Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Interatividade - JU nas ruas

ACESSIBILIDADE: A A A A

SEDS prepara campanha contra esmola

A quantidade de moradores de rua é assunto que vem preocupando as autoridades e também incomodando uma grande parte dos uberabenses. No sentido de oferecer alternativas melhores de futuro para as pessoas que vivem em situação de extrema vulnerabilidade, a Prefeitura de Uberaba, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds), vai promover uma campanha contra a esmola.

De acordo com a secretária da Seds, Angela Dib, a prática de dar esmola para o morador de rua incentiva essa situação, além de não contribuir com as políticas de cidadania do município. “Acompanhei um plantão da Abordagem Social e durante as abordagens que a assistente social fez, o rapaz falou que Uberaba é uma cidade acolhedora e nas ruas ele tem comida e cobertor, então por que ir embora? Ou seja, como recebem o que precisam eles não querem mudar de situação e nem voltar para suas cidades” destacou Angela.

Para identificar quem são as pessoas que estão em situação de rua e quais são os motivos que levam a essa realidade, o Departamento de Promoção da Cidadania está fazendo um diagnóstico para traçar estratégias visando à elaboração da campanha contra a esmola.

Por outro lado, a cidade conta com toda uma rede de serviços oferecidos para o atendimento à população em situação de rua, como a Abordagem Social, que faz a busca ativa das pessoas  inclusive recebendo denúncias; a Casa de Passagem, que abriga temporariamente migrantes/itinerantes e moradores ou pessoas em situação de rua; a Unidade de Atendimento Social ao migrante, instalada na rodoviária, que fornece passagens àqueles que querem retornar a cidade de origem; e o Abrigo Institucional, que é uma casa de apoio ao morador de rua de Uberaba.

Para acionar a Abordagem Social basta ligar no telefone 9667-4451, que funciona todos os dias inclusive sábados, domingos e feriados das 6h até a 01h da madrugada.