Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Fabiano Fideles

ACESSIBILIDADE: A A A A
Fabiano Fideles 06/10/2013
Fabiano Fideles
jjura2@terra.com.br
Sem Lulinha I


A vinda do ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel, a Uberaba foi cercada de enorme expectativa em relação à presença de Lulinha, filho do ex-presidente Lula, interessado na compra da Copervale, j[a que, embora seja uma cooperativa, tudo pode acontecer segundo um de seus diretores.

Sem Lulinha II
Expectativa frustrada porque Lulinha não veio. O ministro limitou-se somente a politicar com promessas vãs, como é rotina desse tipo de visita. Por sua vez, Lulinha, se viesse com o ministro, pegaria mal. Certamente, o filho do ex-presidente poderá vir a Uberaba, porém, disfarçadamente. É o que consta!

Super Bretas
Com a inauguração do hipermercado Bretas nas antigas instalações do Carrefour, são fortíssimos os rumores sobre um possível fechamento da loja do Shopping Uberaba. Particularmente, eu duvido que isso venha a acontecer, por se tratar de um excelente ponto de vendas.

Beijinhos e frescuras
Essa guerrinha entre Aécio Neves e José Serra, na verdade, não passa de uma briga de cumadres, tanto é que, essa semana, em reunião presidida por FHC, colocaram um ponto final nas indiferenças. Conversaram, trocaram ideias, se abraçaram e só faltou beijinhos.

Vaiada
A presidente Dilma Rousseff foi literalmente vaiada durante encontro em Natal/RN. Isso significa que Dilma ainda tem uma grande popularidade, mas também não é mais aquela rainha da cocada preta.

ABCZ 80 anos 
O presidente da ABCZ, Luiz Claudio Paranhos, em visita ao Jornal de Uberaba, revelou que a sua gestão está pautada numa série de novidades, inclusive visando a uma integração maior com a comunidade. Para isso, comentou ainda sobre os 80 anos da ABCZ, comemorados no próximo ano, quando serão homenageadas as 22 diretorias que passaram pela entidade.

Mamata
No contexto político, onde predomina interesses pessoais, é enorme a disputa para o cargo de presidente de partido. Essa briga se deve unicamente a um item que se chama fundo partidário, que nada mais é que uma mamata. Existem, inclusive, determinados presidentes de partido que se eternizaram no cargo e vivem nababescamente com o dinheiro desse fundo, que, no fundo, é mais dinheiro que sai do nosso bolso.

Oconcur
O Jornal de Uberaba é um órgão de comunicação que não precisa concorrer a nada porque o seu nome diz tudo. Jornal de Uberaba é o único. Não existe outra marca com essa identidade. É isso aí!

Ipserv
O Ipserv, que é o Instituto de Previdência dos Servidores Municipais, manteve negociações com o Banco Santos, onde aplicou alguns milhões de reais. O Banco faliu e o Ipserv, até hoje, não esclareceu nada sobre o assunto. Detalhe: o silêncio envolve as administrações passada e atual do instituto. Pode?

A grana vai rolar 
Com muita grana e influência, usineiros de São Paulo e Minas Gerais, liderados pela Cosan e Copersucar, vão apoiar o pré-candidato Aécio Neves à Presidência da República e José Serra disputando o Senado. Isso significa que o Brasil do ano que vem será transformado em um verdadeiro mar de rosas, ou seja, de muito dinheiro para alguns enquanto o povão oh!

The Economist I
Matéria do JU publicada recentemente sobre as considerações da revista inglesa The Economist provocaram uma série de manifestações dos leitores antenados com os acontecimentos atuais na economia brasileira. Foram inúmeras as manifestações através de e-mails e telefonemas que chegaram ao JU parabenizando pela publicação.

The Economist II
Das manifestações recebidas, a que chamou realmente mais atenção é do leitor José Roberto Iglesias, que assim manifestou: “O Brasil estragou tudo, perdemos o que havia sido plantado e planejado no Governo FHC. Lula começou a destruição e Dilma, atual comandante, pilota a aeronave Brasil de forma desastrada, sem rumo, apenas com discursos e bravatas”. Concordo com o conteúdo da revista The Economist.

Acerto de gabinete
Reunião fechadíssima, essa semana, em Brasília, teve como resultado um acertaço financeiro. As operadoras de telefonia vão despejar uma tonelada de reais na campanha de Dilma ano que vem. Este é o nosso Brasil, que, mesmo deitado em berço esplendido, continua sendo o país das negociatas.

Eleições
Nunca se viu, em tempo algum, tantos pretensos candidatos à Assembleia Legislativa. A cada dia que passa, surgem nomes diferentes. Presume-se que, pela quantidade de aparícios, um ônibus daqueles articulados será insuficiente para caber tantos pretendentes. Pior ainda é que a quase totalidade não conta com as menores condições em todos os aspectos, ou seja, sem grana e sem votos.

Futebol, alegria do povo
Comemorando a Semana Mundial do Serviço Leonístico, a Governadoria e os Clubes do Distrito LC-4 da Associação Internacional de Lions Clubes e a Academia Mineira de Leonismo, convidam para participar dos atos comemorativos que terão início na próxima terça-feira, prosseguindo até o dia 15, em Belo Horizonte.

Fiemg 80 anos 
Com apresentação da Orquestra de Câmara, Coral e Cia de Danças Sesiminas, o presidente da Federação das Indústria do Estado de Minas Gerais – Fiemg Regional Vale do Rio Grande, Altamir de Araújo Rôso Filho, convida para as comemorações dos 80 anos de fundação da Fiemg.

Limpando a política
É o que o pré-candidato Eduardo Campos, de Recife, mais deseja. Sabem quando é que ele vai conseguir? Nunca. Campos será mais um a descer o cacete em Dilma, Lula e seus comparsas. Será ele e Aécio, tendo em vista que a frágil Marina Silva foi derrotada em sua pretensão de fundar um novo partido.

Vale tudo
Inclusive a presença do deputado Aelton Freitas na televisão falando sobre seriedade. O deputado foi altamente fragilizado recentemente pelo seu comportamento fazendo demonstrações de como se eleger através da compra de votos. Vergonhoso!