Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Fabiano Fideles

ACESSIBILIDADE: A A A A
Fabiano Fideles 18/10/2015
Fabiano Fideles
jjura2@terra.com.br
Fabiano Fideles

Mel e colibri

Em alusão à nota publicada na edição de domingo passado, o G-9 gostaria de exprimir sua posição em relação ao assunto e dizer que empresário se difere de político quando o assunto é gestão. Justamente o que, segundo o grupo que representa as entidades de classe de Uberaba, anda faltando na política. Na visão dos empresários, segundo a manifestação, onde se tem déficit, a única saída é o corte de gastos e despesas. Preferencialmente, pela metade. Assim, o mel chega não só às moscas, mas também ao colibri.

 

AIDS

De acordo com relatório divulgado em agosto pelo programa das Nações Unidas sobre a Aids, de 2000 a 2014, o número de mortes provocadas pelo vírus caiu 41% no Brasil. Os resultados são devido ao tratamento mais eficaz oferecido em centros de referência de combate à doença.

 

SOCORRO

Quem tiver um amigo despachante de veículos em Uberaba e, seria bom, também um bom plano de saúde, pode sofrer um infarto ouvindo o que ocorre em nossa cidade em relação a roubos de veículos.

 

NADA SE APURA

O volume de carros roubados por dia está batendo na média de seis. Infelizmente, só são solucionados aqueles casos em que os larápios abandonam o veículo nos matagais, na maioria das vezes depenados ou incendiados.

 

CASO INÉDITO

Morando em Belo Horizonte, o jornalista Tharsis Bastos premiou os filhos, aprovados em vestibular, com dois carros zero km (Gol/VW). Um foi roubado no período de Exposição e o outro uma semana depois... “Nem deu tempo de fazer seguro”, lamenta-se o jornalista.

 

PONTO CERTO

Curiosamente, o ponto certo para carros roubados, que é o mercado de autopeças usadas, não é investigado há anos.

 

MESMO DESTINO

Não é diferente no caso das motocicletas. Arma em punho, os marginais estão enlouquecendo os proprietários de motos, abordados em semáforos, em plena rua, à luz do sol...

 

AO BISPO!

Como a autoridade municipal não é, constitucionalmente, responsável pela segurança e como o Governo do Estado tem seus responsáveis (?) lotados a 500 km de distância, resta ao povo uberabense tomar o caminho do palácio episcopal, caso queira fazer alguma queixa...

 

FAZ SENTIDO

Aliás, segundo o noticiário nacional, de pouco adiantaria queixar-se da grossa roubalheira, registrada aqui na terrinha, aos valentes responsáveis pelo Estado. Todos os indícios levam a crer que o atual governador também, dificilmente, escapará do cerco policial que lhe é movido atualmente.

 

ESPERANÇA

Resta aos uberabenses esperar que, com alguma sorte, nosso prefeito se compadeça da população e invente algum paliativo, a nível de município, para cobrir a vergonhosa ausência do Estado de MG. Lembrando que, dado ao estágio da violência local, talvez nem mesmo a esperança seja mais a última a morrer por aqui....

 

PEGOU MAL

Uberabenses que participaram de festa de premiação dos “mais-mais”, em cidade vizinha, voltaram boquiabertos. A festa, destinada a homenagear os “escolhidos pelo povo”, entregava diploma e troféu às empresas (vítimas) “pesquisadas”. No final do espetáculo, como alguns “laureados” não compareceram, improvisou-se: foram distribuídos diplomas e troféus aos garçons e a dois seguranças!

 

JUSTIÇA

Movimento de Cartórios Forenses, audiências e demais atividades estarão suspensos entre 16 e 20 de novembro próximos. Determinação da direção do Fórum Melo Vianna foi baixada em função da mudança de prédio. Os compromissos pré-agendados serão remarcados e os prazos não serão contados neste intervalo.

 

QUE PENA!

Tudo indica que nosso Código de Postura e nosso Plano Diretor são os maiores entraves para o surgimento de diversas melhorias urbanas e modernização arquitetônica de certas regiões de Uberaba. Uma pena, pois estas já mereciam!

 

BOULEVARD

Boa parte da região enquadrada entre a rua Major Eustáquio e avenida Santos Dumont está repleta de belos estabelecimentos comerciais e alguns restaurantes e bistrôs muito elegantes. Uma área onde a criação de um “boulevard” seria medida certeira e enalteceria ainda mais a estética urbana. Além da evidente valorização comercial dos imóveis!

 

LAPINHA

Outra região que vem se destacando pela sucessiva abertura de barzinhos, com a maioria explorando música ao vivo de altíssima qualidade, é a que circunda o já tradicional “Arquimedes”. Por ali, em todas as direções que se ande, existem inúmeras opções agradáveis de belos “botecos”, ensejando a formação do que poderia ser a “nossa Lapa”!

 

SONHANDO

Nas mesas dos mais respeitados arquitetos e urbanistas locais, o assunto volta e meia é discutido. Uns sugerem fiação subterrânea. Outros, tratamento diferenciado às fachadas, ao calçamento e até mesmo no jogo de cores. Mas são apenas sonhos, desfeitos pela dura realidade das leis municipais....

 

MACHÕES

Na sexta-feira passada, abaixo das condições mínimas previstas pela OMS, a umidade relativa do ar chegou a 14% em Uberaba... Na maioria das drogarias consultadas pela reportagem, repete-se o fenômeno do mês passado: homens não compram protetores labiais, como a manteiga de cacau! As vendas são praticamente 100% para mulheres.

