Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 26/07/2013
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“Não é reduzindo ministério que se dá eficiência” 
Ex-presidente Lula, sobre defesa da oposição, e do PMDB, pela redução de ministérios

Suplente do PMDB espera cassação de Donadon
Primero suplente de Natan Donadon, preso em junho após condenação transitada em julgado na Suprema Corte, o ex-senador Amir Lando (PMDB-RO) desistiu de entrar com mandado de segurança exigindo posse imediata na Câmara. Lando acredita que a Câmara vai cassar o mandato do deputado ladrão até a segunda semana de agosto. “Eu tinha condições jurídicas para assumir, mas vou esperar prazo”, disse. 

Não funciona
Edvaldo Soares (PMDB), suplente do estadual Marcos Donadon, irmão de Natan, até conseguiu na Justiça tomar posse. Mas o preso recorreu. 

Dias contados
O dativo nomeado pela CCJ terá o prazo de três sessões para fazer a defesa de Natan; depois, Sérgio Zveiter (PSD) apresentará o relatório. 

Dono da pizza
Lulista de carteirinha, Amir Lando presidiu em 2005 a CPI do Mensalão, criada a pedido do governo para colocar água nas investigações. 

De volta ao jogo
O ex-senador, que também relatou a CPMI das Sanguessugas, diz se preparar para renovar Congresso: “Sempre estive do lado da navalha”. 

Oposição suspeita de acordo entre Brasil e Bolívia 
Advogado do senador boliviano Roger Pinto – forte opositor do governo Evo Morales –, Fernando Tibúrcio disse “não duvidar nada” de acordo entre o Brasil e o cocaleiro para libertar torcedores corinthianos presos no país, acusados de envolvimento na morte de Kevin Espada. Tibúrcio suspeita que o ministro Antonio Patriota (Itamaraty) tenha prometido, em troca, estudar revogação do asilo concedido ao opositor boliviano. 

Precedente
Tibúrcio lembra que o Brasil já cedeu à pressão de Evo e transferiu o embaixador Marcel Biato da Bolívia para Suécia por defender Roger. 

Relação azedou
A suspeita de que o opositor Roger Pinto estava a bordo foi o motivo da vistoria humilhante a avião da FAB usado pelo ministro Celso Amorim. 

Holofotes
Chefe dos Caiapó, o cacique Raoni aguarda convite do papa Francisco no Rio, para discutir a questão indígena e o desmate na Amazônia.

Articulações
Defensor da candidatura de Eduardo Campos (PSB-PE) à Presidência, Júlio Delgado – que assumiu o comando do PSB-MG – garante que o partido lançará candidato ao governo de Minas, para servir de palanque ao socialista em 2014. O mais cotado é o prefeito Márcio Lacerda. 

Conveniência
A Presidência da República jura, por sua assessoria, que o Blog da Dilma – que acusou o presidente do STF, Joaquim Barbosa, de “bater em mulher” e errar julgamento – “não é oficial”. Mas não o desautoriza.

Blitz
Presidente do Supremo, Joaquim Barbosa, continua sob fogo inimigo: agora do ex-ministro do Trabalho Brizola Neto (PDT), insinuando, em seu blog Tijolaço, suposta compra irregular de apartamento em Miami. 

Rei da imprevidência 
O prefeito Eduardo Paes (PMDB-RJ) teve sete meses para preparar o terreno na Zona Oeste do final da visita do Papa, transferida para Copacabana devido à lama. A área é do “rei dos ônibus” do Rio Jacob Barata, que vai erguer ali um megacondomínio após tirar a lama, claro. 

Em família
A mulher do agente da Agência Brasileira de Inteligência, preso no Rio em manifestação contra o governador Sérgio Cabral, é professora federal e faz campanha para Marcelo Freixo (PSOL-RJ).

Puxador de votos
Além do PR, o PTB também está de olho no ex-governador José Roberto Arruda que, acusado na operação Caixa de Pandora, é visto como galinha dos ovos de ouro para atrair votos no Distrito Federal. 

Fora dos palanques
Apesar de estar bem cotado em pesquisas eleitorais, amigos próximos do ex-governador Arruda o excluem do cenário político de 2014. “Ele está quieto em São Paulo, apenas cuidando de sua defesa”, garantem.
 
O conto dos bolivianos
Como o www.diariodopoder.com.br antecipou na quarta (24), os cinco torcedores do Corinthians libertados na Bolívia não chegam ao Brasil “nas próximas horas”, como garantiu o chanceler Patriota. A ordem de soltura depende de trâmites burocráticos que podem demorar 2 meses.

Que fase...
Com avaliação em baixa nas pesquisas, Dilma está doente em casa. O Papa espirrou no Rio e ela pegou gripe num evento em Salvador (BA).

PODER SEM PUDOR
Vivo revelador

O então senador Ernandes Amorim (RO) sempre se queixou da perseguição da imprensa contra os parlamentares. No final de 2000, em discurso, avisou que a TV Senado impede os jornalistas de escrever o que querem:
- Antes falavam mal e a população não tinha como saber a verdade.
A ex-senadora Heloísa Helena (PSOL-AL) observou, sorrindo:
- Bobagem, os senadores continuam mal falados, só que a TV agora mostra tudo ao vivo!

__
            Com Ana Paula Leitão e Teresa Barros 
www.claudiohumberto.com.br