Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Interatividade - JU nas ruas

ACESSIBILIDADE: A A A A

Mais de seis mil veículos apreendidos em Uberaba serão leiloados


Cumprindo determinação do Código de Trânsito Brasileiro, os veículos que ficarem apreendidos nos pátios terceirizados por mais de 90 dias serão levados a leilão

Maria das Graças Salvador

Mais de seis mil veículos que foram apreendidos em Uberaba irão a leilão nos próximos meses. Procedimentos internos envolvendo a Procuradoria do Município, as secretarias de Trânsito e Transportes (Settrans) e Fazenda e a Delegacia de Trânsito preparam os leilões dos veículos apreendidos, definem as datas e organizam o certame. 

Cumprindo determinação do Código de Trânsito Brasileiro, os veículos que ficarem apreendidos nos pátios terceirizados por mais de 90 dias serão levados a leilão. Segundo o procurador-geral do município, Paulo Leonardo Vilela Cardoso, é necessário dar uma solução para o problema, a pedido do prefeito Paulo Piau. “É insustentável que o município fique com mais de seis mil veículos apreendidos, ocupando espaço e se tornando criadouro de mosquito da dengue, roedores e outros. Sendo assim, a legislação será cumprida e todos os veículos que tiverem mais de 90 no pátio serão levados a leilão”, garantiu.

Segundo o procurador, este é o primeiro leilão de veículos que acontece em Uberaba desde 2010. “Atualmente, os seis mil veículos apreendidos ficam em dois pátios terceirizados, sendo que um deles fica ao lado do Shopping Uberaba. O excesso de veículos nos pátios tem causado uma série de transtornos para a cidade, já que têm ocorrido roubos nos pátios, sucateamento de veículos que se tornam criadouros do mosquito da dengue, entre outros problemas”, relatou, destacando o empenho do Estado, através da Delegacia de Trânsito para resolver o problema.

“Instauramos um procedimento interno para fazer um levantamento e organizarmos o leilão. Entendemos que esta situação não deve continuar e, por isso, algumas determinações foram tiradas das reuniões. Primeiramente, faremos três leilões, com 1.200 veículos cada um. São veículos em condições de uso e também sucatas”, explicou.

Programação – As datas dos leilões também foram definidas. O primeiro será dia 3 de setembro, depois 3 de novembro e o último dia 3 de fevereiro de 2014. Os editais serão publicados com um mês de antecedência e os interessados poderão ir aos pátios para averiguar os veículos. “Para o restante dos veículos, programaremos outros leilões. Queremos acabar com esta situação em Uberaba. O prefeito Paulo Piau nos fez esta solicitação e este é o andamento que viabilizamos em parceria com o Estado, que também tem o interesse em resolver este problema”, afirmou. (MGS)