Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 09/08/2013
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“Frustração existe, sim”
Procurador-geral, Roberto Gurgel, sobre sua saída do cargo antes da conclusão do mensalão

Sob pressão, Cabral poderá antecipar renúncia
O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), cuja reputação está em chamas desde o início das manifestações de rua, poderá renunciar ao mandato antes mesmo de abril de 2014, o limite para se desincompatibilizar e viabilizar a candidatura do filho, Marco Antônio, a deputado federal. Íntimo aliado disse que Cabral “não aguenta mais” e, se os protestos continuarem, ele renunciará antes, “talvez este ano”.

Siri na lata
Para os próprios assessores, Sérgio Cabral é irritadiço, tem explosões infantis, e se revelou despreparado para enfrentar as manifestações.

Solidão
Cabral perseguiu seus críticos, se isolou dos aliados, e sairá do poder com déficit de amigos. Inclusive na turma do guardanapo na cabeça.

Já chega
O governador Marconi Perillo (PSDB-GO), em queda nas pesquisas, sofre pressão da esposa, Valéria, e das filhas para desistir da reeleição. 

Sem volta
O senador Rodrigo Rollemberg (PSB) tem dito que disputará o governo do DF com, ou sem, a candidatura de Eduardo Campos à Presidência. 

Presidente regional sairá do PR se Arruda entrar
A convite do dono da legenda, deputado mensaleiro Valdemar Costa Neto (SP), o ex-governador do DF José Roberto Arruda deverá se filiar ao Partido da República (PR) para disputar as eleições de 2104. Mas se Arruda entrar por uma porta, por outra sairá o deputado federal Ronaldo Fonseca, presidente regional do partido no DF. Ele não aceita a filiação. E pesquisas no DF o aconselham a manter distância de envolvidos na Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal, no DF.

Nem aí
A sorte do PR não parece preocupar o proprietário, Valdemar Costa Neto. Afinal, o mensaleiro está na iminência de cumprir pena de prisão.

Rejeição
Pesquisa do Ibope contratada pela direção nacional do PR mostrou que 94% dos brasilienses sabem o que foi a Operação Caixa de Pandora.

Deus me livre
Deu no Ibope: 74% dos evangélicos e 70% dos católicos não votam em envolvidos na Caixa de Pandora, revelou o portal Diário do Poder.

Questão de ética
Para ser isento na investigação do cartel da Siemens que atinge os adversários tucanos na eleição de 2014, o presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica, Vinícius Marques de Carvalho, deveria se afastar do Cade. É sobrinho do ministro Gilberto Carvalho.

Vírgula
A Siemens integra do Cadastro Pró-Ética da Controladoria-Geral da União desde 2011, após confirmação de exigências corporativas. A CGU avisa que o cadastro não atesta que as empresas sejam “limpas”. 

Diplomatas no sal
A Advocacia-Geral da União avisou ontem que está a postos para lutar no Supremo contra a decisão do TCU de limitar salários de diplomatas brasileiros que atuam no exterior. Basta o chanceler Antônio Patriota provocar a AGU. Mas ele não o fará: ontem mesmo aplaudiu a decisão.

Disco voador
Sumiu do Blog do Planalto a íntegra da entrevista de Dilma a duas rádios mineiras na quarta (7), em que disse “respeito muito o ET de Varginha”. Censura petista ou autocensura?

Negócio arriscado
Dona da Serasa, a multinacional Experian, com sede em Dublin, na Irlanda, é investigada por autoridades irlandesas por possível “vazamento” de dados de 740 milhões de consumidores americanos. 
 
Miragem
Com empreiteiras doadoras de campanha e envolvidas com o PAC, e parceiras estrangeiras nas obras de metrôs país afora, a CPI da Siemens proposta pelo PT pode virar enterro de anão: existe, mas ninguém viu.

Flerte
O ex-governador Joaquim Roriz não revela por qual legenda pretende disputar o governo do DF, mas diz que o “de coração é o PMDB, onde tem “grandes amigos”. Ele se reuniu com o vice Michel Temer dia 31.

Boca aberta
Comissionados do PT poderão regularizar a “boca” no concurso para gestor governamental neste domingo (11): já entram com 1/3 da nota garantida, e o recurso das notas de títulos será em pleno réveillon. 

Pergunta em Marte
Será que o “respeitado” ET de Varginha sequestrou “Rose” Noronha?