Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 10/07/2016
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“Determinei uma atualização do cadastro de beneficiários”

Presidente Michel Temer, decidido a abrir a caixa preta da lista do Bolsa Família

 

PT ajuda governo Temer em troca de boquinhas

O PT tem surpreendido os adversários ao não criar problemas para aprovação de projetos de interesse do governo Michel Temer. “Vai que Dilma volta” é o lema dessa nova atitude petista. É que, nessa hipótese, os projetos que ela jamais conseguiria aprovar já terão virado lei quando do seu eventual retorno. Temer, em contrapartida, não cria caso com a permanência de petistas ocupando cargos no seu governo.

 

Tetas ocupadas

Assim como o PCdoB ainda controla a Agência Nacional do Cinema, o PT mantém postos na Caixa, DNOCS, delegacias da Agricultura etc.

 

Ela é incapaz

A líderes de apoio ao Planalto, os próprios comandantes do PT admitem que o governo Michel Temer “é muito melhor” que o de Dilma.

 

Culpa da Abin

O governo mantém petistas nos cargos e para aliados inconformados alega que é a Abin que demora para analisar a vida dos indicados.

 

Sabotagem

O governo Temer sabe o risco que corre, até porque tem detectado ações de sabotagem e até de espionagem por aliados de Dilma.

 

Ancine virou ‘primeiro emprego’ no PC do B

Detalhe que espanta o Planalto no “aparelhamento” da Agência Nacional do Cinema (Ancine), pelo PCdoB, é o número boquinhas para membros do comitê central do partido. Não se exige entender de cinema ou ter experiência no serviço público, mas haver atuado em entidades estudantis do PCdoB, tipo UNE, Ubes (secundaristas), UJS, UEE. Um prêmio pelo aliciamento de jovens militantes para o partido.

 

Carreira brilhante

Ouvidora-geral da Ancine, Luana Bonone, do PCdoB, também fez “carreira” na estudantil UES e na UJS (União da Juventude Socialista).

 

Mesma fôrma

Thiago Franco de Oliveira virou assessor do presidente da Ancine, Manoel Rangeto Neto (dirigente do PCdoB) após atuar na Ubes e UJS.

 

Mesmo roteiro

Outro ex-presidente da UNE, Felipe Maia Silva, também do comitê central do PCdoB, desfrutou de cargos na Ancine entre 2008 e 2010.

 

É candidato

Rogério Rosso (PSD-DF) se faz de difícil, na eleição para presidente da Câmara. Ele finge, mas está louco para ser presidente da Câmara. Anunciará sua candidatura quarta-feira, minutos antes do prazo final.

 

Era só um convênio

O diplomata Roberto Jaguaribe, novo presidente da Apex, a agência de promoção da exportação, parece feliz no cargo, a julgar pelo entusiasmo na assinatura de um convênio com o Ministério da Cultura.

 

Pé atrás

Lula quer ir ao Nordeste, mas anda preocupado com a receptividade do povo indignado com a roubalheira. Pudera. Um fotógrafo confundido com ele, em Belo Horizonte, escapou por pouco de agressões na rua.

 

Exemplo

Quinze presos do Centro Penal da Gameleira, Campo Grande (MS), vão reformar uma escola estadual. A obra será entregue em 45 dias. O custo estimado da obra desabou de R$400 mil para R$ 19,8 mil.

 

Suprema humilhação

O atual embaixador do Brasil na Austrália, Manoel Innocencio, era cônsul-geral em Faro, Portugal, naqueles 7x1 da Alemanha. Lá pelos 5x0, ele teve de ouvir de um português: “Oiça, se lhes perguntarem quem descobriu o Brasil, digam, por favor, que foi a Espanha…”

 

Possível

“Se Eduardo Cunha conseguir se salvar na Comissão de Constituição e Justiça, ele se livra da cassação”, diz o deputado Danilo Fortes (PSB-CE), que não acredita em votos suficientes para Cunha na comissão.

 

Dinheiro evaporou

Os 513 deputados federais gastaram, em junho, R$277 mil com combustíveis. Os maiores gastadores: Pedro Fernandes (PTB-MA), Mauro Benevides (PMDB-CE) e César Halum (PRB-TO).

 

Portugal na final

Portugueses em Brasília torcerão pelo time de Cristiano Ronaldo na final da Eurocopa, neste domingo. A partir das 13h30 eles se reúnem no auditório da embaixada de Portugal, com food trucks na porta.

 

Pensando bem...

...somente na reta final de sua “presidência bizarra”, Waldir Maranhão resolveu exercer autoridade na Câmara. Mas é tarde.

PODER SEM PUDOR

O síndico mirim

O atual prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), sempre levou jeito para administrar e para herdar o estilo ACM de se impor.
Nos anos 80, o alto clero carlista (Antonio Imbassahy, hoje deputado tucano, o ex-senador ACM Jr etc) morava no Condomínio Bosque Suíço, em Salvador. Na época aos dez anos, Neto quis se candidatar a síndico do condomínio. Meninos não podiam exercer a função, privativa de maiores, mas ele conseguiu a criação da figura do “síndico mirim”. Que a exerceu até o fim do mandato. Tinha até verba mensal.