Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 07/03/2013
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“Quem pode ser favorável à tentativa de censurar a imprensa?”
Deputado Lucio Vieira Lima (PMDB-BA), dando nome ao “controle social da mídia”

Campos antecipa campanha em visitas ao Sudeste
Entrando no clima de antecipação da campanha para presidente, que chegou a criticar, o governador pernambucano Eduardo Campos (PSB) planeja percorrer, nos próximos meses, os maiores colégios eleitorais do Pais, Rio, São Paulo e Minas, o “triangulo das Bermudas”. Ele também vai a seminários sobre desenvolvimento e encontros regionais do PSB. Gasto público e boa gestão serão motes da campanha. 

Recordar é viver
O PSB vai usar os programas de rádio e tevê, que vão ao ar em abril, para resgatar a história da sigla e lançar Campos como estrela. 

Onda 40
Para o líder Beto Albuquerque, 95% do PSB querem Campos em 2014: “Não somos anti-Lula nem anti-Dilma, só pensamos o futuro”. 

Recalculando a rota
O presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN), ofereceu o Conselho de Ética ao PDT, mas PSD e PTB vetam a indicação. 

Pensando bem...
...Dilma pegou no SUS o diagnóstico do Brasil “sem pneumonia” com a crise internacional.

Acusado de assédio moral é marajá no Itamaraty
Recebendo R$ 42.139,29 por mês dos cofres públicos e listado entre os super-salários do Itamaraty, o embaixador Américo Fontenelle deveria tratar melhor os subordinados. Mas é acusado de assédio moral, por insultar e humilhar funcionários no consulado em Sidney Austrália), como em Toronto (Canadá). Há queixas idênticas em vários consulados. O de Barcelona (Espanha) pode ser o próximo na lista.

Pra francês ver
O canal France 24 exibiu longa incursão no tráfico do Rio, mostrando que o Comando Vermelho se reorganiza em favelas “pacificadas”.

Nova direção
O diplomata Leonardo Sotero Caio foi convidado pelo senador Renan Calheiros para a diretoria de Relações Internacionais do Senado.

Lincoln 51
Além de ex-presidente americano pirata e presidente emérito do Brasil, Lula agora também é candidato a presidente-adjunto, em 2014.

Lição de Geografia
Dois mandatos após o nordestino Lula, Dilma afirma que o Nordeste ficou “esquecido”. Na campanha, explicou que em “Vidas Secas”, Graciliano Ramos falou da saídas de nordestinos para o Brasil (sic).”

Gelo seco
Nem a CUT crê nos números manipulados pelo IBGE: pede hoje em Brasília a redução da jornada de trabalho por “mais empregos”, sacando números do Dieese com o baixo valor da hora trabalhada.

Pagando o pato
O presidente do Senado paga um pato que não é dele: opositores e até aliados demitem assessores de cargos comissionados, inclusive para substituí-los, alegando que “Renan Calheiros mandou” ou “pediu”. 

Sem cobertura
O secretário estadual de Saúde do Rio de Janeiro, Sergio Côrtes, freqüenta alegremente a balada nas noites cariocas, mas já não exibe o guardanapo em forma de asa Delta cobrindo-lhe a calva.

Olho no cargo
Partidos governistas já estão de olho no Ministério do Desenvolvimento Industrial e Comércio Exterior, certos de que atual ministro Fernando Pimentel (PT) deverá sair candidato ao governo de Minas, em 2014. 

Lindbergh 2014
O ex-presidente Lula avaliou, com petistas, que é “legítima” candidatura do senador Lindbergh Farias (PT) ao governo do Rio contra o vice-governador Luiz Pezão (PMDB). Sérgio Cabral que se cuide.

Um parto
Laboratórios se queixaram a Dilma sobre um demorado órgão  do Ministério da Saúde chamado Conitec. Leva até nove meses para aprovar um novo medicamento já liberado para uso pela Anvisa.

Musculatura
Carlos Araújo, ex-marido de Dilma, o ex-governador Alceu Collares (RS) e o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, estão empenhados em conduzir o ministro Brizola Neto (Trabalho) ao comando do PDT. 

Pensando bem...
...finalmente, ontem, Chávez estava Maduro para morrer.

PODER SEM PUDOR
O primeiro milagre de Lula

Ramez Tebet acabara de receber Lula, então presidente eleito, na entrada do gabinete da presidência do Senado. Amassos de todo lado, multidão se espremendo para ver o petista, câmeras de TV, flashes espoucando, empurra daqui, empurra dali. Lula finalmente chega ao gabinete, coalhado de políticos. Um deles, o ex-governador da Paraíba Ronaldo Cunha Lima (PMDB), num esforço muito grande, conseguiu se levantar da cadeira de rodas que usava. Queria cumprimentar Lula de pé. O senador Ney Suassuna (PMDB-PB) percebe e toma um susto:
- Ronaldo, você está andando?!
__
Com Ana Paula Leitão e Teresa Barros 
www.claudiohumberto.com.br