Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Marcos Montes

ACESSIBILIDADE: A A A A
Marcos Montes 27/03/2015
Marcos Montes
dep.marcosmontes@camara.leg.br
Marcos Montes

Bem-vindos! - Eu não poderia abrir a coluna deste dia 27 de março com outro assunto que não fosse a minha alegria em receber um grupo muito especial de novos companheiros no PSD, partido que presido em Uberaba, e do qual sou vice-líder da bancada na Câmara dos Deputados.

 

Qualidade incontestável - Um número expressivo de convidados que me deram a honra de dizer “sim”, e ao qual se juntarão outros, com certeza! Mas, a questão prioritária aqui não tem nada a ver com quantidade. O que me orgulha e me alegra é a qualidade dos que estão chegando para reforçar o time que já tem jogado um bolão na política.

 

Origens - Entre os novos companheiros de PSD, tem gente que está deixando outros partidos; gente que já foi filiada em outras legendas, mas que se afastou; gente que nunca exerceu o partidarismo político.

 

Eleições - E posso garantir, sem o menor medo de errar, que o PSD tem, hoje, um dos melhores quadros de Uberaba para disputas eleitorais – seja em 2016 (prefeito, vice e vereador), seja em 2018 (deputados federais e estaduais). Enfim, esse é o fruto da qualidade humana que o partido possui.

SEGURANÇA PÚBLICA – O deputado federal Marcos Montes votou, ontem, em plenário, a favor do Projeto de Lei 3131/08, do Senado, que torna homicídio qualificado e crime hediondo assassinar policial, bombeiro militar, integrante das Forças Armadas, do sistema prisional e da Força de Segurança Nacional, quando este estiver em serviço. O texto altera o Código Penal e estabelece também que a lesão corporal cometida contra agentes de segurança em serviço será aumentada de um a dois terços. (Foto: Heleno Rezende)

 

Mineração – E como antecipei pra vocês na edição de sexta-feira passada, assumi a 1ª vice-presidência da comissão especial da Câmara dos Deputados que vai discutir e dar parecer nos projetos em tramitação na Casa que visam atualizar o Código de Mineração – ainda dos tempos do regime militar. Lembram que citei a complexidade do assunto?! Pois é. A reunião que havíamos convocado para debatermos o tema com representantes dos segmentos interessados acabou sendo cancelada.

 

Dificuldades - Espero, porém, que possamos retomar os debates o mais urgente possível, pois o setor da mineração – tão importante para o Brasil, e, em especial para Minas Gerais – está enfrentando dificuldades, seja por causa da crise econômica, seja por causa da queda nos preços dos minérios. Uma das maiores do mundo, a Vale tem vivenciado estes problemas, e, por ser um espelho do setor, é possível concluir que a situação é muito complicada para o segmento de um modo geral. É obrigação dos poderes públicos constituídos trabalhar para que o setor dê a volta por cima.

 

Oportunidade – Militante do Projeto Meninos & Meninas – que tem realizado um trabalho social da mais alta importância em Uberaba -, o idealista Marco Cury pede para alertar as entidades que trabalham com crianças e adolescentes que termina dia 4 de maio o prazo para inscrições na edição 2015 do Prêmio Unicef.

 

Premiações - Este ano, serão premiados 32 projetos vencedores regionais – R$ 50 mil para cada dupla (organização e escola pública); quatro projetos vencedores nacionais – R$ 200 mil para cada dupla (organização e escola pública), e um grande vencedor nacional - R$ 500 mil para a organização e escola responsável pelo projeto. Site: www.premioitauunicef.org.br.