Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 03/10/2013
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“Todos se submetem às regras do jogo”
Ministro Marco Aurélio (STF) cético em relação às chances do Rede, de Marina Silva

Solidariedade e PPS são opções de Marina Silva 
O presidenciável do PSDB, Aécio Neves, já articula alternativas de filiação para Marina Silva, caso o Rede Sustentabilidade não receba registro da Justiça Eleitoral. Os tucanos avaliam que a candidatura da ex-senadora é crucial para levar eleições ao segundo turno, e apostam que o recém-criado Solidariedade possui tempo de TV razoável para abrigá-la. Outra alternativa é o PPS, de estreita ligação com o PSDB.

Sondagens
O PSDB já andou sondando as condições para a filiação de Marina no PEN e no PRB, mas este último descartou qualquer possibilidade. 

Todo seu
De olho em ser eleito deputado federal por São Paulo, o presidente do PEN, Adilson Barroso, já colocou a sigla à disposição de Marina Silva.

Socialistas 
Líderes tucanos acham que o PPS seria o partido mais adequado para Marina, com promessa de mútuo apoio em eventual segundo turno. 

Casório
O presidente do PPS, Roberto Freire (SP), garante não estar discutindo a filiação de Marina, mas torce para que “o casamento dê certo”. 

Para 71,4%, pesquisas não influenciam o voto 
Pesquisa nacional constatou que 71,4% dos brasileiros não levam em conta as pesquisas eleitorais para definir sua escolha, demolindo o mito de que o eleitor “não gosta de desperdiçar o voto”. Do total, 56% acham que deve ser livre a divulgação de resultados de pesquisas nas proximidades da eleição. Realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas em setembro, o levantamento ouviu 2.502 eleitores em 169 municípios.

Público, não
Apenas 16,8% dos eleitores entrevistados pelo Instituto Paraná Pesquisas aprovam o financiamento público de campanhas.
 
Privado, sim
Em relação à origem do financiamento eleitoral, 56,15% dos brasileiros dizem preferir exclusivamente recursos privados nas campanhas.

Calma nesta hora
A presidenta Dilma telefonou ontem ao vice Michel Temer marcando reunião hoje no Planalto. Na pauta, o próximo ministro da Integração.

Corpo mole
Deputados do PMDB acusam Michel Temer de não se esforçar para garantir o Ministério da Integração para o partido, o que teria levado à nomeação de interino Francisco Teixeira, ligado a Cid Gomes.

O que é isso, doutor?
Dilma disse ontem em Natal que os pacientes hoje nem são mais tocados, prometendo que o programa Mais Médicos terá abordagem mais humana. E revelou: “Meu médico sempre me apalpou”.

Pressão
Marina Silva convocou aliados para realizarem novo ato em defesa da criação do seu Rede, nesta quinta-feira, em frente ao Tribunal Superior Eleitoral, que examinará eventuais abusos na rejeição de assinaturas. 

Mundos e fundos
O Planalto joga pesado para convencer deputados a desistirem de ir para o Solidariedade, partido do opositor Paulo Pereira da Silva, da central Força Sindical, para se filiar ao PROS, ligado ao governo.

Médicos e monstros
Em meio à chegada dos médicos cubanos, a Comissão de Direitos Humanos de Cuba – sim, existe – denunciou 708 prisões em setembro, as maiores dos últimos anos. Cuba rejeita as recomendações da ONU, com a complacência do governo brasileiro. 
    
Ladeira abaixo
O Brasil está em 57º lugar em capital humano, no relatório 2013 do Fórum Econômico Mundial, atrás da Rússia; em 88º lugar, entre 122 países, na Educação, com índices negativos em bem-estar e saúde.

Farra de eventos
De olho em 2014, a Presidência da República reservou R$ 63,7 milhões para eventos ligados às secretarias de Comunicação, Juventude, Mulheres e à Comissão Nacional da Verdade.

Jogo histórico
O reitor do UniCeub, Getúlio Lopes, sonha com um jogo de basquete para garantir lugar na história do esporte: o campeoníssimo Brasília, seu time, contra o Flamengo, em pleno estádio Mané Garrincha.

Os ricos também choram
Vão-se os iates, ficam as Ferrari, para ricaços com dinheiro do BNDES.



PODER SEM PUDOR
Políticos astronautas

Inventor, José Le Senechal convidou Jânio Quadros a integrar a tripulação do primeiro disco voador que concebeu na prancheta. O ex-presidente agradeceu a distinção num bilhetinho, e, entre outras coisas um tanto siderais, disse ao inventor:
- Já me imagino voando para outros mundos, e tenho a convicção de que eles não poderão ser piores do que este em que vivemos. 
Acrescentou que tal viagem daria prazer não só a ele, mas também a muitos políticos...