Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Fabiano Fideles

ACESSIBILIDADE: A A A A
Fabiano Fideles 08/03/2015
Fabiano Fideles
jjura2@terra.com.br
Fabiano Fideles

Dia das Mulheres

Comemora-se, hoje, o Dia Internacional da Mulher. Elas é que mandam, ditam as normas e traçam os caminhos de todos nós, que, diante delas, somos, na realidade, o verdadeiro sexo frágil. Bonitas, feias, inteligentes ou burras, nada disso importa, o importante é que são elas as nossas rainhas. Parabéns a todas!

 

Pagando o pato

Na relação dos parlamentares que participaram dos escândalos da Petrobras, o nome do ex-governador Antonio Anastasia é citado com destaque (quem diria), como um dos que receberam quantias enormes. Anastasia, sempre discreto, está se sentindo abalado com a situação, porque jamais poderia imaginar que um dia essa bomba explodisse na sua mão.

 

Pagando o pato II

O senador Antonio Anastasia está pagando o pato, ou um mico, como queiram, porque a polpuda verba recebida da Petrobras foi dividida com o senador Aécio Neves, que não figurou na lista. Como foi Anastasia que recebeu a sacola de dinheiro, Aécio livrou-se de figurar entre os congressistas corruptos.

 

Falta coragem

Os dois pontos básicos dessa farra não foram revelados. Lula e Dilma continuam sendo blindados tanto pelas empreiteiras quanto pelo pessoal da Petrobras e políticos. O país inteiro permanece na expectativa de que pelo menos um dos envolvidos tenha a coragem necessária para revelar de fato a participação dos dois ícones dessa história indecente.

 

Pimentel

O governador Fernando Pimentel completou 2 meses de gestão. Embora tenha que se considerar o fato de tratar-se de mudança, principalmente quanto à escolha da equipe governamental, já seria tempo de o governador dar pelo menos um pequeno sinal de sua atuação. Os mineiros já estão cobrando.

 

Energia elétrica 

A conta de luz dos mineiros sofreu um acréscimo de 28,8% e, nos próximos 30 dias, deve aumentar ainda mais, penalizando os consumidores com, aproximadamente, 40% de reajuste. E o governador, por ocasião de campanha, disse que grande parte do custo da energia era fruto dos 30% de alíquota do ICMS. Afirmou, ainda, que, se ganhasse a eleição, faria uma redução das tarifas. Mentiu, seguindo os mesmos exemplos da presidente Dilma.

 

Campeonato

Se houvesse no país um campeonato de mentiras, evidentemente, a presidente Dilma levaria o troféu. Como mentiu essa senhora! Como traiu os brasileiros com suas falácias! Tudo que ela disse, tudo que ela afirmou na campanha, está acontecendo exatamente o contrário. O país saiu do céu e mergulhou no inferno. É isso aí!

 

Passeata

Está fortemente programada para o próximo dia 15, uma grande passeata contra o Governo atual, com a participação de todos os sindicatos e população, a exemplo do que deverá acontecer no país inteiro. É o que está sendo anunciado pelas redes sociais.

 

Dos leitores

“O país fez, na década de sessenta, escolha deliberada pelo transporte rodoviário de suas cargas e da sua safra agrícola. No governo FHC (1995-2001), enterrou de vez o sistema ferroviário nacional, sucateando e privatizando quase tudo. Nos treze anos seguintes de desgoverno petista, o que era ruim ficou pior. Os combustíveis sem controle, nenhum investimento em ferrovias, hidrovias, nem infraestrutura rodoviária. O preço do frete praticamente congelado por dez anos, enquanto os pedágios sobem anualmente sempre pelo maior índice inflacionário”, Rafael M. Filho.

 

Socorro

A leitora Marlene Dias, residente no bairro Copacabana, pede socorro para cobrir os buracos no asfalto naquele bairro. Marlene alega que o abandono é total, inclusive quanto à limpeza pública. Devido a falhas constantes, os moradores estão transformando as ruas em depósitos de lixo.

 

Picaretas

“A presidente fica comprando congressistas para se safar das encrencas petroleiras e outras. E o pior é que consegue! Os congressistas deveriam ser os auditores do Executivo. Acho que, agora, há mais de 300 picaretas, como quantificou o ex. Ex ???? ou o mandante por traz das cortinas?”, Mário A. Dente.

 

Sufoco

O segundo mandato da prefeita Lauzita Resende em Delta não está sendo nada feliz, conforme alegações de quem reside naquela cidade. Comentam que as coisas lá pelos lados da prefeitura se transformaram num emaranhado de confusão, inclusive no que diz respeito a finanças. A prefeitura, dizem, não paga contas desde o primeiro mandato da Lauzita. Todo cuidado é pouco.

 

Reforma

O prefeito Paulo Piau ainda não concluiu a reforma administrativa. Existem pessoas competentes, mas, por outro lado, há um batalhão de inoperantes. Cá entre nós, carregar um bando de folgados nas costas não é nada fácil. Coisas da política!