Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

JU Agora

ACESSIBILIDADE: A A A A

Educação investe em capacitação profissional

03/10/2013

A Secretaria de Educação, por meio do Departamento de Formação Continuada está com inscrições abertas para dois cursos profissionalizantes. O curso UCA – Implementando Novas Tecnologias Educacionais, visa capacitar os professores que trabalham com o programa Um Computador por Aluno – UCA - na sala de aula, com alunos de 6 a 9 anos. O curso terá duração de 40 horas e será dividido em 20 turmas, com a primeira turma iniciando na segunda-feira (07). Ao todo estão disponíveis 500 vagas visando contemplar todos os professores da área e os servidores da Secretaria de Educação que tiverem interesse em se inscrever.  “É importante que todos os professores que aplicam o UCA em sala de aula participem desse curso, pois estamos trabalhando com um sistema operacional novo. Buscamos capacitar os profissionais no intuito de facilitar e melhorar o trabalho dentro de sala de aula”, afirma a diretora do Departamento de Formação Continuada, Jane Luce Araújo.

Outro curso com vagas abertas é o de Etiqueta Empresarial para Atendimento e Desenvolvimento das Relações Interpessoais. Esse curso é direcionado aos profissionais que trabalham nas secretarias das escolas municipais, os supervisores e diretores das escolas e também a equipe de recursos humanos da Secretaria de Educação, que trabalha com o atendimento ao público. O curso está sendo oferecido em parceria com a FAZU (Faculdades Associadas de Uberaba) e tem como objetivo possibilitar o aprimoramento dos profissionais da educação visando à melhoria do atendimento ao público.

A secretária de Educação Silvana Elias destaca que é preciso acompanhar a evolução do conhecimento. “A formação permanente hoje não é uma questão só de magistério, de educação, é uma necessidade do mundo moderno. Quem para no tempo, cada vez mais perde espaço para se recuperar no mercado de trabalho. Temos o foco na qualidade da educação e por isso temos que investir nos profissionais, não só valorizando na remuneração, mas também na sua capacitação”, reitera Silvana.