Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Conexão Esporte

ACESSIBILIDADE: A A A A
Júlio César de Oliveira 14/03/2013
Júlio César de Oliveira
juliouberaba@uol.com.br
Conexão Esporte - por Júlio Cesar


USC disputa Copa Paulista
O diretor das divisões de base do Uberaba Sport Club, Luiz Fernando de Freitas inscreve as categorias do clube na Copa Paulista do Interior de Futebol. As equipe serão comandas pelo técnico Eurípedes Barsanulfo, "Piu" (foto). A estreia na categoria sub-11 será dia 24 de março, contra os Meninos da Vila, em Guará. A competição tem ainda as categorias sub-12, sub-13, sub-14, sub-15 e sub-17. Piu explica que por ser uma competição regional é mais vantajosa do que a participação no Campeonato Mineiro.


LUF convoca
O presidente da Liga Uberabense de Futebol (LUF), Roberto Carlos Fernandes, convoca as equipes filiadas para participarem do Conselho Técnico para o Campeonato de Futebol Amador Módulo C. A primeira convocação acontece no dia 18 de março, às 18h30, na sede da LUF. Serão discutidos: Aprovação da formula de disputa do campeonato de 2013; Aprovação dos regulamentos do campeonato de 2013; e Outros temas referentes ao campeonato.


Grêmio perde
O campo ruim do estádio Olímpico UCV não foi culpado para a derrota do Grêmio para o Caracas, na terça-feira, pela quarta rodada do grupo 8 da Libertadores. Segundo o comandante, a virada por 2 a 1 ocorreu pois o time gaúcho não soube "entender o jogo". "Minha análise é que temos que jogar a Libertadores como ela é. Fizemos dois grandes jogos recentemente. Não queria dizer que seria igual. Não temos que reclamar do árbitro, ele era ruim para os dois lados. Poderia ter expulsado o Vargas, por exemplo [fez falta fora do lance em um venezuelano]. Só que o time deles entendeu isso e começou a forçar faltas que o juiz não dava. Eles jogaram como se joga uma Libertadores. Nós não soubemos entender o jogo. Tem que identificar o ambiente", disse Luxemburgo.


Reviravolta
Pouco antes do jogo com o Milan, o mosaico da torcida do Barcelona nas arquibancadas do Camp Nou mostrava a inscrição: "Somos uma equipe", por cima da tradicional "Mais do que um clube". De fato, o time barcelonista voltou a ser uma equipe - ou "A equipe" - e transformou a sua suposta decadência em uma recuperação histórica, a primeira dessa atual formação vitoriosa. "Essa geração precisa de uma virada histórica e gostaríamos de fazê-la", analisou Xavi, pouco após perder por 2 a 0 para o Milan, pela primeira partida das oitavas-de-final da Liga dos Campeões. Esse resultado foi revertido pelo placar de 4 a 0 em favor do time local, na terça-feira.

Parceria
A chapa apoiada pelo atual presidente da Unimed, Celso Barros, conseguiu vencer as eleições para formar o Conselho Fiscal da cooperativa de saúde até o próximo ano. Em pleito realizado na noite da última terça-feira, em um hotel da zona Oeste do Rio de Janeiro, e marcado por uma intensa troca de acusações, o grupo de situação venceu por 654 a 510. Alguns médicos tricolores ainda brincaram com funcionários do Flamengo por conta do patrocínio ao Fluminense, já que a delegação rubro-negra estava concentrada no mesmo hotel para partida contra o Resende.


Contusões
Após Thiago Neves e Wellington Silva deixarem os treinamentos de segunda e terça-feira, o departamento médico do Fluminense realizou exames que constataram lesões na dupla. O meia sofreu um estiramento na panturrilha esquerda, enquanto o lateral direito teve constatada uma fratura no pé esquerdo, o que preocupa um pouco mais o doutor Ricardo Oliveira. "Thiago Neves sofreu estiramento grau 2 na panturrilha esquerda. Fez exames que constataram o diagnóstico. Já o Wellington Silva teve uma entorse no tornozelo esquerdo e passou por exames na terça. Foi constatado uma fratura no calcâneo. Deverá ser um pouco mais demorado. Vamos ver o dia a dia e aguardar a evolução. Não trabalhamos com uma previsão para retornarem aos gramados", disse ao site oficial do clube.


Fórmula 1
Neste domingo, em Melbourne, pela primeira vez desde 1978 o Brasil vai iniciar uma temporada da F1 apenas com um piloto no grid: Felipe Massa. Se pesarmos bem, nada mal ter um piloto na Ferrari, equipe mais tradicional e que sempre está entre as grandes. Por outro lado, a ideia de o país, que desde 1970 sempre teve algum representante no grid, não ter ninguém na categoria em um futuro próximo, passa a ser, no mínimo, plausível. Massa, aos 31 anos, tem mais uma temporada de contrato com a equipe italiana. Não é exatamente um iniciante. E será que temos mais alguém chegando para ele passar o bastão? Como a categoria manterá o interesse do brasileiro?