Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 07/11/2013
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
CLÁUDIO HUMBERTO

“Seria muito bom dar uma fugidinha para namorar”

Presidente Dilma reclamando das limitações impostas pelo cargo à vida pessoal

 

Planalto nem afasta servidor que PF quer prender

O governo não cogita afastar o diretor da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), Silvio Porto, cuja prisão preventiva e a de outros 9 servidores foram solicitadas pela Polícia Federal. A Justiça pediu seu passaporte e ele está obrigado a informar sempre que sair da cidade. Há meses o ministro Antonio Andrade (Agricultura) tenta demitir Porto, já detido na operação Agro-Fantasma da PF, mas o Planalto impede.

 

Santo forte

Silvio Porto é ligado a Gilberto Carvalho, secretário-geral da Presidência da República, e à facção (ou seita) do ministro no PT.

 

Camomila nele

Assessor de Carvalho, Sergio Alli quase teve ataque de nervos ao ser indagado sobre a proteção do seu chefe ao suspeito. E não respondeu.

 

Vergonha

O desvio de recursos na Conab envergonha servidores e os colegas do Ministério da Agricultura, mas estão proibidos de falar sobre o assunto.

 

Flanelinha de luxo

A Guarda Municipal do Rio tem nova função: vigiar o estacionamento dos servidores do Tribunal Regional Eleitoral, no centro.

 

Cúpula do PSDB quer Serra como vice de Aécio

Apesar da declaração do presidenciável Aécio Neves de que gostaria de ter como vice, em 2014, o senador serrista Aloysio Nunes (SP),  dirigentes tucanos como o governador paulista Geraldo Alckmin e o ex-presidente FHC defendem uma “chapa ideal”, com José Serra na vice. No PSDB, é crescente discurso de que Serra deveria seguir o exemplo de humildade de Marina Silva e ajudar mais o projeto de poder tucano.

 

Muita calma

Em almoço com deputados federais, Alckmin defendeu que o PSDB aguarde até março, como pediu José Serra, para definir a vice.

 

Tudo pronto

Geraldo Alckmin também sinaliza que deverá fechar com Márcio Lacerda (PSB) como seu vice, abrindo palanque a Eduardo Campos.

 

Pulando a cerca

A cúpula do PCdoB jura que apoiará a reeleição de Dilma, sem excluir eventuais alianças com o PSB em Pernambuco, Ceará e Maranhão.

 

Gana é aqui? 

O presidente de Gana, John Mahama, festejou na imprensa africana o empréstimo “em breve” de US$ 1 bilhão do BNDES para obras de infraestrutura e construção de casas populares. O “Minha Casa” local será desenvolvido pela construtora OAS, amiga de Lula, claro.

 

Inútil paisagem

Três servidores da Secretaria de Direitos Humanos estão com tudo pago até domingo na Venezuela, em conferência do Mercosul sobre assunto em que o país-anfitrião brilha pelo amplo desconhecimento.

 

Ele estuda

Primeiro negro a presidir o Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa mais uma vez não será homenageado, nem foi convidado a falar na III Conferencia Nacional da Igualdade Racial. Certamente porque, estudioso e esforçado, não precisou de cota para subir na vida.

 

Memória das trevas

Dia 11, o jornalista Moacyr Oliveira Filho será o guia das comissões da Verdade da Presidência e do Congresso na visita à 36a DP, antigo DOI-Codi e OBAN, em São Paulo, onde foi torturado durante a ditadura.

 

Entre ladainhas

O líder do PT, José Guimarães (CE), não esconde o desejo do governo de encerrar logo o ano legislativo, para evitar a “pauta bomba”:  “Semana que vem será a mesma ladainha do Marco Civil da Internet”.

 

Parente serpente

Após um “cano” de R$ 1 milhão em convênios da Fundação Feira do Livro de Ribeirão Preto (SP), a cunhada do ex-ministro Antônio Palocci, ganhou selo de “inadimplente” no Ministério da Cultura. Obrigada na Justiça a devolver R$ 250 mil, Helena Palocci diz que vai recorrer.

 

Culpa da cota

O senador Paulo Paim (PT-RS) explica por que readmitiu um assessor recém-demitido no falacioso “corte de gastos” do Senado: “É totalmente cego o Senado precisa cumprir a cota de pessoas com deficiência”.

 

Boom do crescimento

O deputado Francisco Escórcio (PMDB-MA) justifica o aumento do seu patrimônio de R$ 2 milhões para R$ 26 milhões em apenas quatro anos: “a correção dos valores dos bens declarados no TSE”. Ah, bom.  

 

Pergunta no barraco

Foi recado para Lula a pesquisa do IBGE revelando que 11 milhões de brasileiros classe C são favelados ganhando menos de salário mínimo?

 

PODER SEM PUDOR

Governador babão

O ex-governador da Paraíba e senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ficou surpreso com uma enorme foto do então presidente Lula que viu certa vez no gabinete do cearense Lúcio Alcântara, na época também um tucano. Cássio, que sempre teve boas relações com Lula, brincou:


- E ainda dizem que eu é que sou o babão!...

__

Com Ana Paula Leitão e Teresa Barros

www.diariodopoder.com.br