Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Fabiano Fideles

ACESSIBILIDADE: A A A A
Fabiano Fideles 30/06/2013
Fabiano Fideles
jjura2@terra.com.br
Chegou a hora

Depois de longos anos de angústia, quando o poder político fazia e acontecia, o povo tomou iniciativa e deu os primeiros passos. As manifestações que estão acontecendo de norte a sul do país representam exatamente os anseios da população brasileira, que sentia entalado na garganta, o grito de alerta.

Chegou a hora II
Estão nas mãos do Governo as decisões de tudo aquilo que foi objeto de reivindicação do povo. A reforma política, por exemplo, representa, sem dúvida, uma boa estratégia, por ser considerada a mãe de todas as outras reformas. Isto quer dizer que toda essa baderna que o brasileiro vinha assistindo à distância se deve ao sistema político a que estamos submetidos.

O Brasil acordou
O Brasil acordou, mas, infelizmente, não está totalmente de olhos abertos. Em meio às inúmeras reivindicações apresentadas pelo povão, a violência que tanto nos preocupa foi item não muito lembrado durante as manifestações.

Encurralada
A presidenta Dilma, com aquela empáfia que a caracteriza, está encurralada. Ou para ser mais expressivo, conforme os comentários das ruas, está com o ânus tão apertado que não passa uma agulha, ou seja: muda o seu comportamento realizando um governo descente, ou aí, minha amiga, vai mesmo pro beleléu.

No mesmo caminho
No mesmo caminho, estão indo os políticos, leia-se deputados, senadores, governadores, prefeitos, vereadores, que são vistos pelo povão como verdadeiras aves de rapina que se elegeram não para trabalhar pelo país, mas, sim, em busca do enriquecimento fácil através das negociatas e corrupção de modo geral. Para os que agem dessa forma, e o povo sabe perfeitamente quem são, com certeza, nas eleições do ano que vem, serão rechaçados.

Sem vergonha
Contudo, não se pode ignorar que a maioria dos brasileiros é composta de oportunistas, maus-caracteres e sem vergonha, que se vendem por bananas, nada diferente de uma grande parte desses que estão no poder. É exatamente aí que corre o perigo de vermos as manifestações bem intencionadas irem para o brejo.

Baderneiros
Muitos têm comentado em relação à presença de baderneiros durante as manifestações. É verdade! Eles existem e, de fato, estão atuando pra valer. Não estariam esses baderneiros a serviço de alguém? E se tratando de política e movimentos populares, tudo é possível. Quem conhece bem a história do país, com os assassinatos de Juscelino, Castelo Branco, João Batista Figueiredo e, por último, Tancredo Neves, sabe perfeitamente que tudo é possível. É isso aí.

Tirando proveito
O movimento é apolítico, sem a participação de partidos, embora alguns aproveitadores venham tentando tirar proveito dessas ocasiões. Aqui mesmo em Uberaba, certos vereadores, tentaram infiltrar-se no meio, mas foram imediatamente rechaçados pelo movimento.

Plebiscito
Não é demais lembrar que ninguém saiu às ruas para pedir plebiscito disso ou daquilo. O povo que saiu às ruas para exigir um Governo sério, o fim da corrupção e mais segurança, saúde e educação.

Enrolação
Dilma sabia, senadores e deputados sabiam e ministros idem. Todos tem conhecimento dessa baderna de virou o país, onde a inversão de valores predominam todos os setores da sociedade. Se sabiam, porque não tomaram providências antes do movimento? É que quanto pior para eles, melhor. São todos porcos do mesmo chiqueiro.

Copa, nem tanto
A Copa das Confederações que pela primeira vez é realizada no Brasil, não teve aquela conotação de outras épocas quando a seleção brasileira entrava em campo. O movimento popular foi melhor e com maior repercussão nacional e internacional. Que se dane Joseph Blatter e seus comparsas que se consideravam mais importantes que o país. O povo brasileiro deu a resposta que eles também mereciam.

Meio perdida
E por falar em Copa das Confederações, quem ficou meio perdida nesse meio foi a Rede Globo que não transmitiu vários jogos, enquanto à Band deu um show de competência. Comentam-se nos bastidores, que a Globo não teria alcançados seus objetivos financeiros junto à FIFA. Relaxa!!!

Hospital
Sinceramente não entendi o que está se passando no Hospital da Beneficência Portuguesa. O que se sabe é que o hospital está em condições precárias e esteve prestes a fechar as portas. Fica difícil acreditar que um rombo de cerca de 1 milhão de reais praticado por gestões anteriores não seja devidamente apurado, inclusive com a revelação dos nomes de quem roubou.

