Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Conexão Esporte

ACESSIBILIDADE: A A A A
Júlio César de Oliveira 13/08/2014
Júlio César de Oliveira
juliouberaba@uol.com.br
Conexão Esporte por Júlio César

Ricardo e Emanuel retomam dupla
Divulgação

Uma das duplas mais vitoriosas da história do vôlei de praia está de volta: Ricardo e Emanuel (foto). Separados desde 2009, Ricardo, de 39 anos, e Emanuel, de 41, anunciaram ontem que retomarão a parceria que conquistou um ouro e um bronze nos Jogos Olímpicos de Atenas e Pequim, respectivamente. O primeiro treino oficial da “nova velha dupla” será hoje, pela manhã, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. Letícia Pessoa, que durante anos treinou as vitoriosas Adriana Behar e Shelda e que, no último ciclo, acompanhou Emanuel com seus então parceiros, será a técnica do time.

De volta
O meia Diego Souza acertou transferência para o Sport de Recife. O pai do atleta, Marco Aurélio, informou que a assinatura do vínculo deverá ocorrer até hoje. O jogador estava defendendo o Metalist, da Ucrânia, e firmará acordo até o fim da temporada com o clube pernambucano. Diego Souza estava na mira do Palmeiras, onde atuou de 2008 a 2010.

Na bronca
Não demorou muito para que Bernard viesse a público rebater as críticas feitas pelo técnico do Shakhtar Donetsk, Mircea Lucescu. O brasileiro usou sua conta oficial no Twitter ontem para ironizar o treinador, que demonstrou irritação com o fato de o brasileiro ainda não ter retornado ao clube após o término da Copa do Mundo. “Nós nos separamos de Bernard no dia 15 de maio, para a Copa. Permitimos que ele fosse para casa mais cedo do que todos os outros. Pois agora já vai fazer quase três meses que a gente não o vê. E todo esse tempo, ele continua recebendo o salário do seu contrato”, afirmou o técnico.

Resposta
A resposta de Bernard veio em tom irônico. No entanto, o brasileiro não confirmou quando se reapresenta. "3 meses.. Sendo que a copa acabou faz 1 mês! Aula de matemática? Será preciso", postou. Em entrevista ao site oficial do Shakhtar ontem, Lucescu disse que Bernard não interage com os companheiros de time e afirmou que o brasileiro é um "jogador de Twitter". Ironia ou não, o meia respondeu exatamente pela rede social.

Gum fora
O zagueiro do Fluminense Gum passou por cirurgia na segunda-feira na perna esquerda, onde havia sofrido uma fratura e uma lesão ligamentar na fíbula durante o empate por 1 a 1 com o Coritiba, no último domingo, pelo Campeonato Brasileiro, no Maracanã. O jogador ficará cerca de 45 dias sem colocar o pé no chão antes de iniciar a fisioterapia. A tendência, portanto, é de que Gum não atue mais pelo Fluminense nesta temporada.

Thiago Silva
O Paris Saint-Germain confirmou ontem que o brasileiro Thiago Silva ficará um mês afastado dos gramados, em razão de uma lesão da coxa. Desta forma, o capitão da seleção na última Copa vira desfalque certo para a primeira convocação de Dunga na seleção. O técnico Dunga vai anunciar sua primeira convocação como treinador da seleção na próxima semana.

Não reconhece
A Fifa se pronunciou em comunicado por e-mail sobre a importância do título conquistado pelo Palmeiras na Copa Rio de 1951. O time alviverde ingressou em 2007 com pedido na entidade pleiteando o reconhecimento da taça como um título mundial. A Fifa diz que o troféu de 1951 foi o primeiro “a nível mundial” entre clubes da Europa e América, enaltece o feito, mas aponta o Mundial de Clubes de 2000, vencido pelo Corinthians, como o primeiro reconhecido oficialmente pela entidade. O comunicado da Fifa veio com uma gafe: chama erroneamente a Sociedade Esportiva Palmeiras de “Palmeiras Football Club”.

Crise no Fla
O Flamengo venceu o Sport por 1 a 0 e deixou a lanterna do Campeonato Brasileiro. Porém, nem sequer o resultado positivo foi capaz de amenizar a disputa pelo poder nos bastidores da Gávea. E a principal discussão gira em torno do ex-vice de futebol Wallim Vasconcellos. O dirigente deixou o cargo em junho, mas a sua influência permanece nos bastidores em parceria com o presidente Eduardo Bandeira de Mello e o vice de marketing Luiz Eduardo Baptista. Wallim indica reforços e mantém relação diária com a diretoria.

Indecisão
A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) ainda não tem uma posição sobre a ação do árbitro Raphael Claus, que fez ontem uma retificação na súmula do clássico entre Santos e Corinthians, válido pelo Campeonato Brasileiro, disputado no último domingo. O juiz levou empurrão do meio-campista Petros, do time da capital, e não havia citado o caso na primeira versão do relatório da partida. A mudança no texto transformou o status dele, que pode deixar de ser apenas vítima, e a entidade nacional agora espera uma posição do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) para saber como proceder no caso.