Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

JU Agora

ACESSIBILIDADE: A A A A

16 municípios brasileiros elegem prefeitos

08/04/2013

Dezesseis municípios brasileiros já conhecem seus prefeitos e vice-prefeitos, que foram eleitos em pleito realizado ontem (7).

Em Minas Gerais, a cidade de Diamantina elegeu Paulo Célio Hugo (PSDB), com 14.706 votos (63,79%). Em São João do Paraíso, foi eleito Antônio de Oliveira Pinto (PSDB), com 6.237 votos (58,18%). Em Cachoeira Dourada, venceu José Márcio Storti (PTB), com 1.412 votos (85,94%). Em Biquinhas, Carlos Alberto Pereira (PR) obteve 1.311 votos (50,31%).

No Rio Grande do Sul, a cidade de Triunfo elegeu Mauro Poeta (PMDB), com 9.363 votos (49,34%). Em Tucunduva, Paulo Schwerz venceu as eleições com 2.225 votos (52,32%). Em Sobradinho, foi eleito Maninho Trevisan, com 4.750 votos (53,01%). Em Fortaleza dos Valos, o novo prefeito é Adair Toledo, o Creca, com 1.909 votos (52,33%).

Em São Paulo, a cidade de Coronel Macedo elegeu Edivaldo Neres de Meira (PSDB), com 1.926 votos (50,26%). Em Eldorado, Eduardo Frederico Fouquet (PMDB) saiu vitorioso ao somar 4.515 votos (56,38%). Em Fernão, foi eleito Altemar Canelada Campos (PTB), com 773 votos (56,51%).

No Amapá, a cidade de Pedra Branca do Amapari elegeu Genival Gemaque (PR) com 3.344 votos (53,03%). No Paraná, a cidade de Joaquim Távora elegeu o candidato Gelson Mansur Nassar (PSDB), com 3.361 votos (50,35%).

No Rio Grande do Norte, a cidade de Caiçara do Rio do Vento elegeu Conceição de Maria Gomes Lisboa Rocha, a Ceiça, apoiada pela coligação “Unidos por uma Caiçara melhor” (PR/PSDB/DEM/PSD/PP), com 1.719 votos (56,31%).

A realização de um novo pleito nos municípios aconteceu após a confirmação, pela Justiça Eleitoral, da cassação de prefeitos eleitos em 2012. Nessas localidades, as eleições foram anuladas porque os candidatos eleitos tiveram os registros de candidatura indeferidos pela justiça eleitoral.

O secretário-geral do TSE, juiz Carlos Braga, monitorou a votação de ontem e informou que, com base em informações repassadas pelos presidentes dos sete Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) envolvidos nas eleições, a votação transcorreu sem quaisquer anormalidades.

Da Agência Brasil