
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“Fico feliz com em servir ao País e de retribuir o muito que recebi”
Luiz Roberto Barroso, jurista indicado pela presidenta Dilma para compor o STF

Passe de ministro também é pretendido pelo PP
Além do PSD de Gilberto Kassab, Fernando Bezerra (PSB), ministro da Integração, também é pretendido pelo PP para disputar o governo pernambucano em 2014, garantindo palanque à presidenta Dilma no Estado, contra o eventual candidato socialista Eduardo Campos. O ex-presidente Lula defende a filiação de Bezerra ao PT, ajudando o partido a se recompor após o desastre na eleição para a prefeitura do Recife. 

Poço de mágoas
Eduardo Campos se irrita com o vôo solo de Fernando Bezerra, que, prestigiado por Dilma, não vê motivos para deixar o ministério.

Sem perdão 
Lula acha natural a pretensão presidencial de Eduardo Campos, mas não perdoa sua aliança com o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB).

Se o PT deixar...
O PDT quer lançar candidatos ao governo do DF, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Alagoas e Rio Grande do Norte. 

Tasso 2014
Desafeto do ex-presidente Lula, o tucano Tasso Jereissati (CE) está em plena articulação para disputar o Senado nas eleições de 2014. 

Como Zavascki, escolha de Barroso é elogiada
A indicação de Luiz Roberto Barroso para o Supremo Tribunal Federal foi tão bem recebida nos meios jurídicos quanto a do futuro colega Teori Zavascki. Especialista em direito constitucional, é considerado muito preparado e independente, politicamente neutro, sem ligações partidárias. Foi convidado nesta quinta às 11h30 pela presidenta Dilma, em reunião no Planalto com o ministro José Eduardo Cardozo (Justiça).

Bye, bye, Berlim
Luiz Roberto Barroso iria em setembro morar em Berlim (Alemanha), onde seria professor sênior do Instituto de Estudos Avançados.

Finalmente
Desde o início do primeiro governo Lula, ministro Sepúlveda Pertence, já aposentado, luta pela indicação de Luiz Roberto Barroso para o STF.

Mercadada
Alexandre Padilha (Saúde) brecou Aloizio Mercadante (Educação), que propôs bolsa para residentes que monitorarem médicos estrangeiros.

Chanceler na berlinda
Arderam as orelhas do chanceler mosca-morta Antônio Patriota, na comissão de Relações Exteriores do Senado, ontem. Os senadores o têm como omisso, quieto, meio medroso, parece não ter o que fazer. 

A ordem é melar
Parlamentares que negociam consenso para votar a PEC 37 garantem que o Ministério Público já não se importa tanto em perder poderes de investigação. A encrenca maior é para evitar o controle externo. 

Fogo de palha?
Deputados do PSDB-SP garantem que o senador Aécio Neves (MG) deixou a preguiça de lado e apertou o passo rumo às eleições de 2014. Mas maldosamente duvidam que fique assim até o fim de semana. 

Bandeira branca
O deputado Paulo Teixeira (SP) se reunirá segunda-feira (27) com os grupos do ex-prefeito João da Costa, do senador Humberto Costa e do deputado João Paulo, na tentativa de apaziguar o PT em Pernambuco.  

Entre irmãos
O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) considera a hipótese de indicar seu irmão Ronaldo Cunha Lima Filho, vice-prefeito de Campina Grande, para disputar em seu lugar o governo da Paraíba, em 2014. 

A quem interessa
Relator do projeto que amplia pena para traficantes, Osmar Terra (PMDB-RS) denuncia que o megaespeculador George Soros pôs mais dinheiro no Viva Rio, grupo que apoia a descriminalização das drogas no Brasil, do que na campanha do presidente dos EUA, Barak Obama.
 
De mal a pior
Em reunião esta semana com o ministro César Borges (Transportes), a bancada mineira pediu duplicação da BR 381, conhecida como “rodovia da morte”, e obras emergenciais ao gargalo do Anel Rodoviário de BH.

Brasil no Parlasul
Autor do projeto que acaba com censura às biografias de celebridades, o deputado Newton Lima (PT-SP) foi eleito presidente da representação brasileira no Parlamento do Mercosul (Parlasul).

Bafômetro
O ex-presidente Lula elogiou o endurecimento da lei, de seu governo, que proíbe beber antes de dirigir. Já beber antes de governar...

PODER SEM PUDOR
Candidato sofre...

Candidatos a prefeito e vice em Caçapava (RS) em 1992, Galeno Teixeira e Ari Moreira estavam mortos de sede quando chegaram ao povoado de Capão das Galinhas. Resolveram beber umas cervejinhas bem geladas. Entraram no único armazém do lugar e, desolados, viram apenas seis garrafas numa prateleira. “É o jeito!”, resignou-se Galeno, em voz baixa. Beberam todas. Quando se preparavam para pagar as cervejas quentes consumidas, o homem do armazém finalmente falou:
- Bueno, chê, se o doutor quiser ainda pode beber as geladas...
E abriu uma porta sob a prateleira, revelando a existência de um freezer. Cheio de cervejas estupidamente geladas.
___
        Com Ana Paula Leitão e Teresa Barros 
www.claudiohumberto.com.br