Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 11/01/2014
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“Não me parece que [ato com interdição das ruas] seja o melhor caminho”

Prefeito Fernando Haddad (SP), ao criticar invasão de sem-teto em área de proteção ambiental

Governo planeja rodada de visitas às cidades-sede

Seguindo o modelo adotado na Copa das Confederações, o governo federal fará no próximo dia 30 de janeiro a primeira rodada de visitas às 12 cidades-sede da Copa do Mundo. O Ministério dos Esportes, que coordena as reuniões, planeja mais duas rodadas – uma em abril e outra no fim de maio – com equipes dos ministérios e das secretarias estaduais e municipais envolvidos na organização do mundial.

Acertando detalhes

O encontro sobre a execução dos planos operacionais também conta com participação de empresas como a Infraero e das polícias locais.

Foco das...

Em reunião na quarta, a presidenta Dilma cobrou dos ministérios da Justiça e da Defesa um encontro só para tratar de segurança na Copa.

...preocupações

Dilma quer mobilização integrada das Forças Armadas e da Polícia Federal para garantir a segurança de delegações e chefes de Estado.

Pente fino

A presidente também fará rodada de reuniões com os governadores dos 12 Estados que sediarão jogos para discutir gargalos e soluções.

Controlados pelo PT, Sindicato e Previ se unem

O Sindicato dos Bancários se omitiu mais uma vez ao aceitar a decisão da Previ, fundo de previdência dos funcionários do BB, de suspender benefícios dos aposentados antes da análise do balanço financeiro anual pelo Conselho Fiscal. Mesmo com um diretor, Rafael Zanon, no Conselho Deliberativo do fundo, o sindicato seguiu a cartilha de subserviência ao PT e deixou de defender os interesses dos bancários.

A real

Ex-membro do Conselho Fiscal, José Medeiros afirmou que, pelos dados de outubro, era possível manter o benefício por alguns meses.

Nota de R$ 3

A explicação técnica da Previ, divulgada pelo sindicato, foi o resultado negativo da bolsa de valores e o “aumento nas reservas matemáticas”.

Com a palavra

O sindicato disse que a suspensão é legal e explicou que tentou revogar a lei que permite o corte do benefício na Justiça, mas perdeu.

Pedrinhas de fora

Com o fechamento da prisão de Guantánamo em Cuba, EUA procura outro destino para o ex-segurança de Bin Laden. O Brasil não foi nem cogitado, pois os americanos querem garantias de tratamento humano.

A cobra vai fumar

De olho nas pressões do Congresso, o vice Michel Temer já alertou a presidente Dilma que é melhor pisar no acelerador e fazer a reforma ministerial antes que os parlamentares voltem do recesso.

Faxina

É para as instalações do Senado ficarem brilhando com todo o material de limpeza comprado para 2014. Foram gastos R$ 34,3 mil só em detergente líquido, sabão de coco em barra, esponja e pano de chão.

Passando recibo

Os abnegados que contribuem na internet, com o pagamento da multa judicial de José Genoino, terão não apenas que declarar o CPF como o total recolhido deverá ser informado à Receita Federal, não à Virtual.

À espreita

Adversários de Sarney (PMDB-AP), os senadores Randolfe Rodrigues (PSOL) e João Capiberibe (PSB) já confirmaram presença na visita da Comissão de Direitos Humanos ao presídio-açougue no Maranhão.

Leite de pedra

O Planalto cogita editar Medida Provisória para corrigir o empenho de emendas parlamentares negligenciadas por ministros como Aguinaldo Ribeiro, das Cidades. O difícil é achar de onde tirar mais dinheiro.  

Eles por eles

A governadora Roseana Sarney (PMDB-MA) poderia justificar, em meio à barbárie da cadeia-açougue de Pedrinhas, que as lagostas e camarões licitados e cancelados ao palácio, também eram de cativeiro.

Hora da Roriz

Debilitado, o ex-governador Joaquim Roriz (PRTB-DF) começa a traçar cenário político com a caçula, a distrital Liliane Roriz, rumo ao Palácio do Buriti. Aliados do clã sustentam ser a hora certa de a Roriz galgar espaço já que petistas vão pulverizar seus votos na corrida ao Senado. 

Pensando bem...

...se quiserem votos na eleição de 2014, os políticos deveriam fazer campanha com máscara do Papa Francisco.

PODER SEM PUDOR

Copo caro demais

O então deputado Maurício Rands (PT-PE) certa vez acusou o líder de oposição na Câmara, José Carlos Aleluia (BA), de fazer “tempestade em copo d'água”, com o escândalo envolvendo o ex-presidente do Banco do Brasil, Cássio Casseb, no patrocínio de uma festa do PT. Aleluia devolveu na bucha:


- Esse copo com água é o mais caro de que se tem notícia. Nem copo de cristal custaria R$ 70 mil...

_