Cidade

22ª Marcha dos Penitentes acontece nesta sexta-feira

“O propósito da caminhada é refletir e relembrar a presença de Deus como forma de preparação para a Páscoa”, lembra o professor Décio Bragança

A tradicional Marcha dos Penitentes, promovida pela Arquidiocese em parceria com a Universidade de Uberaba (Uniube), acontece hoje, às 20h. A caminhada parte da igreja São Mateus, no bairro Boa Vista, em direção à Catedral Metropolitana, na região central da cidade. O intuito do evento é proporcionar um momento de reflexão acerca de uma vida mais tolerante.

A Marcha dos Penitentes é uma manifestação popular no Brasil. Realizada durante a ‘Semana das Dores’, como forma de preparação para Páscoa, a caminhada reúne fiéis de todas as religiões cristãs. “Na oportunidade, faremos [a cerimônia] de ‘lava-pés’. Depois, iremos celebrar a ‘última ceia’, na qual serão distribuídos o pão e o vinho a todas as pessoas, simbolizando o corpo e o sangue de Jesus e relembrando a presença dele”, ressalta o coordenador do evento, colunista do JORNAL DE UBERABA, professor Décio Bragança.

Este ano, durante a caminhada, serão sete paradas, em que serão feitas reflexões das palavras de Jesus, representações, apresentação artística e cânticos. A Marcha se encerra por volta das 22h, na porta da Catedral. Segundo Décio, esse é um momento de mudança e transformação. “A gente espera que a comunidade reflita sobre a vida para que sejamos mais tolerantes, pois vemos tantas coisas ruins acontecendo causadas pelo ódio. Está na hora de pensar um pouquinho sobre isso”, afirma.

Marcha dos Penitentes na Uniube – No dia 17 de abril, a Marcha acontece no Campus Aeroporto da Uniube. A celebração pretende reunir fiéis e colaboradores da instituição, além de alunos e comunidade em geral.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.