Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Interatividade - JU nas ruas

ACESSIBILIDADE: A A A A

MP pede que governo interdite praias onde há tubarões

O Ministério Público Estadual (MP) recomendou ao governo de Pernambuco que interdite áreas de praia com risco de ataque de tubarões até que sejam instaladas redes de proteção para os banhistas onde for possível. A avaliação para colocação das redes deverá ser feita pelo Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões (Cemit).

A recomendação foi feita após a morte da turista paulista Bruna Gobbi, na segunda-feira (22), vítima de um ataque de tubarão na Praia de Boa Viagem, no Recife. Com a morte da turista, o número de óbitos em Pernambuco chega a 24.

A recomendação, assinada pelo promotor da 12ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital, Ricardo de Vasconcellos Coelho, pede que o Cemit aponte especificamente as áreas onde os banhos de mar devem ser proibidos em determinados períodos do ano, quando os tubarões se aproximam das praias, e, em seguida, faça a avaliação da colocação das redes.

Coelho também recomenda que o governo estadual intensifique campanhas educativas para alertar os banhistas sobre o risco de ataques de tubarões e que garanta a continuidade de pesquisas sobre a incidência de tubarões no litoral pernambucano.

Da Agência Brasil