Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Marcos Montes

ACESSIBILIDADE: A A A A
Marcos Montes 30/05/2014
Marcos Montes
dep.marcosmontes@camara.leg.br
Fala Deputado - por Marcos Montes

Fórum de vereadores - Abro esta coluna parabenizando a Câmara de Uberaba e a Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Rio Grande (Amvale) pela realizado do Fórum de Vereadores do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Sem dúvida, um evento que vai ficar marcado na história política da cidade, seja pela organização, pelo empenho, pela dedicação com que foi tratado, pela escolha dos palestrantes – que, por si só, já chamariam a atenção. Um pontapé inicial de alta qualidade que abre caminho para um próximo fórum em 2015.
Gente de visão - Deixo um abraço especial para o presidente da Casa, vereador Elmar Goulart (SDD), que abraçou a ideia sem pestanejar, e com a coragem dos homens de visão, e para os vereadores Edmilson de Paula (PRTB) e Afrânio Cardoso (PROS), que tiveram a iniciativa do evento. Lembro que, logo de início os acompanhei em visita ao então governador Antonio Anastasia (PSDB), o primeiro a ser convidado para fazer palestra. 
O gasoduto de Uberaba - E foi com muita honra que ajudei ontem, a receber e ciceronear o agora ex-governador e candidato ao Senado, que encerrou o fórum de vereadores com chave de ouro. Quero lembrar aqui, que Anastasia, enquanto governador, batalhou incansavelmente para que o gasoduto de Uberaba se tornasse realidade. Graças à defesa que ele fez de Uberaba, prevendo inclusive, que o gasoduto mineiro vai provocar um desenvolvimento sem precedentes no Estado, é que teremos o gás natural, e ainda: a fábrica de amônia/fertilizantes, que precisa do gasoduto para funcionar.
O estadista - Teve até quem saísse por aí (poucos) criticando o gasoduto Betim/Uberaba, e anunciando um gasoduto de São Paulo. Esta semana, o suposto gasoduto de São Paulo foi suspenso por falta de interessados. E portanto, mais do que nunca, fica evidente a visão deste estadista que é o ex-governador Anastasia. 
Também ajudei a receber dia 28 os candidatos a governador, Pimenta da Veiga (PSDB) e Fernando Pimentel (PT), que, a exemplo de Anastasia, fizeram palestras no fórum de vereadores. 

RECONHECIMENTO - Fiquei feliz de constatar que o ex-governador Antonio Anastasia tem o reconhecimento que merece, até mesmo dos adversários, entre eles, o prefeito Paulo Piau (PMDB). A foto do repórter-fotográfico Enerson Cleiton mostra o ex-governador recebendo o abraço, no aeroporto de Uberaba, de aliados e adversários. Merecido

Vitória do povo - Estou comemorando de maneira muito especial, a aprovação, esta semana, na Câmara dos Deputados, do texto-base do Projeto de Lei 8035/10, que cria o Plano Nacional da Educação (PNE). Indicado pelo meu partido, o PSD, integrei a Comissão Especial criada para analisar e dar parecer no projeto, e vejo a aprovação como uma vitória da Educação e do povo. 
As metas - Entre as metas constantes do PNE está a de universalizar a educação infantil para crianças de 4 a 5 anos, com o objetivo de passar dos atuais 4,7 milhões de matrículas para 5,8 milhões; para o ensino fundamental, a meta é universalizar o acesso a essa etapa para a população de 6 a 14 anos, procurando garantir que 95% dos alunos concluam na idade recomendada; para o ensino médio, o projeto prevê também a sua universalização para adolescentes de 15 a 17 anos, com taxa de matrículas de 85% em dez anos, e no ensino superior, há a previsão de uma elevação da taxa de matrícula em 33% para a população de 18 a 24 anos, com, pelo menos, 40% das novas vagas em universidades públicas. O tempo integral na educação básica é outra meta do PNE. Atualmente, há cerca de 1,1 milhão de alunos estudando com essa jornada. A intenção é aumentar para 11,3 milhões. Já a educação profissional deverá triplicar as matrículas em cursos técnicos de nível médio, com expansão de 50% das vagas no setor público.