Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 20/06/2013
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“Nós não temos condições de fazer novas desonerações”
Guido Mantega (Fazenda), que nega planos de reduções no transporte público

Quebra de sigilo revela fortuna dos políticos
Sigilo fiscal quebrado pelo grupo de hackers “Anonymous” revela detalhes como CPF, endereço e dados fiscais de mais de 600 políticos como a presidenta Dilma, o ex-presidente Lula, ministros, senadores e governadores. Os documentos confirmam que o senador Blairo Maggi (PR-MT), um os maiores plantadores de soja do mundo, é mesmo o mais rico dos políticos, com fortuna declarada de R$ 143,2 milhões.

Lula Ltda.
A declaração de bens mostra que Lula não é proprietário de apenas um, mas de três apartamentos em São Bernardo do Campo (SP). 

Ficha completa
Entre os dados divulgados pelos hackers “Anonymous” estão sete telefones do ex-presidente Lula e dois celulares: final 4845 e 1758.

Pegos de surpresa
Em reunião na terça, os líderes da base e da oposição passaram mais de meia hora discutindo sobre os protestos que tomaram conta do país. 

Base abalada
Experiente, o vice Michel Temer (PMDB) cancelou a viagem a Israel, mas o presidente da Câmara, Henrique Alves, continua na Rússia.

Dilma cria ‘parlamentarismo’ com Lula
Após as vaias no estádio, a presidenta Dilma prova de novo que não tem assessoria ou independência: a reunião com Lula em São Paulo para aconselhar-se na grave crise que enfrenta, subverte o regime de governo, uma democracia representada por ministros e líderes da Câmara e do Senado. Com eles deveria reunir-se em “regime de urgência”, não interpor o “primeiro-ministro” a quem recorre nas crises.

Conselho há
Há um Conselho da República, previsto na Constituição, cuja função é aconselhar o presidente em casos de instabilidade política.

Catorze membros
O Conselho da presidenta Dilma é composto por 14 autoridades, entre elas os presidentes e líderes do Congresso e outras autoridades.

Exploração
Uma Coca-Cola custava R$ 8 no restaurante da Fifa durante o jogo no estádio Castelão, em Fortaleza (CE). E sem nota fiscal.

O preço da estupidez
Multinacional de telecomunicações queria investir em Brasília mais de R$ 1 bilhão em empresa ligada ao setor de call center, contratando 4 mil pessoas, mas desistiu após decisões do Tribunal Superior do Trabalho contra terceirização nas teles. Agora vai investir no Chile.

Tensão
Além da PEC37, que limita poder de investigação do Ministério Público, promotores e procuradores temem aprovação de proposta que inclui as polícias civil e federal na composição do Conselho Nacional do órgão. 

Longe da mídia
Irritada com vazamento de informações, a diretora da Agência Nacional de Petróleo, Magda Chambriard, mandou fechar a sala da associação dos servidores e proibiu reuniões sem interesse profissional no órgão. 

Força no gogó
Líder do PPS na Câmara, o deputado Roberto Freire (SP) não veste a carapuça da ira contra políticos: “Pediremos auditoria das contas da Copa do Mundo ao TCU e o repasse de isenção fiscal no transporte”. 

Tô fora
Ligado ao ex-ministro Franklin Martins, o diretor de finanças da EBC, José Vicentine, ameaça deixar cargo – que assumiu há três meses – por divergências com Nelson Breve. Ele se nega a falar sobre assunto. 

Sem acordo
Preterido para o cargo de secretário-geral do PMDB-BA, o deputado Arthur Maia ameaça deixar o partido e se filiar ao PSD do vice-governador Otto Alencar, cotado para disputar o governo em 2014. 

Premeditado
Desafeto da governadora Rosalba Ciarlini (DEM-RN), o vice Robinson Faria (PSD) foi excluído pelo cerimonial na visita de Dilma ao Estado. Seu filho Fábio Faria teve intervir para que ele fosse chamado ao palco.

Barbas de molho
Ressabiada com protestos que “tomaram” sua pauta, a oposição está tão surpresa quanto o governo com o recado das ruas de que não é bem-vinda. Mas seus líderes agem como se não fosse com eles.

Pensando bem...
...enquanto o protesto desce a av. Paulista, o dólar sobe na contramão.

 

PODER SEM PUDOR
Decisões fundamentais

A reunião do colégio de vice-líderes do PT na Câmara dos Deputados, em 2003, tomou duas decisões da maior relevância. Primeiro, ficou acertado que o então líder Nelson Pelegrino (BA) iria oferecer um almoço à bancada, na residência do presidente da Câmara, e o prato principal seria o baianíssimo caruru. Também foi deliberado articular um time de futebol de deputados do PT para enfrentar o selecionado do então presidente Lula. Mas Pelegrino avisou:
- É para perder, hein? Se a gente ganha, o pessoal vai dizer que a bancada do PT impôs uma derrota ao governo e isso não pode de jeito nenhum!
___
        Com Ana Paula Leitão e Teresa Barros 
www.claudiohumberto.com.br