Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Fabiano Fideles

ACESSIBILIDADE: A A A A
Fabiano Fideles 12/06/2016
Fabiano Fideles
jjura2@terra.com.br
Fabiano Fidelis

CANGA MACACO 

Tudo indica que o empresário JJúnior desta vez conseguiu aplicar uma rasteira no sempre ardiloso ex-prefeito Anderson Adauto. O Partido Socialista Liberal (PSL), que vinha sendo presidido por José Luiz Alves, escudeiro de AA, já estaria nas mãos de JJúnior desta terça-feira passada.

TROCO

Gente próxima a JJúnior confidenciou à coluna que, embora o PSL seja apenas mais uma sigla nas mãos do empresário, que já tinha três, a conquista tem sabor especial, exatamente por ter sido abocanhada na seara de Adauto.  A briga entre os dois é antiga. Se dependesse de JJúnior, Anderson Adauto estaria morando, há muitos anos, no final da avenida da Saudade...

POR TODO LADO

A movimentação intensa, na semana que passou, dos movimentos feministas pelo Brasil, marca um novo eixo no debate de gêneros. Aqui em Uberaba tem muito machão com as barbas de molho. A intolerância com atos abusivos contra mulheres está no grau máximo.

ALERTA AOS PAIS

Pais de adolescentes precisam ficar com a atenção sempre despertada com relação às baladas e festinhas. Quase sempre inodoros, sem gosto e sem cor, os produtos que tornam as moças inconscientes estão cada vez mais sofisticados. São os famosos “boa noite cinderela”. Um levantamento realizado em Minas Gerais pela Polícia Civil mostra que mais da metade das vítimas é composta por adolescentes entre 14 e 17 anos.

 

FARRA

A greve dos agentes penitenciários, prevista para iniciar neste final de semana, deixa à mostra uma chocante realidade desses últimos meses. Enquanto as atenções policiais do público brasileiro foram desviadas para o cenário político, a força das organizações criminosas dentro dos presídios triplicou. Saem de dentro das grades das penitenciárias brasileiras a quase totalidade de planejamentos de assalto, sequestros, explosões de caixas eletrônicos...

 

RECUOU DE NOVO

Sabe aquele aumento previsto para os servidores do Executivo, Legislativo e Judiciário, comentado aqui nesta coluna no domingo passado? Pois é, o governo Temer acaba de voltar atrás. A notícia é ótima, mas o novo recuo (já são uns dez...) preocupa. Faltou planejamento? O governo foi precipitado?  Aliás, este verdadeiro iô-iô do presidente interino está deixando todo mundo desanimado. A esperança de que o país iria consertar está se esvaindo rapidamente.

MARS ONE

Este é o nome do projeto que está sendo conduzido na Holanda (Haia) por uma rica fundação, destinado a enviar para o planeta Marte a primeira leva de 40 “colonizadores”, numa viagem sideral sem volta. Mais de duzentas mil pessoas se ofereceram, passando por uma triagem que escolheu os cem mais aptos, e agora, um novo filtro para eleger os quarenta indicados. Projeto prevê viagem definitiva em 2026 e é totalmente financiado pela iniciativa privada.

A PROPÓSITO

Como perguntar não ofende, será que não daria para os selecionadores da Mars One fazer uma visita de escolha aqui pelas nossas bandas? Tem tanto político que poderia estar apto...

É GOZAÇÃO!

Só pode ser brincadeira (de mau gosto) a seleção de cidades feita pela FEA (Fundação de Educação Artística) de Minas Gerais. Para ampliar o acesso à educação musical no Estado, a FEA vai bancar R$ 400 mil a músicos profissionais para darem cursos de orientação musical nas cidades “que possuem vida cultural intensa”.  Foram selecionadas: Diamantina, Pouso Alegre, Monte Claros, Ouro Preto, Belo Horizonte e.... Uberlândia! (Não ria leitor. É sério!)

 

GUILHOTIN

Esse era o nome (pronuncia-se “guilhotan”) do médico francês que, caprichosamente, inventou o engenho composto por platibandas, lâmina e cesto, destinado a degolar “de modo rápido e humano” os sentenciados franceses à pena capital. O próprio Dr. Guilhotin, ao final, experimentou seu próprio invento, como nos narra a História.  Na quarta-feira passada foi preso pela Polícia Federal, acusado de desvio de mercadoria apreendida de contrabandos o Sr. Nilton Ishii, conhecido no Brasil todo como “o japonês da federal”...

 

AS ÁRVORES

Para prosseguir com o plano de integrar toda a cidade num sistema básico de transporte coletivo, a Prefeitura de Uberaba segue retirando árvores onde as mesmas se mostram como empecilho ao avanço do projeto.  Segundo a Procuradoria do Município, a ação é de “transplante” das espécies, acompanhada de novos plantios. “Tudo sob as vistas e APROVAÇÃO do Ministério Público e órgãos de defesa ao meio-ambiente.”

MUITA PURPURINA

A verdade é que, respeitada a lei ambiental e comprovado o transplante e novos plantios, a intervenção na natureza nem sempre é evitável. Recentemente, com a devida autorização nas mãos, a empreiteira Triunfo (aquela dos pedágios na BR 262) decepou milhares de eucaliptos entre Uberaba e Araxá. Não se ouviu um pio dos defensores do meio ambiente... E nem se viu a duplicação da rodovia, que justificava o abatimento das árvores!