 

A CONTA

Dentro do prazo legal, o Executivo enviou à Câmara Municipal a sua Lei Orçamentária Anual, com a previsão de movimentação para o ano de 2016. Em média, prevê-se um movimento de R$ 100 milhões ao mês (R$ 1,2 bi no ano).

 

VEREADORES

Deste “bolo orçamentário”, uma fatia de R$ 24 milhões (2% do total) será destinada à Câmara Municipal. Recurso que atenderá as despesas, em 2016, geradas pelos 14 senhores responsáveis por criar leis e fiscalizar a administração.

 

RATEIO

Embora a conta não seja tão primária, o rateio aritmético deste valor pelos 14 legisladores daria algo em torno de R$ 150 mil/mês para cada um. Se o número de vereadores, no ano que vem, saltar para 21, esta média iria para cerca de R$ 95 mil por mês.

 

MAIS DA METADE

Quem quiser ter um vislumbre melhor da situação que nosso país está atravessando deve frequentar uma das reuniões da CDL local. Os comerciantes estão um pouco pra lá de abismados. Há quem fale em redução de 70% nas vendas diárias. E há também quem afirme andar a inadimplência superando os 50%!

 

BARBA, CABELO...

Muita repercussão na cidade com a entrevista dada, em nível nacional, pelo ministro aposentado do STF, Celso Mello. Na opinião do ex-ministro, o Brasil só iria superar a crise atual com a renúncia, em uníssono, de três figuras do atual quadro político: Dilma, Temer e Eduardo Cunha!

 

MAIS EM CIMA

Enquanto isso, de pouco adianta a fiscalização municipal correr atrás e “arrochar” o comércio ambulante, que está emporcalhando o centro de Uberaba. À medida que a situação econômica recrudesce, mais e mais aumenta o número de uberabenses que se vêm obrigados a apelar para o comércio informal. E o problema não é aqui. O buraco, desta vez, é mais em cima!

 

REQUENTANDO

Péssima repercussão receberam os comentários de um conhecido radialista matutino, que trouxe ao ar uma gravação do prefeito de Uberaba, em entrevista de mais de ano, como se fosse atual... O (mal) hábito de requentar matérias, infelizmente, é uma constante deste profissional. Talvez inconformado por sua performance nas urnas. Aliás, ridícula!

 

SÓ PERGUNTANDO

Aliás, qual credibilidade pode ter a crítica do jornalista que, de 4 em 4 anos, luta desesperadamente para ocupar o cargo de seus alvos preferenciais? Uberaba...

 

LEDO

“É um imenso equívoco imaginar que o ex-ministro Anderson Adauto está blefando ao anunciar sua candidatura a prefeito.” A sentença é de um dos mais renomados juristas uberabenses, especialista em Direito Administrativo e atualmente erradicado em Brasília.

 

FLORESTA

Para o advogado, Anderson está cercado do que há de melhor em termos de assistência jurídica e não será surpresa nenhuma se navegar toda sua campanha por um mar de tranquilidade. Quem está habituado com o emaranhado de leis, recursos, agravos e outras chicanas do Judiciário brasileiro dá inteira razão a esta ideia!

 

TOMA LÁ...

Enquanto isso, devidamente equipado com seus “bobs e monóculos”, o deputado Lerin coloca-se na posição de observador. Segundo assessores, Lerin teria fechado um pacto com Anderson Adauto que é de total apoio à candidatura do segundo. Caso esta não prospere pela via judicial, o apoio seria imediatamente invertido.

 

MISSÃO IMPOSSÍVEL

Talvez com a exceção de encontrar-se o Santo Graal ou descobrir onde está enterrada a Arca da Aliança, a tarefa mais difícil do momento seja arrancar do presidente do Legislativo uberabense a sua posição quanto ao número de cadeiras que aquela Casa deveria ter no próximo ano.

 

FUSÕES

Mais uma fusão partidária está em andamento em Uberaba. Brevemente, o PMB, Partido da Mulher Brasileira, deverá anunciar a coligação à qual o novo partido estará vinculado. Todos os indicativos levam para os lados do PSB e PMN.

 

TODO CUIDADO...

Uma família de Uberaba está absolutamente consternada com fato que serve como exemplo e alerta aos usuários constantes das redes sociais. Postar as fotos de férias na Web, principalmente Facebook, exige um critério maior. Moças adolescentes e mesmo crianças em trajes de banho estão tendo suas imagens clonadas e, após montagens maliciosas, são expostas em nus extravagantes. Fica o alerta!

 

POLÍCIA ESPECIALIZADA

Existe, atualmente, no Brasil, um esforço muito grande por parte da Polícia Federal em capacitar-se, cada vez mais, no combate aos chamados “crimes cibernéticos”. Trata-se de uma praga que alastra-se mundialmente e tem feito redobrar as atenções das autoridades. Por isso, todo cuidado é pouco.

 

MAIS UM NA CONTA

A semana terminou com mais um acidente na BR-262 registrando vítima fatal. Pai e mãe vieram a Uberaba buscar o filho universitário e, na volta da viagem, seguindo para Araxá, bateram de frente com outro veículo. A senhora teve morte instantânea. Pai e filho estão hospitalizados em estado crítico. Nunca é demais lembrar que existem diversas praças de pedágio nesta rodovia e sequer um palmo de duplicação foi realizado neste trecho, o qual é o mais letal.