Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 26/10/2013
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
CLÁUDIO HUMBERTO

“Propaganda eleitoral, extemporânea e ilegal”

Senador Aécio Neves, presidenciável do PSDB, sobre pronunciamento de Dilma na TV

 

Ex-ministro perde ANTT, mas ganha ‘boquinha’

O ex-ministro dos Transportes Paulo Sérgio Passos garantiu uma “boquinha” na estatal Empresa de Planejamento e Logística (EPL), dois dias depois de ser convidado a desistir da sabatina no Senado, quarta-feira (23). A presidenta Dilma resolveu dar um “drible” nos senadores, depois de ser informada que eles rejeitaram a indicação de Passos para a diretoria da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

 

Rejeição anunciada

O relator da indicação de Passos à ANTT era Alfredo Nascimento (PR-AM), o ex-chefe que ele substituiu no Ministério dos Transportes.

 

Manda quem pode

A posse de Paulo Sérgio Passos na EPL não passou pelo Senado. Bastou o controlador (governo) indicá-lo ao conselho da estatal.

 

Teatrinho oficial

Para oficializar Passos, o governo divulgou que ele fora aprovado pelo conselho de administração da EPL. Mas a reunião sequer foi feita.

 

Olho no alto

Nomeado para a EPL, o ex-ministro Paulo Sérgio Passos se habilita agora a destronar Bernardo Figueiredo da presidência da estatal.

 

Farra oficial em Moscou vai custar muito caro

Parece mixaria diante dos gastos estratosféricos no Congresso, mas a inutilidade da viagem a Moscou dos senadores Humberto Costa (PT-PE) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) para “interceder” pela libertação da bióloga brasileira do Greenpeace, Ana Paula Maciel, custará ao otário e exaurido contribuinte, em passagens e hotel, no mínimo R$ 50 mil. Mas só se ambos optarem por viajar em classe executiva.

 

Põe na (nossa) conta

Além de hotel cinco estrelas, os dois senadores terão carro oficial, motorista, diárias de R$ 900 e o intérprete que faltou à bióloga, no júri.

 

Deixa o Barreto trabalhar

O embaixador do Brasil em Moscou, Fernando Barreto, já acompanha o caso da bióloga de perto, por ordem da presidenta Dilma.

 

Inutilidade

Não se pode interferir na Justiça russa, daí a inutilidade da dispendiosa  excursão de Humberto Costa e Vanessa Graziotin a Moscou.

 

Leréia aposta no segredo

Acusado de envolvimento no esquema do bicheiro Carlos Cachoeira, o deputado Carlos Leréia (PSDB-GO) articula para que a suspensão temporária de seu mandato, recomendada pelo Conselho de Ética, seja julgada antes do projeto que acaba com o voto secreto.

 

Viva Adams

Entidades ligadas a ONG estrangeiras, a pretexto de “defender povos indígenas”, agora querem que a presidenta Dilma demita o ministro-chefe da Advocacia Geral da União, Luiz Adams. Então, viva Adams!

 

Interpretação

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) ficou animado com o último do Ibope. Ele lembra que no Brasil ninguém é reeleito com avaliação positiva de governo abaixo dos 40%. E Dilma empacou nos 38%.

 

Bolsa o quê?

O deputado Rubens Bueno (PPS-PR) não sabe se, com a oposição no poder, o valor gasto com o Bolsa Família diminuiria. Ainda evitou a bola dividida: “É preciso fazer um diagnóstico disso e estudar uma saída”.

 

Economia

Assim com Aldo Rebelo (Esporte), o ministro Gastão Vieira (Turismo) refutou o uso de cartão corporativo em sua gestão, além de apresentar uma das menores contas da Esplanada com passagem aérea.

 

Contra usinas

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) agora integra a rede de Parlamentares para Não Proliferação Nuclear e Desarmamento, com sede em Nova Zelândia, 800 integrantes e presente em 80 países.

 

Corrida de obstáculos

O ex-diretor da Polícia Federal, Luiz Fernando Correa, chefe do Comitê Preparatório, assinou na Colômbia acordo com a Interpol para evitar fraude em bilhetes e produtos nas Olimpíadas 2016. Tecnologia de ponta americana. E Dilma ainda reclama de espiões dos EUA...

 

Testes em animais

Líder do Solidariedade, Fernando Francischini (PR) pediu à Comissão de Segurança audiência pública com ativistas e o Instituto Royal sobre limites de testes realizados em animas por laboratórios de pesquisas.

 

Pergunta ao Lula

Direto do Twitter: "Se boneco (de campanha) está proibido, como a Dilma vai se candidatar?"

 

PODER SEM PUDOR

Mico na árvore

Em palestra para candidatos do então PFL (atual DEM), o ex-ministro Gustavo Krause mostrou como político sofre. Prefeito de Recife, sua assessoria o levou a plantar pau Brasil no Dia da Árvore. O locutor, empolgado, encerrou a cerimônia assim:

- Ele agora vai plantar e depois colher seus frutos!

O pessoal está esperando até hoje.