Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Interatividade - JU nas ruas

ACESSIBILIDADE: A A A A

Mais de 15 mil fieis louvaram a padroeira Senhora D’Abadia

 
Milhares de fieis acompanharam a cerimônia de coroação de Nossa Senhora D'Abadia

Sabrina Alves 

Fé e devoção marcaram as comemorações à padroeira de Uberaba, Nossa Senhora D’Abadia. Desde as primeiras horas do dia muitos fieis acompanharam as cerimônias, começando com a reza das mil Ave-marias, seguindo com a Alvorada. Logo depois, às 6 da manhã deram-se início às missas de hora em hora que perduraram até às 16h. Entre uma missa e outra, centenas de fieis davam espaço a outros, que dentro de poucos minutos lotavam o interior do santuário a espera da próxima cerimônia.

Segundo o Nelson Parolini, coordenador social das festividades da padroeira de Uberaba, logo que começou a Alvorada o número de fieis já era alto e conforme foi passando o dia esse número cresceu significativamente. “A partir da meia-noite deu-se início a reza das Mil Ave-Marias, cominando com a Alvorada às 5 da manhã, a partir de então começou as missas até as 16h e logo após a coroação seguida de procissão em louvor a Nossa Senhora. O número de fieis foi alto, durante todas as missas, sem exceção, todos os bancos da igreja ficaram lotados, muita gente em pé, e mesmo com o frio da madrugada não impediu os devotos de participar das comemorações. Pelo contrário, as orações fizeram com que todos se aquecessem”, relata. 

Esse ano foi registrada a presença de aproximadamente 15 mil fieis, o que, segundo Nelson Parolini, se deu pela visita do Papa Francisco ao Brasil no último mês durante a Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro. 
“Em todas as missas foi possível presenciar um número além do esperado. Acreditamos que esse aumento tenha sido pela visita do papa Francisco ao país recentemente e isso acabou mudando a cabeça de muitas pessoas que estavam mais afastadas da igreja”, destaca. 

Nelson acredita que as palavras do maior representante da igreja católica tenha sido a maior causa. “As palavras do papa resultaram no retorno de muitas pessoas, claro que os fieis não deixaram de frequentar a igreja, mas aqueles que estavam ausentes se comoveram com as palavras de acolhida”, reforça. 

A mesma concepção foi dita pelo candidato a diácono, Regis Nunes, um dos responsáveis pelas bênçãos individuais durante toda a quinta-feira. Nelson reforçou o aumento de fieis esse ano, e liga esse crescimento a vinda do papa. “Já é o segundo ano que ministramos as bênçãos individuais e a vinda do papa Francisco sem dúvida nenhuma significou um momento para todos de muita alegria, ele é um homem de muita simplicidade e fé, e todos nós sabemos que precisamos vivenciar isso a cada dia mais. Com isso as pessoas se sentiram mais acolhidas pelo santo padre pelo seu carinho, zelo e amor, e por isso muitos retornaram aos braços do pai”, completa. 

Promessas – O número de pessoas que usam o dia 15 para pagar promessas é grande. Durante todo dia, entre as missas, era possível presenciar a emoção de muitas pessoas agradecendo as graças alcançadas. Um exemplo foi a dona de casa, Maura Oliveira. Ela disse que há dez anos vai ao santuário para agradecer uma graça alcançada. 

“Tem quase dez anos que alcancei uma graça. Logo que descobri que meu filho caçula estava usando entorpecentes fiquei desesperada, até mesmo por que não tinha nenhum caso desses em toda a minha família, e devido o meu desespero busquei a Nossa Senhora D’Abadia e o meu pedido foi atendido, hoje agradeço a minha santa pela graça atendida”, relata emocionada. 

Coroação – Na coroação, momento mais esperado do dia, milhares de devotos lotaram a praça da Abadia. A solenidade foi aberta com o Hino Nacional e apresentação de jovens do grupo de Libras do Pronatec do Instituto Federal do Triângulo Mineiro, que dançavam e interpretavam a música na linguagem de sinais. A coroação ficou por conta dos jovens, já que este ano o tema foi “Sob o olhar de Nossa Senhora, a juventude vive a missão de ser igreja”, seguindo a Jornada Mundial da Juventude que aconteceu no mês passado no Brasil. 

Em seguida, jovens do Santuário fizeram apresentação de dança da música tema da Jornada da Juventude. Depois, foi apresentado nos telões depoimentos de diversos devotos da Senhora D’Abadia, de todas as idades, mostrando e fortalecendo a fé na padroeira. E como a coroação foi realizada por jovens, eles continuaram a apresentar uma dança com música da sua geração e, ao final, Nossa Senhora foi levada ao palco. Em seguida, três antigos paroquianos, Zezé, Nina e Odelena levaram o cedro e as duas coroas e entregaram para os jovens Maicon, Vitor e Felipe coroarem a padroeira. A emoção tomou conta dos jovens, em especial de Felipe, que coroou a Santa em prantos, dado a emoção, ao som da música Ave-Maria. Na praça, a multidão respondeu, emocionada e agradecida a todas as benções recebidas da padroeira. Em seguida a multidão saiu em procissão pelas ruas do bairro, feliz por ter referenciado a padroeira de Uberaba.