Obra de igreja
Os mais vividos diziam que obra de igreja não termina nunca para não prejudicar as arrecadações. Um comentário mais ou menos parecido vem sendo feito sobre as obras do Água Viva que nunca terminam, prejudicando empresas e o trânsito. Reclamações nesse sentido se avolumam a cada dia no jornal. Que parece, parece!

É dando que se recebe
Campanha política é um período perigoso e que requer todos os cuidados dos candidatos, principalmente quando se trata de apoios. Sinceramente, eu me sentiria envergonhado de reivindicar um cargo de aspone para receber e nem dar as caras na prefeitura. Naturalmente, essa carapuça vai caber na cabeça de algumas pessoas bem conhecidas na cidade. Pára com isso, vá!

Pois é
Falaram tanto mas acabaram roubando o que restava do Uberaba Sport. Roubaram tudo, o clube Cascata, uma boa parte do estádio Boulanger Pucci, que serviam inclusive para enriquecer um ex-presidente com alguns apartamentos, e finalmente acabaram destruindo o que restava. São pessoas travestidas de honestos que aos poucos foram exterminando um patrimônio. O promotor de justiça Dr. José Carlos Fernandes, tão valente, como todos sabem, bem que poderia arregaçar as mangas e dar um basta nessa marmelada.

De volta!
O querido e amado Padre Walmir que foi abruptamente transferido da Paróquia de Santa Terezinha para a cidade de Sacramento, está de volta para alegria de todos. Atualmente no seminário, deverá comandar em breve a Paróquia da Catedral. O povo aplaude!

Diamantino/Cyrela
O condomínio do empresário e pecuarista Diamantino Silva está além de tudo o que diz respeito ao conceito comum estabelecido nesse tipo de habitação. As centenas de pessoas que visitam o Cyrela Landscape, saem com a impressão de que estamos em um país futurista, onde todos os detalhes se mesclam com a grandiosidade e beleza do empreendimento. Vale a pena conhecer!

Radares
Uma das declarações mais importantes dos últimos dias, partiu do coronel Kappel, secretário da Settrans. "Sou mais redutores de velocidade do que os radares". Kappel tem razão, assino embaixo, até porque se você não sabe, Kappel, tem gente boa mamando por fora nesse sistema. É isso aí!

Xixi
Vai daqui uma sugestão ao prefeito Paulo Piau e o secretário responsável pela pasta de Serviços Públicos, para que permaneçam algum tempo nas praças e ruas centrais e constatem pessoalmente a fedentina decorrente da falta de banheiros para o povão fazer o seu precioso e relaxante xixi e otras cositas mas.

Sem ética
O que se verifica no meio de boa parte das imobiliárias de Uberaba é a falta de ética. Em se tratando de imóveis para vender ou alugar, a correria é infernal. Existem placas de várias imobiliárias no mesmo imóvel. A impressão que se tem é que as que assim procedem, não estão nada bem das pernas.

Pancadão
Tem de tudo nas baladas de Uberaba. Jovens bêbados, gente cheirando um pó nos banheiros e até nas pistas de dança, enfim, uma verdadeira esculhanbação do jeito que o diabo gosta. Em uma delas, em determinado momento, depois da cara cheia, vem o grito de liberdade. Todo mundo nú! É um tal de tirar a roupa. Incrível, inclusive algumas mulheres, cujos seios batem nos joelhos. É o e-mail que chegou à coluna do pancadista Joel Machado.

Revitalização
Enquanto os tradicionais clubes da cidade estão em decadência, o Sírio Libanês se destaca pela revitalização que vem passando nos últimos meses. Só está faltando providências contra um ex-diretor que tentou tomar do clube uma área doada pelo Estado. O expertinho foi ao cartório e registrou o documento em seu nome. Trata-se de um caso de polícia que precisa ser investigado, para que o clube possa prosseguir com mais tranqüilidade. Detalhe: o espertinho faz parte da colônia libanesa.

Atestado médico
O sistema de saúde está tão banalizado, que até para conseguir atestado médico as pessoas mal intencionadas obtém com facilidade. Basta pagar 50 pratas que o empregado ludibria o patrão em até 15 dias de faltas. Tudo abonado por um médico descarado conhecido na cidade que a gente não fala aqui para não arrebentar com a carreira desse mala.

Os malas
O ex-presidente da FIFA, João Havelange e seu comparsa Ricardo Teixeira, ainda não deram as caras nos jogos e eventos da Copa das Confederações. Certamente se sentem envergonhados das patifarias que estão fazendo e das roubalheiras praticadas durante suas gestões. Ficaram milionários e impunes. Legal né?