Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Interatividade - JU nas ruas

ACESSIBILIDADE: A A A A

Feira do Livro no Calçadão vai até dia 11


estarão expostos cerca de três mil livros, muito bem conservados, de todos os gêneros literários, que agradam desde as crianças até os mais assíduos e exigentes leitores / Juliano Carlos

Começou nesta terça-feira, 7, a segunda edição da Feira do Livro, que ocupará novamente o Calçadão da rua Artur Machado, até o dia 11, das 8h às 20h. O evento conta com a parceria da Fundação Cultural de Uberaba.

“A feira começou em 2012, teve uma interrupção, mas agora ela retornou e acontecerá todos os meses, no Calçadão. A Feira do Livro conta com o apoio da Fundação Cultural de Uberaba e de outras 13 entidades sindicais. O objetivo é popularizar o livro, movimentando o mercado e oferecendo descontos atrativos. Os livros podem ser adquiridos por R$ 1 a R$ 30 e temos obras muito interessantes”, informa um dos organizadores da feira, J. Cláudio.

Segundo ele, estarão expostos cerca de três mil livros, muito bem conservados, de todos os gêneros literários, que agradam desde as crianças até os mais assíduos e exigentes leitores. Os livros serão expostos em 60 bancadas, para facilitar o acesso à leitura e o manuseio das obras.

“Nosso objetivo é fazer os livros circularem, com que eles cheguem nas mãos de todas as pessoas, despertando em todos o gosto pela leitura. A feira é uma forma encontrada para que as pessoas tenha acesso fácil ao livro e à leitura. Além de comercializar o livro a preço baixo, temos a opção de troca dos livros e intercâmbio entre os próprios leitores para ampliar os conhecimentos”, diz J. Cláudio, que enfatiza o apoio da Fundação Cultural.

Na sexta-feira, 11, último dia do feirão, o evento também contará com intensa programação cultural, como apresentação de capoeira, teatral e de músicas. “Na feira passada, em abril, mais de cinco mil pessoas frequentaram o local. Nossa expectativa é de que milhares de pessoas passem pela feira a partir desta terça. Convidamos as pessoas para ir ao Calçadão e prestigiar este evento cultural.”