Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Marcos Montes

ACESSIBILIDADE: A A A A
Marcos Montes 02/05/2015
Marcos Montes
dep.marcosmontes@camara.leg.br
Marcos Montes

Dia do Trabalhador - Abro a coluna, neste dia 1º de maio, lembrando que, eis aí, uma boa data para refletirmos sobre a importância de valorizarmos TODOS os trabalhadores – independente de serem eles públicos, privados, terceirizados, concursados, contratados, assalariados, autônomos. O importante é que as pessoas que trabalham por este país merecem respeito, condições dignas de trabalho, segurança jurídica, atendimento em suas necessidades e direitos básicos.

Vitória - Cito a vereadora Denise Max, para, em nome dela, cumprimentar a gente que luta dia e noite na defesa dos direitos dos animais. O assunto ainda tem que passar pelo Senado Federal, mas a Câmara dos Deputados aprovou, esta semana, projeto que criminaliza, inclusive com pena de detenção, os maus-tratos contra cães e gatos. Sem dúvida, uma vitória dos ativistas da causa.

Tirando da gaveta – Existem, hoje, tramitando na Câmara, mais de 150 projetos voltados para a proteção dos animais, inclusive matéria de minha autoria, e a aprovação da criminalização dos maus-tratos, com detenção para quem mata os animais, já é um indicador importante de que vêm mais decisões significativas sobre o tema.

Coragem - Faço questão, por sinal, de dar a César o que é de César... O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, tem sido responsável pelo desengavetamento de uma série de proposições importantes para a sociedade brasileira. Muitos destes assuntos são polêmicos, e, sob o argumento de se preservar a Câmara, as mesas diretoras anteriores optavam por não colocá-los à deliberação do plenário.

Contato - E fico feliz em poder intermediar um contato direto entre o presidente da Câmara dos Deputados e os agropecuaristas, oportunidade em que as lideranças do setor vão relacionar prioridades e pedir o apoio dele na agilização de projetos na Casa. A reunião acontece neste sábado, véspera da abertura da ExpoZebu, às 15h, através de parceria entre a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), presidida por mim, e a Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), dirigida pelo dinâmico Luiz Cláudio Paranhos.

Debate - Logo em seguida, Eduardo Cunha participa do debate público sobre o cenário político brasileiro, numa iniciativa da Câmara de Vereadores e seu presidente Luiz Dutra, em parceira com a ABCZ e a FPA. Os dois eventos integram a programação da 81ª ExpoZebu – feira que tem feito história ao longo de suas realizações.

Biodiversidade - Vitória importante também, esta semana, na Câmara dos Deputados, foi a aprovação do projeto da biodiversidade, que defendi com unhas e dentes. Ele simplifica as regras para pesquisa e exploração do patrimônio genético de plantas e animais nativos e para o uso dos conhecimentos indígenas.

Pesquisa nacional - Entre as propostas, está a que exclui a possibilidade de empresas estrangeiras sem vínculo com instituições nacionais terem acesso e permissão para explorar o patrimônio genético brasileiro. É preciso incentivar as empresas brasileiras que possam contribuir com pesquisas fundamentais para o avanço da genética e preservação da biodiversidade. Um grande exemplo disso é a Embrapa – a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária.

Honradez – E não poderia deixar de citar a eleição do presidente da Vale, Murilo Ferreira, para o comando do Conselho de Administração da Petrobras. Não se trata aqui de simples bairrismo, já que ele é uberabense e amigo de longa data. Trata-se de sua história de vida, sempre marcada pela seriedade e pela competência. É preciso, sim, “salvar” a Petrobras, recolocá-la no caminho da ética e do crescimento. Murilo Ferreira é o nome capaz de fazer isso. Que ele tenha sucesso nesse novo desafio.