Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 10/08/2013
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“A troco de quê eu vou fazer campanha? Eu quero é governar”
Presidenta Dilma Rousseff negando que sua “agenda positiva” seja jogada eleitoral

Preso, deputado ladrão quer regime semi-aberto
Condenado a mais de 13 anos de prisão, o deputado Natan Donadon (RO) espera ficar fora das grades ainda este ano. O ex-peemedebista –que teria de cumprir pelo menos 2 anos, 2 meses e 21 dias em regime fechado – tentará antecipar progressão do regime caso consiga reduzir sua pena na revisão criminal. Segundo o advogado Nabor Bulhões, que estuda entrar no caso, está prescrito o crime de formação de quadrilha. 

Faltou isonomia
Para Nabor Bulhões, o Supremo Tribunal Federal “exagerou” na punição de Natan: “Ele recebeu o triplo da pena dos autores do crime”. 

Alegria de pobre....
Familiares tentam empurrar para setembro a votação da cassação de Donadon, que o STF considerou ladrão transitado em julgado.

... dura pouco
Em semiliberdade, Natan planeja participar das atividades legislativas – inclusive votações – durante o dia, e passar a noite no xilindró. 

Batata assando
O relator do processo de cassação, Sérgio Zveiter (PSD-RJ), disse a amigos que pretende se livrar desse assunto o quanto antes. 

Dilma promete à oposição dinheiro para prefeitos
Preocupada em recuperar apoio dos prefeitos, de quem necessita para ser reeleita em 2014, a presidente Dilma negociou com a oposição para liberar R$ 1,5 bilhão para custeio de municípios, conforme prometeu na Marcha dos Prefeitos, em junho. Em reunião na quarta (7), a ministra Ideli Salvatti acertou de liberar emendas parlamentares do PSDB, DEM e PPS em troca de votar o projeto na Comissão Mista de Orçamento.

Tudo certo
O projeto, cujo relator é o senador Casildo Maldaner (PMDB-SC), vai para a pauta da Comissão Mista de Orçamento já nesta terça (13).

Combo
Em troca de não obstruir, a oposição exigiu a garantia de emendas à LDO para reformar ou ampliar casas filantrópicas e prédios escolares. 

Eu, não
A Secretaria-Geral da Presidência nega parentesco do presidente do Cade, Vinicius Marques de Carvalho, com o ministro Gilberto Carvalho.

Bullying de ministro
No ato de promoção de generais, quinta-feira, a presidenta Dilma fez questão de demonstrar mais uma vez o seu desdém pelo nanoministro da Defesa, Celso Amorim. Foi constrangedor até para quem assistiu à cena. E a pergunta não se cala: o que leva alguém a se sujeitar a isso? 

Pé na estrada
Aspirante a disputar o governo de Pernambuco, o ministro Fernando Bezerra (Integração) iniciará uma campanha mostrando seu trabalho no governo federal, além de intensificar as andanças nos municípios. 

Fora de campo
O deputado Romário (RJ), que se desfiliou ontem do PSB, está entregue ao departamento médico: fez uma cirurgia no pé e outra na região lombar. Ficará afastado da Câmara por até 30 dias.

Suíça nazi
Na Suíça, de maioria alemã, são comuns casos de racismo como o que vitimou a apresentadora Oprah Winfrey. Nos trens, como em filmes sobre a II Guerra, policiais cuja farda tem intrigante semelhança com a SS nazista, sempre indagam rispidamente o país de origem de turistas.

Filho pródigo
O deputado Fernando Francischini (PEN-PR) voltará ao PSDB em setembro para coordenar em Curitiba a campanha do presidenciável Aécio Neves (MG) e do governador Beto Richa. 

Palmada no plenário
O deputado Marcos Rogério (PDT-RO) entrou com ação no Supremo Tribunal Federal para suspender a tramitação do projeto de lei da Palmada, para que seja submetido à discussão no Plenário: “A ministra dos Direitos Humanos quer enfiar o projeto goela abaixo”, reclama. 

Haja coração
Familiares do governador Simão Jatene (PA) tentam convencê-lo a desistir da reeleição em 2014. Temem que a guerra contra o clã Barbalho afete a saúde do tucano, que tem problemas cardíacos. 

Dê uma curtida
O ex-governador tucano José Serra defendeu no Facebook a licitação dos trens do metrô paulista em 2008, quando ganhou a espanhola CAF: o então ministro do STJ Cesar Asfor Rocha sustou ação da Siemens, que ofereceu preço três vezes maior, na concorrência.

Pensando bem...
...todos se acusam e ninguém tem razão no escândalo paulista da Siemens.


 

PODER SEM PUDOR

Fumante ocasional
“Imortais” mineiros viajaram ao Rio de Janeiro, certa vez, para serem homenageados na Academia Brasileira de Letras pelo centenário da entidade em Minas. Todos chegaram ao mesmo tempo no hotel, que estava lotado. Não havia reserva para um deles, escritor e ex-ministro Ronaldo Costa Couto. Mas a recepcionista observou: 
- Só tem quartos para fumantes e o senhor não fuma, né?
Cansado de esperar, Costa Couto respondeu na lata: 
– Tem problema não, minha filha. Se for preciso, eu fumo!