PPP DA SEGURANÇA

Defendida há tempos pelo jornalista e publicitário Tharsis Bastos, a parceria público-privada da segurança pública parece destinada a nunca sair do papel. As autoridades uberabenses, entre as quais o prefeito municipal, não perceberam até hoje que o governo de Minas jamais dará ao tema a atenção que o mesmo requer. Medidas paliativas e perfumarias eventuais, nada resolvem. Enquanto isso, a escalada da violência em Uberaba só aumenta.

ESTRADAS

Quando a reclamação era de gente importante, como os usineiros da cana de açúcar, rapidamente municípios e Estado deram um jeito de pavimentar centenas de quilômetros de pequenas estradas de nossa região, notadamente no Pontal do Triângulo. As usinas pagaram as obras (sob fiscalização do Estado) e posteriormente tiveram as despesas abatidas de seus débitos com o ICMS.

A DIFERENÇA

No projeto do publicitário, para cobrir a ausência do Estado na Segurança Pública, as grandes empresas sediadas no Município deveriam constituir (e abastecer) um fundo municipal de segurança, viabilizando a aquisição de equipamentos, veículos, e contratação de pelo menos mais 500 guardas municipais, para atuação armada, após rigoroso treinamento. E o investimento seria, igualmente, debitado do ICMS recolhido pelas mesmas. O projeto, segundo Tharsis, jamais irá sair do papel porque no caso das estradas, atendeu-se a usineiros abastados. No caso da segurança, quem paga o pato é a população. “Nós, a gentinha...”

O NOME DO JOGO

A Assembleia Legislativa de Minas não deve opinar nos casos de prisão ou afastamento por motivos de crime do senhor governador do Estado. Essa foi a decisão dos legisladores que deram à luz, em priscas eras, a Constituição do Estado de Minas Gerais.  Como a Constituição Federal diz que a intervenção de tal natureza deve ser acompanhada pelo aval do Congresso, os advogados do governador Pimentel encontraram a tão sonhada brecha para aliviar seu iminente afastamento em função de denúncia-crime pelo Ministério Público.

CHOQUE E ALÍVIO

A Constituição de Minas não poderia chocar, segundo eles, com sua congênere Federal. Caso a decisão fique com a ALMG, por determinação do STF, dificilmente Pimentel perderá seu cargo. Este é o “cerne do jogo”, segundo juristas muito abalizados.

MOTIVOS POLÍTICOS

A pergunta que ronda Brasília – “qual o real motivo dos pedidos de prisões feitos por Janot?” – foi divulgada durante toda a semana. Romero Jucá, Eduardo Cunha, José Sarney e Renan Calheiros estão com sua liberdade dependendo do pronunciamento do plenário do STF. Porém, nos meios políticos, o que se insinua pesadamente é que o pedido da PGR teria motivos políticos.

UMA PINÓIA!

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em pronunciamento que fez na sexta-feira, foi categórico. Não houve nenhum motivo ou ação realizados ao sabor da política. A lei diz que qualquer tentativa de prejudicar investigações criminais é passível de detenção. As gravações telefônicas feitas por Sergio Machado mostraram isso de forma flagrante. O Ministério Público apenas cumpriu o que manda a Lei.

OUTROS QUINHENTOS

Como no Brasil as versões valem mais que os fatos, muitos colunistas de Brasília passaram a ver pelo em ovo. Questionar se os diálogos gravados por Sergio Machado (aliás, de forma vil) possuem conteúdo grave o suficiente para ensejar as prisões, é uma coisa. Mas dizer que o procurador agiu com outras intenções, é outra bem diferente...!

CONFIRMANDO

Vereador Samir Cecílio Filho confirmou, durante entrevista radiofônica neste final de semana, que será sim candidato a prefeito de Uberaba. Assim, ele desmente o que foi muito ventilado na city (inclusive por essa coluna) que o recente “terremoto” vivido pelos seus apoiadores e patronos de sua candidatura, Caio Narcio e Narcio Rodrigues (PSDB), iria demovê-lo da empreitada.

RECONFIRMANDO

Ainda no terreno das confirmações políticas, Antônio Lerin manteve reunião, quinta-feira última, com Anderson Adauto. Encontro teve sabor de despedida, pois ambos haviam trocado juras de apoio mútuo, sendo que entre os dois surgiria apenas uma candidatura, com aval do que não fosse... Após a reunião ficou decidido que cada qual seguirá seu caminho. Lerin pessoalmente e Anderson, via esposa.

AINDA NÃO

O prefeito Paulo Piau tem sido um perfeito sabonete nessa questão da sucessão municipal. Todas as vezes que é indagado se já decidiu sobre ser ou não ser candidato à reeleição, saca do bolso a mesma desgastada resposta: é cedo para falar nisso! Porém, entre os que frequentam seu grupo mais íntimo, todos afirmam que ele será, sim, candidato.

NOTA ZERO

O descuido e a leniência de nossas autoridades têm sido absurdamente verificados nas madrugadas uberabenses. Carros em disparada, som automotivo altíssimo, baderneiros em plena ação! Nunca cansamos de alertar que esta permissividade fornece aos bandidos um recado bem claro: estamos numa terra sem lei... Depois não adianta chorar!

VENDO DE OUTRA FORMA

O recém inaugurado Memorial Chico Xavier (que ainda não está funcionando!) ficará plantado ali, às margens da Mata do Carrinho, para lembrar que os ex-prefeitos de Uberaba, na época que o médium era vivo, se borravam de medo da Igreja Católica... Só por isso Uberaba não teve seu turismo alavancado de forma espetacular, convertendo-se no “Vaticano do Espiritismo”. O memorial nos lembrará sempre que aqui morou o “Papa” daquela doutrina.

Bom domingo a todos!