Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 21/07/2013
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“Ainda é cedo para essas especulações, deixa para ano que vem”
José Serra, sobre sua possível saída do PSDB para disputar a Presidência em 2014

Código de Mineração gera ‘pânico’ no Planalto
Em meio à crise instaurada no Parlamento, somada à queda de sua popularidade, a presidenta Dilma está em pânico com os rumos que poderá tomar a votação do novo Código de Mineração, que já recebeu 500 emendas na comissão especial. O ministro Edison Lobão (Minas e Energia) foi delegado a monitorar os trabalhos e tentar evitar repetição do “balcão de negócios” que tomou o Congresso na MP dos Portos. 

Invasão mineira
O Planalto teme a quantidade de mineiros na comissão, presidida por Gabriel Guimarães (PT) e relatada por Leonardo Quintão (PMDB). 

Interesses mil
Empresários de Minas estão de olho no projeto, que dá novos poderes ao governo, altera o sistema de controle e prevê licitação em blocos. 

‘Aiatolado’
O “massacre” do Leblon, diante da casa do governador Sérgio Cabral (PMDB-RJ) foi notícia no Irã, onde corruptos costumam ser enforcados.

Gafe da vez
Conhecida por trocar as bolas, Dilma provocou risadas em Fortaleza ao chamar o líder do PT na Câmara de “senador” José Guimarães (CE). 

Governo gasta mais com Bolsa que com Saúde
Dilma tem razão quando atribui aos protestos o desejo do povo de “querer mais”: dados do Portal da Transparência revelam que o governo federal gastou até agora R$12,1 bilhões com o Bolsa Família – enquanto a Saúde recebeu R$9,8 bilhões. O ministério das Cidades recebeu ainda menos – R$897 milhões, sendo R$6,4 milhões para abastecimento e esgoto em pequenos municípios. O programa de transferência de renda consumiu R$20,2 bilhões em 2012. 

Na rede
Mais 450 mil famílias entraram para o programa este ano, sendo a  Bahia, governada pelo petista Jacques Wagner, eterna líder do ranking.

Sem rede
Em fevereiro, cerca de 1,69 milhão dos 50,3 milhões de dependentes dispensaram o Bolsa Família, diz ministério do Desenvolvimento Social

A praça é nossa
A praça Tahir, no Egito, tem muito a aprender com a polícia do Rio, que por duas horas olhou quebradeira total sem dar um só golpe de caratê.

Qualquer negócio
O clima de insatisfação no PMDB chegou a tal ponto que deputados já falam até em convidar o ex-governador José Serra (PSDB) para se filiar ao partido e sair candidato contra a reeleição de Dilma em 2014. 

Arbitrário
O advogado Antônio de Almeida Castro, o Kakay, procurou o BMG, o empresário nº  1  da Fifa, Juan Figer, e o presidente do Atlético de Madrid, Miguel Ángel, para denunciar a “arbitrariedade” da intervenção no Esporte Clube Bahia: “Vai abrir um precedente complicado”, alerta. 

Na mira do crime
A violência entre jovens de 15 a 29 anos cresceu 414%, como mostra o Mapa da Violência 2013, divulgado sexta (19). Entre 2000 e 2010, o Maranhão registrou aumento de 398,5% em vítimas de arma de fogo. 

Enquanto isso...
... para reforçar a segurança, a Câmara dos Deputados comprou, com dispensa de licitação, um aparelho detector de metais avaliado em R$ 7,5 mil. Nada de armas de fogo por lá. 

Quase uma gorjeta
Para Luiz Pitiman (PMDB-DF), dar aposentadoria especial aos garçons não impacta nas contas da previdência, já que a categoria não é tão numerosa e o salário é menos da metade do teto do INSS (R$ 4.100). 

Defesa feroz
A CCJ da Câmara aprovou projeto de Ricardo Tripoli (PSDB-SP) que criminaliza condutas contra cães e gatos. O texto, um tanto exagerado,  prevê 3 a 5 anos de prisão até para a inocente brincadeira de crianças, que atiça cães: “pega, pega, ts, ts”, por “promover a luta entre animais”.

Senta a púa...
Esse era o lema dos pilotos da Força Expedicionária Brasileira durante a II Guerra Mundial ao estabelecer recorde destruindo 1,3 mil veículos, 250 composições de trem, 25 pontes e 85% da munição alemã. 
 
... senta a peia!
É o que merecem políticos desavergonhados que utilizam aviões das Forças Armadas Brasileiras (FAB), que conquistou respeito mundial, para ir a jogos de futebol, casamentos ou para passear com cães. 

Pensando bem...
...os cariocas finalmente aprenderam que não devem aceitar balas de borracha de estranhos.

PODER SEM PUDOR
Mentira cabeluda

No final de 1996, o à época deputado Álvaro Valle (RJ), chefe do PL, foi procurado pelo então presidente da Câmara, Luiz Eduardo Magalhães, com o processo em que Wellington Fagundes (PL-MT) pedia ressarcimento de despesas com operação de hemorróidas nos EUA, no valor de US$ 40 mil.
- Ele se operou? Eu não sabia... – espantou-se Valle.
Álvaro Valle, que era sério, foi investigar. Descobriu que Fagundes fizera implante de cabelos, mas como a Câmara não restitui dinheiro gasto com esse tipo de tratamento, inventou a história das hemorróidas.


__
            Com Ana Paula Leitão e Teresa Barros 
www.claudiohumberto.com.br