Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 10/10/2013
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“O Estado brasileiro foi apropriado por um partido e seus sócios”
José Serra (PSDB) durante um ataque direto o Partido dos Trabalhadores 

PTB exige ministério para não virar oposição
O líder do PTB na Câmara, Jovair Arantes (GO), avisou o presidente do PTB, Benito Gama, vice-presidente de governo do Banco do Brasil, que a presidenta Dilma “terá de negociar cargo na Esplanada” para garantir o apoio da bancada, que ameaça abandonar a base aliada e se bandear para a oposição. O PTB tem 17 deputados federais e o PDT, com 18, tem o Ministério do Trabalho desde o governo Lula. 

É dívida
Segundo Jovair, o Planalto prometeu dar a “próxima vaga” ao PTB, e o partido está de olho na Integração, também pretendido pelo PMDB.

Está valendo
O Ministério do Turismo, nas mãos de Gastão Vieira (MA), também é “azarado” pelo PTB, caso o Ministério da Integração vá para o PMDB.

Ninguém mexe
O senador José Sarney (PMDB-AP) entrou em ação para segurar Gastão Vieira no Turismo, alvo da cobiça do PTB e também do PT.  

Terror no Rio
Talvez a Polícia Civil e a Agência Brasileira de Inteligência não saibam, mas os Black Bloc planejam manifestação “de arromba”, segunda (21).

Saída de Cid e Ciro fez Marina optar pelo PSB 
A saída dos irmãos Cid e Ciro Gomes foi determinante para a opção da ex-senadora Marina Silva pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB). Ela não esconde sua mágoa pelos ataques do ex-ministro Ciro Gomes, por isso o PSB jamais foi uma opção. Com a confirmação de que ele e o irmão governador do Ceará se filiaram ao Pros, um partido de aluguel, segundo interlocutores, ela achou que era momento de dar o troco. 

Eu espiono, tu espionas
Se consola Dilma, o Canadá foi alvo de espionagem industrial de 20 países, diz o Canadian International Council, fórum de política externa.

Impostômetro
Outro consolo para Dilma: sem prestar serviços, os EUA recolheram US$ 57 bilhões em impostos, segundo o site da revista Fast Company. 

Lá, não
Exportadora de médicos para 70 países, Cuba impede estrangeiros de clinicar, mesmo “companheiros” brasileiros formados na ilha de Fidel.

Solidário a ele mesmo
O dono do Solidariedade, deputado Paulo Pereira da Silva (SP), diz “não se importar” com dinheiro, mas relatos de suas negociações nada republicanas, sobre partilha do fundo partidário, ainda vão encrencá-lo.

Hora do rush
Não convidem para o mesmo evento sobre mobilidade urbana Lula e Fernando Haddad: o primeiro se orgulha de incentivar consumo em massa de carros, o prefeito luta para tirá-los das ruas São Paulo.

Tri-presidente
Eleito na terça, o ministro Marco Aurélio, um dos mais admirados magistrados brasileiros, assumirá a presidência do Tribunal Superior Eleitoral pela terceira vez. A posse está marcada para 19 de novembro.

Capivara verde
O empresário Airton Garcia, de São Carlos (SP), acusado de crimes ambientais e fundiários, saiu do DEM e filiou-se ao PSB, junto com Marina Silva. Em 2008, foi considerado o candidato mais rico do país.

Delegados nas urnas
Exatos 2.052 delegados federais elegem nesta quinta o presidente da ADPF, sua entidade. O atual presidente, Marcos Leôncio, disputa com Fernando Segóvia, corregedor substituto que é ligado à cúpula do DPF.

Hipótese
Aliados de Eduardo Campos cogitam a possibilidade de Walter Feldman (PSB-SP) sair candidato a vice na chapa de Eduardo Campos (PE). Sem ofuscá-lo, Marina Silva (AC) disputaria cadeira ao Senado.

Resistência
Colaboradores da Rede têm descarregado e-mails inconformados com  a ida da ex-senadora Marina Silva para o PSB do governador Eduardo Campos (PE) e ameaçam abandonar o projeto à Presidência em 2014.  

Foi por pouco
Recém-filiado ao Solidariedade, Arthur Maia (BA) fez acordo e resgatou ontem a relatoria do projeto que regulamenta terceirização, que quase parou nas mãos de Ricardo Berzoini (PT) devido à mudança de partido.  

Sem medo de ‘sapinho’
Inoculada por vírus marqueteiro, Dilma diz que vive “fase de grandes beijos com todo o Brasil”. Traduzindo: quer cair na boca do povo.



PODER SEM PUDOR
Estado tolerante

O senador Armando Monteiro Neto (PTB-PE) deu mostras de sua intolerância às criticas e à divergência quando presidiu a Confederação Nacional das Indústrias (CNI). Tem a quem puxar, mas não é ao pai progressista Armando Monteiro Filho, ex-ministro. Parece inspirar-se no avô Armando Monteiro, que foi deputado e também ministro, e proclamava nos tempos de Getúlio Vargas:
- A Justiça é uma tolerância do Estado Novo...