Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 14/08/2013
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“Se é impositivo, que seja naquilo que a população mais quer”
Ministra Ideli Salvatti (articulação) condicionando as emendas à área de Saúde

Governo suspeita que EUA espionaram pré-sal
A área de inteligência do governo suspeita que os Estados Unidos espionaram a Petrobras e os planos brasileiros para a exploração do pré-sal. A suspeita provocou indignação da presidenta Dilma Rousseff e foi dita claramente ao embaixador norte-americano em Brasília, que negou a espionagem. O governo trabalhava apenas com a hipótese, tornada pública, de “monitoramento” de cidadãos brasileiros.

Ajuda privada
O governo suspeita que os EUA obtiveram planos do Brasil para o pré-sal com ajuda de empresas americanas fornecedoras da Petrobras.

Big Brother
A Agência de Segurança Nacional (NSA) teria espionado residentes ou pessoas em trânsito e empresas instaladas no País, incluindo estatais.

Calhamaço
Tem mais de quinhentas páginas o dossiê dos agentes do governo sobre a suposta espionagem americana no pré-sal.

Pensando bem...
...o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, nem pedir para sair pode. Tem protesto do lado de fora. 

Brasileia, no Acre, vira um Haiti para refugiados
O sonho dos haitianos de uma vida melhor no Brasil se transformou em “catástrofe humanitária” em Brasileia (AC), diz o relatório da visita da ONG Conectas, no início do mês: o galpão para 200 pessoas abriga 800 haitianos, com 10 banheiros e oito chuveiros, sem sabão, esgoto a céu aberto e teto de zinco, temperatura de 40 graus. Quase todos têm diarreia. A ONG acusa o Brasil de “maquiar” uma crise internacional. 

Caminho de volta
Haitianos se dizem “enganados” na promessa de refúgio e preferem voltar ao seu miserável país, após roubados por atravessadores.   

Vendaval financeiro
O governo do Acre diz que só recebeu R$ 2 milhões do governo federal em quase três anos, e que 40 novos haitianos chegam todo dia. 

O ditador-fantasma
Piada no Twitter sobre o aniversário do ditador de pijamas cubano Fidel Castro, sumido de novo: “Se estivesse vivo, faria hoje 87 anos.”

Cenários para 2014
Líderes do PT atribuem o sumiço de Eduardo Campos (PSB) à retomada do seu projeto de ser vice de Lula, em 2014. Para acalmar o PMDB, seria oferecida ao atual vice, Michel Temer, disputar o Senado ou o governo paulista, com Lula e Alexandre Padilha no palanque.

Vendendo confiança
Após recusar convite para visitar Campina Grande (PB) nos festejos juninos, o presidenciável tucano Aécio Neves desistiu de ir a um evento do PSDB em Caruaru (PE). Até parece que é conhecido no Nordeste.

Caça quem pode
Os franceses da Dassault, fabricante dos Rafale, devem ter adorado o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, dizer ao chanceler Patriota o que Patriota já sabia: os americanos continuarão espionando o Brasil “contra o terrorismo”. A venda dos caças F-18 sumiu na estratosfera.

Adeus, brigadeiro
Às vésperas da aposentadoria, caças da FAB deram rasante na Zona Sul do Rio, no enterro do brigadeiro Rui Moreira Lima, 94, herói da 2ª Guerra na esquadrilha “Senta a Pua”, e perseguido na ditadura. 

Causa e efeito
O perdão do Brasil aos 98% da dívida externa da Guiné Equatorial fez a feroz e miserável ditadura africana anunciar o crescimento de seu PIB, de 1,9% em 2010 para 4,8%, em 2012. Será? E o nosso PIB, ó...

Mesma ladainha
TAM e GOL, que controlam a aviação civil, parecem dupla sertaneja afinada: alegam “prejuízo operacional” para demitir funcionários e aumentar tarifas, enquanto fazem lobby no governo Dilma por dinheiro barato do BNDES e até isenção de ICMS do querosene de aviação.

Boa vizinhança 
O governador Beto Richa (PSDB) prepara comitiva para a posse, nesta quinta, do presidente do Paraguai, Horacio Cartes, e do vice Juan Afara. São fortes as relações entre paraguaio e o Estado do Paraná.

Pé no acelerador
O ministro Aldo Rebelo (Esportes) despachou com deputados, na liderança do PMDB na Câmara, sobre a liberação de emendas parlamentares, conforme pedido da presidente Dilma Rousseff. 

Tempos modernos
Só mesmo no Brasil o trem-bala atrasa antes mesmo de sair do papel.


 

PODER SEM PUDOR

O deputado mala
O ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) é do tipo distraído, que usa meias de cores diferentes e esquece o inesquecível. Certa vez, quando deputado federal, ele foi a Belo Horizonte para um congresso do PT e, chegando no hotel, deu por falta da mala. Reclamou na recepção, ligou para assessores, enfim, deu um show, imaginando ter sido roubado. Um menino que assistia a cena cutucou o deputado, que, impaciente, soltou um “o que você quer, garoto?”
- Uai, sua mala não é essa aí, não? – disse o menino, apontado para seu lado, no chão. 
Era. E Cardozo morreu de vergonha.