Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Ellen Gomes

ACESSIBILIDADE: A A A A
Ellen Gomes 09/01/2015
Ellen Gomes
ellengomesjornalista@hotmail.com
Um horror!!!

Congratulations - Noivos Fernanda Mattos Dib e Júlio Cesar Gonçalves de casamento marcado para o próximo dia 10 de janeiro, na Catedral Metropolitana de Uberaba.
Felicitações!!!

Seja bem vindo João Gabriel - Boriska Teixeira Peiro Cauhê e Marcelo Cauhi Ferreira esperam João Gabriel para fevereiro. 
Parabéns!!! 

Iara Oliveira Nojiri formanda em Psicologia - Estimada Iara Cristina Oliveira Nojiri cola grau em Psicologia no próximo dia 22 de janeiro, as 20h, no Centro de Eventos da ABCZ. Na programação da formatura, Missa em Ação de Graças no dia 23/01, às 19h, no Santuário de Nossa Senhora da Medalha Milagrosa e baile no dia seguinte, 24/01, as 23h, no Salão Romma Hall Center. Parabéns por mais uma conquista Iara, muito sucesso na nova carreira!!!

Estimados presidente da CDL Miguel Faria e sua elegante noiva Cleonilda Santos Ferreira sempre amáveis com esta colunista. 
Um ano maravilhoso ao querido casal!!!

Très Chic - A atriz Marina Ruy Barbosa sempre vira ícone fashion com suas personagens. Atualmente na pele da Maria Ísis, na novela Império, da TV Globo, Marina desfila um figurino bem diferente do usado pela Nicole, em Amor à Vida, e bem mais básico do que o estilo que a atriz costuma ter em festas e eventos. A linda ruiva adora os vestidos de festa assinados pela mineira Patricia Bonaldi, e outros grandes nomes do mundo fashion. Os modelos vão do estilo delicado ao fashionista, sempre com muito brilho, realçando sua beleza.

Esporte no CNSD incentiva a união - O esporte tornou-se centro de interesse da maioria dos jovens, ocupando lugar de destaque dentro e fora do ambiente escolar por possibilitar a união, a cooperação e o combate ao sedentarismo. Deste modo, o Colégio Nossa Senhora das Dores possui uma Escola de Esportes que proporciona o desenvolvimento de práticas corporais, além de atitudes e valores morais, capacidade de superação aos alunos dominicanos e à comunidade em geral. 
Mais informações (34) 3331.9900. 
   

 

Um horror!!!

Não há quem não se sensibilize com a barbárie do terrorismo. Até quando meu Deus esta intolerância...
O mundo precisa combater estas práticas de forma contundente. As imagens e o drama sofrido na França é uma ameaça não só a liberdade de imprensa, mas a civilidade no mundo inteiro. Estamos ameaçados pelo ódio! 
Até o policial covardemente assassinado, já caído no chão, por um dos atiradores que causaram o que pode ser chamado de chacina no jornal "Charlie Hebdo", em Paris, nesta quarta-feira (7), era muçulmano e tinha a responsabilidade de patrulhar a região onde funciona a sede do jornal, no 11º distrito da capital francesa, de acordo com reportagem de hoje do britânico "Daily Mail". Olha o que o terror faz!!! Atiraram e mataram também um muçulmano, ou seja, um verdadeiro muçulmano porque os atiradores não podem ser considerados muçulmanos. Mas sim terroristas, intolerantes e covardes. O policial  Ahmed Merabet, 42, que é o homem que aparece em um vídeo compartilhado inúmeras vezes por internautas e veículos de comunicação, mostrando o momento em que um dos criminosos, mascarado e todo vestido de preto, atira em sua direção; o policial já estava deitado e pediu para não ser morto, sendo assassinado friamente. O policial está entre as 12 pessoas que morreram no atentado, dentre eles os quatro talentosíssimos e renomados cartunistas,  Stéphane Charbonnier, conhecido como Charb e também editor da revista, o lendário Wolinski, Jean Cabu e Bernard Verlhac, conhecido como Tignous. Além deles, outros quatro funcionários da “Charlie Hebdo” morreram: o também cartunista Phillippe Honoré, o vice editor Bernard Maris, um economista que também escrevia colunas para a publicação, o revisor Mustapha Ourad e a psicanalista Elsa Cayat, que escrevia uma coluna quinzenal chamada “Divan”.  O outro policial assassinado era Franck Brinsolaro, 49, que fazia a guarda pessoal do editor da revista e chargista, Charb (Stéphane Charbonnier), que também foi morto, como disse. Os atiradores, segundo testemunhas, falavam francês perfeitamente e perguntaram os nomes das vítimas antes de matá-las, dentro do prédio do semanário. "O profeta foi vingado", eles gritaram durante o massacre.  Os dois homens foram identificados como os irmãos Said e Cherif Kouachi, de origem argelina, e continuam desaparecidos. A 'caçada' pelos suspeitos foi iniciada pela polícia francesa logo após o atentado. 
JE SUIS CHARLIE!!!  JE SUIS CHARLIE!!!  JE SUIS CHARLIE!!!