Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Conexão Esporte

ACESSIBILIDADE: A A A A
Júlio César de Oliveira 02/10/2014
Júlio César de Oliveira
juliouberaba@uol.com.br
Conexão Esporte

Times masculino e feminino do Taurus
Divulgação

Depois de três vitórias e uma derrota na LOPaR (Liga do Oeste Paulista de Rugby), no final de semana, em Penápolis (SP) a equipe masculina do Taurus Rugby (foto), de Uberaba, encontrou dois problemas a serem corrigidos para as próximas etapas do Mineiro de Sevens: defesa e velocidade. Em contrapartida, a experiência de jogo vem aumentando. O elenco, que terminou a disputa em segundo lugar, será mantido e só haverá alteração caso algum atleta se lesione. Participar da Liga proporcionou ao time feminino do Taurus (foto) uma vivência de jogo que estava em falta neste ano. A partir desta experiência, com o quarto lugar, as jogadoras puderam observar os resultados dos treinos: acertaram jogadas e até estabeleceram novas metas.

Vitória no vôlei
O Brasil estreou com vitória na segunda fase do Mundial feminino de vôlei, em Verona, na Itália. Contra o Cazaquistão ontem, a seleção brasileira ganhou por 3 a 0 (parciais de 25-22, 25-22 e 25-18) e continuou sua perseguição aos Estados Unidos, líder da chave. O resultado só não foi melhor para a seleção brasileira porque os Estados Unidos também venceram. Mas, a vitória americana foi por 3 a 1, ante a Turquia. Rússia e Sérvia ganharam seus jogos, ambas por 3 a 0, de Bulgária e Holanda.

Seleção eliminada
A seleção brasileira feminina de basquete deu adeus ao Mundial da Turquia, ontem, de maneira melancólica. O time nacional foi superado pela França por 61 a 48 em duelo válido pelas oitavas de final e disputado na cidade na Ancara. O revés foi o terceiro em quatro partidas do Brasil na competição. O único triunfo foi contra a frágil seleção japonesa, na primeira fase. Havia perdido também da República Tcheca e da Espanha. Desde a criação da linha de três pontos, em 1984, esta foi a pior pontuação da seleção em Mundiais.

Na expectativa
Felipe Massa está ansioso com o Grande Prêmio do Japão deste final de semana, no Circuito de Suzuka. Quinto colocado na mais recente etapa da temporada da Fórmula 1, em Cingapura, o brasileiro da Williams acredita que pode ter um resultado ainda melhor na próxima corrida. Embora jamais tenha vencido diante do público japonês, Felipe Massa conta com bons desempenhos no palco da próxima etapa. Em 11 anos, foram 10 corridas (ficou fora em 2009), conquistando uma pole position (2006) e uma volta mais rápida (2008). Seu melhor resultado foi o segundo lugar, duas vezes (2006 e 2012).

Honestidade
Há três anos, um pequeno clube do interior de São Paulo tenta silenciosamente expulsar a desonestidade do futebol. Para jogar no Manthiqueira, da quarta divisão paulista, um jogador não pode cavar pênaltis, faltas e nem reclamar do juiz. Não pode simular lesões, nem fazer cera. Também é proibido catimbar, provocar ou ofender o adversário. Se o árbitro assinalar um pênalti inexistente a favor do Manthiqueira, o capitão do time deve tentar convencer o juiz a desmarcar a infração. Se ela for mantida, ele deve chutar o pênalti para fora.

Oferta milionária
O pai de Neymar defendeu ontem diante de um juiz espanhol a legalidade dos contratos assinados na transferência do filho do Santos para o Barcelona e revelou que recusou uma oferta de 150 milhões de euros do Real Madrid. "O Real ofereceu 150 milhões ao Santos, mas preferimos o Barça pelo seu poder de sedução e porque oferecia uma projeção maior para sua carreira", disse Neymar da Silva Santos ao juiz, de acordo com uma fonte próxima ao caso.

Aposentadoria
Doni afirma estar em sua “segunda vida”. Ele teve parada cardíaca em 2013 durante exames no Liverpool e sobreviveu graças à intervenção médica imediata. A vida continuou, mas o futebol, não. Então aos 32 anos, ele foi aconselhado pelos médicos do clube inglês a não exercer mais a profissão. Chateado, Doni se aposentou no segundo semestre de 2013. O ex-goleiro conta que não assiste mais jogos de futebol. Ele se afastou totalmente do futebol profissional. O ex-goleiro recusa inclusive convites para eventos de seus ex-clubes, entre os quais o Corinthians.

Fim das organizadas
Por recomendação do Ministério Público de Minas Gerais, as torcidas Galoucura, do Atlético-MG, Máfia Azul e Pavilhão Independente, do Cruzeiro, estão banidas, por um período de seis meses, por causa de atos de violência cometidos por essas organizadas. A medida vale não apenas em Minas, mas também em competições nacionais, que tenham a presença do Atlético e Cruzeiro, passando a valer do próximo dia 3 de outubro. Além de não poderem frequentar estádios de futebol por seis meses, as três organizadas estão proibidas também de comparecer em cinco clássicos entre Atlético e Cruzeiro, após o término do prazo previsto, independente da data de realização ou do mando de campo.

Risco de desmanche
A diretoria do Fluminense ainda não está conseguindo planejar a próxima temporada. Isso, porque o presidente Peter Siemsen ainda não recebeu do empresário Celso Barros, presidente da Unimed, principal patrocinadora do clube, a sinalização sobre qual será o investimento no clube para 2015. O fato está interferindo diretamente no processo de negociação da renovação de contratos de jogadores importantes do atual plantel.