Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cláudio Humberto

ACESSIBILIDADE: A A A A
Claúdio Humberto 29/01/2014
Claúdio Humberto
ch@claudiohumberto.com.br
Cláudio Humberto

“O Brasil está mais atrasado que a África do Sul no mesmo período”

Joseph Blatter, presidente da Fifa, voltando a falar mal da organização da Copa 2014

 

Odebrecht é a que mais ganha obras no exterior

Em dez anos, cresceram 1185% os financiamentos do BNDES para empreiteiras brasileiras no exterior, escolhidas a dedo e isentas de fiscalização de órgãos de controle. Amiga do ex-presidente Lula, que utiliza seus jatinhos, a baiana Odebrecht faturou 26 dos 48 projetos de infraestrutura na América Latina até 2012. Somente em Angola, a empreiteira teve financiamento do BNDES para 35 grandes projetos.

 

O nirvana

A ditadura cubana não viu a cor dos US$ 678 milhões (R$ 1,64 bilhões) do BNDES para o Porto de Marial. A grana foi direta para a Odebrecht.

 

É uma festa

A Camargo Correa tem 7 projetos financiados pelo BNDES em Angola. A Andrade Gutierrez tem 13 e a Queiroz Galvão, 18.

 

O jeitinho

O BNDES financia para as empreiteiras o “envio de bens já existentes ou de serviços” a outro país. Chamam isso de “Exim Pós-Embarque”.

 

Multinacional

A Odebrecht tem contratos com dinheiro do BNDES em Angola, Peru, Argentina, República Dominicana, Equador, Venezuela e Uruguai. 

 

Imóveis funcionais rendem merreca ao governo

Proprietário de 33 imóveis funcionais nas mais nobres áreas do Distrito Federal, o governo arrecada a merreca de R$ 29,2 mil com a taxa de ocupação cobrada dos seus privilegiados inquilinos, assessores do governo. O valor não daria para pagar nem sequer o aluguel de duas das mansões que fazem parte dessa lista, no Lago Sul, atualmente transformadas em aprazíveis sedes de dois órgãos governamentais.

 

Alerta vermelho

O Twitter não perdoa: a sugestão é que na volta de Cuba, o avião de Dilma faça uma “parada técnica” no Triângulo das Bermudas.

 

Obras inesquecíveis

Além de estradas de biscoito e pontes de papel machê, agora temos passarelas para pedestres construídas com papelão.

 

Águas de bacalhau

A página no Facebook do restaurante Eleven, onde Dilma jantou com a comitiva em Lisboa, virou alvo de chacota e sugestão de boicote.

 

Mais do mesmo

O motorista irresponsável e o operário que não apertou os parafusos da passarela serão os únicos punidos na tragédia da Linha Vermelha, no Rio. Menos o grupo Invepar-Lamsa-OAS, que opera a concessão.

 

Mistério em Lisboa

Dilma deixou no ar e desviou a polêmica da inauguração do porto de Mariel, em Cuba: os olhos roxos nas fotos em Lisboa revelam noites mal dormidas. Ou, mais provável, uma plástica na estadia em Zurique.

 

Valec: maré de sorte...

O ministro Cear Borges (Transportes) e o presidente da Valec, José Lucio Lima Machado, têm sorte: um tal Paulo Ruy Godoy Filho ameaça processá-los, tentando melar a compra de trilhos da Ferrovia Norte-Sul.

 

...com figura manjada

Paulo Godoy, que ameaça acionar o governo, dono de quatro CPFs, é réu em mais de 90 ações por estelionato, contrabando, formação de quadrilha, lavagem etc. Ajuizou 8 ações contra a Valec. Perdeu todas.

 

Opaca transparência

Há um ano nº 2 da CGU, que supostamente fiscaliza a União, Carlos Higino não desocupa imóvel funcional do governo do DF. Diz que fez permuta com uma colega, como se fossem deles os próprios da União.

 

Conexão Brasil-Canadá

O diplomata Pedro Brêtas Bastos entregou ontem suas credenciais de embaixador do Brasil ao governador geral do Canadá, David Johnson, que representa a rainha Elizabeth. A embaixada é sediada em Ottawa.

 

Exploração Airlines

Apesar dos sites que comparam tarifas, as empresas aéreas tratam os clientes como otários. Para uma mesma data, voo Ilhéus-Brasília custa R$ 259 na Avianca, 1.350 na TAM, 1.780 na Gol e R$ 3.179 (!) na Azul.

 

Vexame consentido

A Anistia Internacional denunciou uma onda de prisões em Cuba às vésperas do encontro da Celac, com a participação de Dilma. Cinco ativistas estão em prisão domiciliar e 18 proibidos de ir a Havana.

 

Pensando bem...

...a empreiteira é Odebrecht, mas pode chamá-la de OAL (Obrigado, Amigo Lula). Lembra outra baiana, OAS, aquela do amigo sogro ACM.

PODER SEM PUDOR

Festa para poucos

Certa vez, durante festa de aniversário do ministro Dias Toffoli (STF) no Bar Brahma, em São Paulo, com a presença de ministros de tribunais superiores, advogados e empresários, como João Carlos Di Gênio, entre outros, o cantor Cauby Peixoto tentou ser gentil e interrompeu o show para fazer um registro que deixou a todos constrangidos:

- Bem, fui informado de que esta é uma festa privada de empresários. Sendo assim, ficam aqui meus votos de que façam bons negócios nesta aprazível casa noturna.

_

Com Ana Paula Leitão e Teresa Barros

www.diariodopoder.com.br