Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Interatividade - JU nas ruas

ACESSIBILIDADE: A A A A

Settrans promove blitz do projeto Trânsito Seguro


A equipe que participará da blitz Trânsito Seguro é composta por, aproximadamente, 15 pessoas, sendo elas da Settrans, Defesa Civil, Consep Abadia, ASAPEU e Polícia Militar. ​

No sentido de reforçar o trabalho de educação no trânsito, com foco na redução do número de acidentes, a Secretaria de Trânsito, por meio da Seção de Educação no Trânsito, retomará o projeto Trânsito Seguro. Nos dias que antecedem a Semana Nacional do Trânsito, o trabalho da secretaria acontecerá na rua Major Eustáquio, nas proximidades da avenida Leopoldino de Oliveira, nesta terça-feira, a partir das 9h. Na próxima quinta-feira a blitz educativa será realizada na avenida Prudente de Moraes com a avenida Abílio Borges.

Segundo o chefe da seção, Hélio Reis dos Santos, os locais não são aleatórios. “Temos dados levantados pela Polícia Militar, indicando que nestes locais o número de acidente é elevado. Nossa ação é educativa. Queremos que os motoristas tenham atenção com a sinalização, com as regras de trânsito e que respeitem os pedestres. A ordem do secretário é para que estas ações sejam constantes”, afirmou.

A equipe que participará da blitz Trânsito Seguro é composta por, aproximadamente, 15 pessoas, sendo elas da Settrans, Defesa Civil, Consep Abadia, ASAPEU e Polícia Militar.  Segunda a educadora de Trânsito, psicóloga Bethsy Patrícia, a equipe irá alertar os motoristas para que se atentem quanto às infrações mais comuns como, o uso de cinto de segurança, respeito à faixa de pedestre e a não utilização do celular enquanto dirigem. “O uso do celular em Uberaba, durante a condução de veículos é a infração mais comum. Na verdade são duas situações. O motorista que dirige falando ao celular e o pedestre que atravessa a rua falando ao celular e não presta atenção ao trânsito”, disse ela.

Vale ressaltar que o objetivo do projeto não é multar, e sim, alertar os motoristas e pedestres sobre o risco iminente e fazer de Uberaba uma cidade menos violenta no trânsito.  “A equipe tem como missão orientar os motoristas e pedestres quanto ao processo de prevenção de acidentes de trânsito, bem como esclarecer sobre as normas de segurança e a utilização de equipamentos obrigatórios. Acontece em Uberaba, por dia, uma média de oito acidentes, sendo quatro com motociclistas. Precisamos diminuir este índice”, finalizou Hélio Reis.