Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 28/07/2013
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“O debate foi um dos mais pobres que já tivemos notícia” 
Governador e presidenciável Eduardo Campos (PSB-PE), sobre as eleições de 2010

Mensaleiros já gastaram mais de R$ 8,5 milhões
Os deputados federais João Paulo Cunha (PT-SP), Valdemar da Costa Neto (PR-SP) e José Genoino (PT-SP) já torraram mais de R$ 8,5 milhões do contribuinte de 2011 para cá. Além de altos salários e mordomias como motorista e imóvel funcional em área nobre da capital, condenados vão à forra com passagens aéreas, combustível, escritórios de apoio, segurança particular, consultorias e pesquisas. 

Falam muito
Em tempos de espionagem, deputados, que deveriam ser ex, gastaram com telefone R$ 207.084,78. Devem ser conversas com os advogados. 

Cada centavo conta
A coisa deve estar feia para Costa Neto. Nem os R$ 0,30 de carta comercial enviada em maio de 2013 escaparam. Foi pra nossa conta.  

Olha a dieta
Genoino recebe alimentação regrada do SENAC, tudo reembolsado, até os R$ 12 gastos na escapadinha com pão de queijo no aeroporto.  

Pergunta no aeroporto
A PF vai revistar o avião do presidente encrenqueiro da Bolívia Evo Morales antes ou depois da missa com o Papa neste domingo?

Vereadores bajulam até o irmão de governador
A Câmara Municipal de Olinda deu o título de cidadão honorário a Antonio Campos, especialmente pelo seu trabalho como organizador da Festa Literária de Porto de Galinhas – que, aliás, fica em outro município. A bajulação faz justiça a Antonio, que, irmão do governador Eduardo Campos, assegurou patrocínio de R$ 3,5 milhões da Empetur, empresa do governo estadual, para a tal 9ª Fliporto, em novembro.

Irmão amigo
Antonio Campos já recebeu parcela de R$ 2,625 milhões do patrocínio da Empetur, conforme comprovante ao qual esta coluna teve acesso. 

Pátio dos milagres
O ex-über empresário Eike Batista fechou o site com o nome dele e desistiu do Twitter, onde tinha quase quatro milhões de seguidores. 

Os incomodados
É praticamente certa a saída da deputada distrital Eliana Pedrosa do PSD para o PSDB, partido pelo qual concorrerá as eleições de 2014. 

Endereço errado
Como muitos que tentam negócios no governo federal, o consórcio Inframerica, que administra o de Brasília, pediu bênção a Lula para ganhar a concessão do aeroporto do Galeão ou Confins. Mas Dilma, dona da caneta, anda irritada com o ritmo lento das obras na capital. 

Yes, we can
A tentativa por decreto de quebrar sigilo de internautas para identificar vândalos rendeu apelido de adversários ao governador Sérgio Cabral (PMDB): “Obama do Engenho Novo” (subúrbio do Rio onde nasceu). 

Antes da lama
Militares teriam sugerido a Candelária para o encerramento da visita do Papa, diz o ex-prefeito Cesar Maia (DEM-RJ). Palco de memoráveis protestos, foi preterido pelas autoridades religiosas e pelo governo. 

Tudo sob controle
Virtual candidato à Presidência, Eduardo Campos (PSB-PE) aproveita a calmaria em Brasília – com o recesso branco no Congresso – para viajar o interior de Pernambuco, já de olho em fazer sucessor em 2014. 

Não entra mosca
Alvo de críticas por suas declarações homofóbicas, o deputado e pastor Marco Feliciano (PSC-SP), presidente da Comissão de Direitos Humanos, tem fugido das câmeras: “A hora é de submergir”, explica. 

Assim não dá
O núcleo do PT na Educação pressiona o Planalto a negociar sobre o projeto que destina royalties do petróleo à educação e saúde. Muitos votaram constrangidos com o governo, e outros boicotaram a votação.  

Espiões na mira
O deputado Fernando Ferro (PT-PE) já recolheu 130 assinaturas para criar a CPI da Espionagem Americana. Ele quer saber qual o “real estado de segurança das vias de comunicação”. 

Estrategista
Presidente do PSDB-DF, Eduardo Jorge mantém segredo sobre 2014: “Temos que agregar todo mundo que é contra o PT. Se eu disser que fulano é candidato ao governo, ninguém vem para o partido”. 

Nem aí
Curiosidade da pesquisa Ibope/CNI: a badalada reforma política para aliviar a barra dos políticos preocupa apenas 1% dos entrevistados. 

PODER SEM PUDOR
A baioneta e a Ave Maria

Nos idos de 1950, o então tenente José Wadih Cury, hoje coronel da reserva, fazia a ronda noturna na Escola de Paraquedistas, localizada na Vila Militar, no Rio. Eram 2h da manhã e ele notou o comportamento estranho de um soldado. Resolveu então se aproximar e viu que ele dormia um sono profundo, apoiando o queixo no fuzil. De repente, o sonolento acordou, mas não passou recibo. Sem abrir o olho, apenas balbuciou:
- ...Ave Maria, cheia de graça...
Ao concluir a oração, o soldado esperto abriu o olho e bateu continência:
- Por aqui tudo calmo, tenente.

__
            Com Ana Paula Leitão e Teresa Barros 
www.claudiohumberto.com.br