Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 19/12/2013
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“Só o Congresso pode fazer as leis”
Senador Renan Calheiros (PMDB-AL) mandando recado explícito ao STF e ao TSE

Mensaleiros dão calote na multa de R$ 22 milhões
Um mês depois de expedidas as cartas sentenças dos mensaleiros, condenados pelo Supremo Tribunal Federal no maior escândalo de corrupção da História, no governo Lula, até agora não se fala no pagamento das multas estimadas inicialmente em R$ 22 milhões. Elas ainda podem ser parceladas, mas será necessário corrigi-las. Pela lei, as multas deveriam ter sido pagas dez dias após as prisões. 

Maior devedor
Dos mensaleiros presos, Marcos Valério vai arcar com a maior multa: R$ 3,06 milhões (no valor sem correção).

Voto de pobreza
José Genoino diz não ter como pagar sua multa de R$ 468 mil, apesar dos 25 anos de salários de deputado, hoje em R$ 26,7 mil mensais.

Dupla do milhão
As multas dos companheiros de cela José Dirceu (R$ 676 mil) e Delúbio Soares (R$ 325 mil) somam R$ 1 milhão; é a dupla do milhão.

À espera do STF
O Tribunal de Justiça do DF alega que aguarda decisão do Supremo Tribunal Federal para cobrar o pagamento das multas.

Caças: Dilma ignorou Lula e deu resposta aos EUA
A opção da presidenta Dilma pelos 36 aviões de combate Gripen, produzidos na Suécia, serviu ao propósito de dar uma resposta política aos Estados Unidos, que a espionaram, e ignorou completamente os compromissos do ex-presidente Lula, que anunciara solenemente, em 7 de setembro de 2009, diante do então presidente Nicolas Sarkozy, que o Brasil compraria os caças Rafale. O Brasil pagará R$ 10 bilhões.

Sai de baixo
A imprensa francesa promete revelar os segredos dos entendimentos do governo Lula com a França, para compra dos caças.

Nem pensar
Para o deputado Leonardo Picciani, aliado de Sérgio Cabral, o PMDB nada ganharia retirando a candidatura de Pezão a governador.

Milagre!
Sugestão no Twitter para novo discurso de Lula, após a descoberta de que mortos recebem Bolsa Família: o homem já ressuscita miseráveis. 

Joaquim 2014
Brasileiros nos Estados Unidos já circulam em seus automóveis com um adesivo que os americanos ainda não entendem o significado: “Run, Joaquim, run” (Corra, Joaquim, corra).

Quem avisa...
Autor do best-seller “Assassinato de reputações” com Romeu Tuma Jr., o jornalista Claudio Tognolli pôs no Twitter o recado do ex-delegado: “Não adianta ameaçar e ficar rondando minha casa, nada encontrarão.”

Caixa pretíssima
Nos Estados Unidos e em todo o mundo revela-se a identidade dos ganhadores de loterias. É fator decisivo de transparência e confiança dos promotores do sorteio. No Brasil, a Caixa Preta continua...

Dilma Bolada
Na chegada ao Congresso, ontem, a presidenta Dilma novamente ignorou os repórteres que a aguardavam, mas não resistiu ao pedido de uma adolescente e posou para foto a seu lado. Uma simpatia.

O famoso quem
Dilma lembrou que a oposição agora elogia, mas “por muito tempo chamou o Bolsa Família de esmola”, mas foi Lula, então presidente do PT, que num vídeo chamou de “esmola” a iniciativa do governo FHC. 

Trombadinha
O inglês Ronald Biggs, 84, morreu na Inglaterra com a fama de “ladrão do século”. Roubou lá, em 1963, o equivalente a R$124 milhões, o que, para quem viveu no Brasil, daria até vergonha nos políticos. 

Estratégia cruel
Na chantagem anual de greve às vésperas do Natal, aeronautas atormentam os reféns (milhões de pessoas com passagens à mão) reiterando, nas redes sociais, ameaças de caos total nos aeroportos.

Chutou a barraca
O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) não conseguiu discursar, ontem, durante a devolução simbólica do mandato de João Goulart. Gritou: Se tivessem conseguido o que tentaram, estaríamos todos cortando cana”. 

Pensando bem...
...antes de Edward Snowden já havia espionagem americana no Brasil, que monitorava inclusive os dedos-duros da ditadura. Hum...

PODER SEM PUDOR
Plantando vassoura

Catarinense de Lages, Ary Souza Borges, já falecido, tinha presença de espírito e era fanático pela UDN. Em 1960, ele apoiou Jânio Quadros para presidente e Irineu Bornhausen, o “Velho Colono”, ao governo de Santa Catarina.
Usando uma vassoura como símbolo, Jânio derrotou o marechal Lott. Um amigo tentou gozar seu Ary pela derrota de Bornhausen:
- O que é feito do “Velho Colono”?
- Está lavrando um Lott, vai plantar vassoura – devolveu ele, na bucha.