Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Conexão Esporte

ACESSIBILIDADE: A A A A
Júlio César de Oliveira 03/12/2014
Júlio César de Oliveira
juliouberaba@uol.com.br
Conexão Esporte

Clima de velório no Uberaba
Enerson Cleiton

O clima ontem, pela manhã, na reapresentação do grupo do Uberaba Sport Club no CT Colorado mais parecia uma situação de velório. O preparador físico
Talles Warol (foto) comandou um trabalho para os atletas que não valeu a lavagem do uniforme de treino dos jogadores. Assim, foi aberta a semana da despedida do Campeonato Mineiro da Terceira Divisão, que chega ao fim no domingo (dia 7), às 17h, no Uberabão, diante do já classificado para o Módulo II o Nacional, de Muriaé. A rede de postos Rio Branco estará sorteando uma moto para todos os torcedores que abasteceram em um dos postos e preencheu o cupom. Este sim é um bom motivo de estar presente no Uberabão.

Amadorão
O presidente da Liga Uberabense de Futebol (LUF), Roberto Carlos Fernandes anunciou ontem que o primeiro jogo da final do Amadorão Módulo A acontece no domingo (dia 7), às 9h, no estádio Uberabão. Os torcedores de Bonsucesso e Água Compridense terão acesso somente ao setor Tinoco (lado oposto às cabines de rádio e TV) e ao setor Tati (atrás do gol). O setor Toinzinho (lado das cabines) estará fechado pois o serviço de bar estará preparando para o jogo Uberaba x Nacional pelo hexagonal final do Mineiro.

Punição
Atlético-MG e Cruzeiro terão de cumprir perda de mando de campo de uma partida, no Brasileirão de 2015, por conta de confusão envolvendo torcedores dos rivais no clássico do segundo turno do torneio nacional, em setembro. Os dois clubes tiveram o recurso julgado na tarde desta terça-feira, pelo Pleno do STJD. Em julgamento ontem, o Pleno do STJD decidiu manter a punição imposta em outubro passado. Com isso, os dois rivais terão de pagar a perda de mando de campo no Brasileiro de 2015, mandando assim, seus primeiros jogos na competição em estádio com distância de 100km de Belo Horizonte.

Em casa
O Palmeiras vai enfrentar o Atlético-PR no próximo domingo (dia 7) no Allianz Parque. A informação foi confirmada por Paulo Sérgio de Castilho, promotor do Ministério Público de São Paulo. De acordo com Castilho, a recomendação de sua entidade foi para que o jogo não acontecesse no estádio palmeirense. Apesar disso, depois de uma conversa entre as partes envolvidas, a decisão foi de que a arena está apta para receber a partida. A mudança da partida do Corinthians para sábado (dia 6) também colaborou na decisão.

De saída
O Grêmio está preparado para perder Zé Roberto. Depois de reduzir o salário do experiente lateral de 40 anos na última temporada, o time gaúcho não tem como recompensar o jogador pelo esforço oferecendo um aumento ao fim este ano. Ou seja, tem poucas esperanças de mantê-lo. Com isso, já negocia uma alternativa. Segundo a imprensa argentina, trata-se de Rafael Delgado, de 24 anos, do Rosario Central. O jogador tem contrato com o clube argentino até junho do ano que vem, mas não seguirá por lá. A direção já garantiu que o novo técnico [ainda indefinido] não contará com ele.

Deixa UTI
O quadro de saúde de Pelé é melhor a cada dia que passa. Em recuperação, o ex-jogador passou por uma bateria de exames e deixou a UTI na manhã de ontem. A informação foi divulgada pela equipe médica do hospital Albert Einstein. De acordo com um boletim médico divulgado na manhã desta terça, Pelé permanece no mesmo leito, mas agora sob cuidados semi-intensivos. Além disso, ele não precisa retornar para o tratamento por hemodiálise.

Em vantagem
Apesar do desfalque de Falcão, machucado, Sorocaba fez valer o fator casa e saiu em vantagem na decisão da Liga Futsal. Em partida que ocorreu na noite de segunda-feira (dia 1º), a equipe bateu Orlândia por 4 a 2 e agora precisa de apenas um empate para conquistar o título da competição logo em seu primeiro ano.

Divídas
O Santos negociou o meia Walter Montillo com o futebol chinês em janeiro deste ano - o negócio não foi bom para o clube, que teve um prejuízo de R$ 12 milhões. Agora, quase um ano depois, o alvinegro sofre duas ações judiciais, do meia argentino e seu empresário, que podem custar mais cerca de R$ 800 mil. A primeira ação é movida pela empresa do jogador, a WM Licenciamentos, e diz respeito sobre direitos de imagem que não teriam sido pagos entre outubro e dezembro de 2013. A quantia total é de cerca de R$ 551 mil, sem contar juros e honorários de advogados.

Livre
O atacante Diego Tardelli está livre para enfrentar o Botafogo, neste domingo, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Em julgamento ontem, o Pleno do STJD reduziu a sua pena para três partidas e multa de R$10 mil, punição esta que o camisa nove do Atlético-MG já cumpriu. O jogador cumpriu três jogos da suspensão inicial, contra Sport, Palmeiras e Figueirense.