Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Conexão Esporte

ACESSIBILIDADE: A A A A
Júlio César de Oliveira 19/09/2013
Júlio César de Oliveira
juliouberaba@uol.com.br
Quer ficar

Com quase três anos completos de seu primeiro mandato como deputado federal, o ex-jogador de futebol Romário (sem partido) diz que chegou na política para ficar. “Quando cheguei aqui disseram que eu era mais uma celebridade que não ia fazer nada e ir embora logo, mas entrei na política para não sair mais”, diz ele. “A camisa de deputado pesa até mais que a da seleção”, acredita ele. Sobre a seleção brasileira, aliás, Romário admite: “Hoje posso dizer que estava enganado lá atrás”, diz ele sobre as críticas que fez ao time de Felipão antes da conquista da Copa das Confederações.
 
F-1 sem brasileiro
Principal plataforma da Fórmula 1 no Brasil há mais de quatro décadas, a TV Globo pode viver uma situação complicada na temporada 2014. Com a saída de Felipe Massa da equipe Ferrari, anunciada na última semana, o Brasil pode ficar sem nenhum piloto na maior modalidade do automobilismo mundial pela primeira vez desde 1969. Nenhum brasileiro tem contrato garantido para o próximo ano, nem mesmo Felipe Massa. Assim que assumiu as transmissões da F-1, o canal carioca sempre baseou sua audiência e suas transmissões nos atletas do país, desde Emerson Fittipaldi, passando por Nelson Piquet e Ayrton Senna, até Rubens Barrichello e Felipe Massa, recentemente.
 
Vettel soberano
Sebastian Vettel [Red Bull] tentará, neste fim de semana, em Cingapura, sua terceira vitória consecutiva na prova noturna, realizada na pista urbana do Marina Bay, que integra o calendário da Fórmula 1 desde a temporada de 2008. Vettel, dono também das duas últimas vitórias no campeonato 2013, além dos dois triunfos em Cingapura, tem uma pole position e marcou pontos em todas as cinco provas que lá disputou.  Outro piloto com duas vitórias no Marina Bay é o espanhol Fernando Alonso [Ferrari], que também largou da ponta do grid na pista. O piloto também marcou pontos em todas as corridas disputadas. Sebastian Vettel é o líder do campeonato deste ano com 222 pontos somados em 12 etapas realizadas. Fernando Alonso é o vice-líder do Mundial de pilotos com 169 pontos ganhos.
 
Quebrou dedo
Após a conquista da Copa das Confederações, Luiz Felipe Scolari tinha um esboço quase finalizado da equipe que pretendia levar para o Mundial de 2014. Do goleiro ao centroavante, os titulares na campanha vitoriosa eram nomes certos. Pois justamente as duas “pontas” da equipe, Júlio César e Fred, viraram dor de cabeça para o técnico. Uma semana após ser garantido por Felipão na Copa, o goleiro se machucou durante o treinamento do Queens Park Rangers, da Inglaterra. Júlio César fraturou a falange do dedo médio da mão esquerda e teve luxação em outros dois dedos da mão direita. Já Fred dificilmente volta jogar este ano.
 
Ainda acredita
Derrotada em primeira instância no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) devido à invasão de campo pelo massagista Romildo Fonseca da Silva no empate em 2 a 2 com o Tupi, no último dia 7 e, a princípio, eliminada da Série D do Campeonato Brasileiro, a Aparecidense prepara recurso para tentar continuar na competição. Em entrevista concedida à Agência Efe na terça-feira, o advogado do clube de Aparecida de Goiânia, João Vicente Morais se mostrou confiante em um desfecho do caso na segunda instância, o pleno do STJD, mas garantiu que, em caso de derrota, não pretende recorrer em âmbito internacional ou à Justiça comum.
 
Tênis
O último final de semana viu ser decidido quem disputará a final da Copa Davis-2013 (Sérvia x República Tcheca), quem estará no Grupo Mundial do próximo ano e quais países foram rebaixados para os grupos continentais. E, ontem, já foram definidos os confrontos da edição 2014 do torneio entre países: o destaque vai para o possível confronto entre Novak Djokovic e Roger Federer já na primeira rodada, pois Sérvia e Suíça se enfrentarão.


Tem início as obras no Uberabão
 Passado o período legal de tramitação para licitação as obras de melhorias do estádio Uberabão já tiveram início. O diretor da autarquia do estádio municipal Engenheiro João Guido, Flávio Henrique Bernardes dos Santos, acredita que dentro do prazo estabelecido junto a Federação Mineira de Futebol (FMF) as obras estarão concluídas, que vai até dezembro deste ano. Os torcedores passarão a ter uma maior comodidade com as cadeiras que serão fixadas nas arquibancadas em um trabalho conjunto da Prefeitura com o Governo do Estado através do deputado estadual Antônio dos Reis Gonçalves, “Lerin”.